Artigo Anterior

20 produtos de tratamento para cabelos negros

Próximo Artigo

Quatro produtos de beleza com CBD para quatro propósitos

Compras 12. 4. 2019

Beleza em modo super: 25 produtos de cuidado de rosto com superalimentos

by Cátia Pereira Matos

 

Go super or go home. De cremes com camu camu a esfoliantes com açaí, sem esquecer as máscaras com matcha à mistura, reunimos uma extensa seleção de produtos de beleza formulados com superalimentos.


© iStock

Ao ouvido, os designers de Moda continuam a sussurar-nos um "go big or go home", mas no mundo dos cuidados faciais esta expressão corre o risco de entrar em vias de extinção. Já não procuramos cosméticos XXL porque sabemos que quanto maiores os produtos, maior a probabilidade de não conseguirmos usá-los todos até ao fim antes do término do prazo de validade. Não queremos o que é grande, queremos o que é super — super antioxidante, super vitaminado, super nutritivo e super eficaz. A resposta da indústria da beleza às nossas (super) exigências? Produtos formulados com superalimentos e a expressão "go super or go home".

Do camu camu ao açaí, do baobab à spirulina, da clorela ao matcha, reunimos os superalimentos que, em boa hora, começaram a entrar nas fórmulas dos produtos que aplicamos no rosto.

Camu Camu

Qual é o fruto, qual é ele, que tem o tamanho de uma azeitona, a cor de uma cereja e uma elevada concentração de vitamina C? Acertou na resposta se pensou em camu camu, um poderoso antioxidante originário da Amazónia que, na cosmética, é maioritariamente utilizado para prevenir o envelhecimento precoce da pele e para combater as manchas de pigmentação, deixando a tez não só mais uniforme como também mais iluminada. A Peter Thomas Roth tem uma gama dedicada a este superalimento, mas já existem outras marcas de cuidado de rosto onde o camu camu ocupa um lugar de destaque, bem no topo da lista de ingredientes.

Açaí

O açaí não veio ao mundo só para dar mais cor às bowls que vemos diariamente no feed do Instagram. A indústria da cosmética já se apropriou desta baga arroxeada e incorporou-a em diversos produtos, nomeadamente em cremes, esfoliantes e máscaras faciais. Ao açaí atribuem-se propriedades antioxidantes que protegem a pele contra os radicais livres, esses agentes agressores responsáveis pela deterioração das células. O açaí também contém ácidos gordos essenciais [omega 3, 6 e 9], que "ajudam a garantir que as vitaminas solúveis em gordura sejam absorvidas pelo corpo e cheguem à pele", explicou, ao site Byrdie, Kimberly Snyder, nutricionista e autora do livro Beauty Detox.

Goji

Do ponto de vista nutricional, não é o mais super dos superalimentos, mas é talvez um dos mais conhecidos entre os ocidentais. Originário do continente asiático, o goji já chegou até nós desidratado, mas no seu estado maduro este fruto vermelho idêntico a um mini tomate chucha é uma excelente fonte de polifenóis, compostos antioxidantes que têm a capacidade de neutralizar os radicais livres e de proteger a pele contra o stress oxidativo e o envelhecimento precoce. O goji, que aos poucos foi sendo incorporado em diversos cosméticos sob a forma de extrato, é ainda rico em vitamina C e betacaroteno, outros bons aliados da pele.

Spirulina

A spirulina cai em contradições porque se por um lado é minúscula, uma vez que se trata de uma microalga, por outro lado é super, pois não só é uma fonte completa de proteína (cerca de 65g por cada 100g de alimento) como é também riquíssima em vitaminas (C, D, E e do complexo B), em minerais (potássio, cálcio, crómio, ferro, selénio, fósforo, magnésio e zinco) e em ácidos gordos essenciais. Todavia, na cosmética, o poder desta alga parece residir sobretudo na clorofila, um pigmento presente em grandes quantidades na spirulina. Porquê? À Teen Vogue, Joanna Vargas, a facialist preferida de Julianne More, Rachel Weisz, Sofia Coppola e Naomi Watts, entre outras celebridades, explicou tudo. "A clorofila líquida aumenta a produção de glóbulos vermelhos, portanto aumenta o oxigénio a ser entregue a todas as células".   

Clorela

Tal como a spirulina, também a clorela é uma microalga bem verde recheada de clorifila e com um enorme potencial na indústria cosmética, dada a sua ação antioxidante e o seu cocktail de vitaminas. "A clorela está carregada de vitaminas do complexo B, de magnésio e zinco, que podem ajudar a acalmar inflamações cutâneas e a promover o normal funcionamento [da pele]", explicou ao site Fashionista o dermatologista Joshua Zeichner, diretor do Departamento de Cosmética e Investigação Clínica em Dermatologia do Mount Sinai Hospital, em Nova Iorque. Em alguns produtos, é frequente encontrarmos algas que não só atuam como agentes antioxidantes, eficazes contra os sinais de envelhecimento, como também atuam como emolientes, que, ao criarem uma espécie de barreira sobre a epiderme, ajudam a prevenir perdas de hidratação.

Baobab

O óleo extraído a frio das sementes de baobab, fruto daquela que é conhecida nas regiões sul-africanas como "a árvore da vida", é um óleo com qualidades nutritivas, rico em ácidos gordos ómega 3 e em vitaminas A, D, E e F. De absorção rápida e pouco gorduroso, este óleo apresenta benefícios ao nível da hidratação e da regeneração da pele, podento também ser utilizado no cabelo. Em suma: não só é super como é multifunções.  

Moringa

Mo quê? Moringa, a the next big thing no mundo dos superalimentos, na ótica de publicações norte-americanas como a revista Time e o The Washington Post. Trata-se de uma árvore nativa do norte da Índia cujas raízes, folhas, flores e sementes — sim, tudo na árvore é comestível — escondem inúmeros benefícios para a saúde, nomeadamente ao nível do sistema imunitário (dado o alto teor de zinco) e da estrutura óssea (graças à elevada presença de cálcio). Também é rica em proteína e em minerais, especialmente potássio, ferro e magnésio. Na cosmética, utiliza-se principalmente o óleo que é extraído das sementes de moringa, sendo este um óleo "altamente nutritivo, que pode beneficiar as peles mais secas e sensíveis", como explicou à Allure a dermatologista Erika Klemperer.

Matcha

Vindo da Ásia, o matcha chegou chegando ao mundo ocidental com muito para dar e nós recebemo-lo de boca aberta e rosto lavado: primeiro, começámos a adicionar este superalimento a bolos e a lattes; depois, quisemos espalhá-lo também na pele. O matcha, o chá verde típico do Japão que é reduzido a pó, conservando assim os seus minerais e as suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, está associado à proteção da pele contra os radicais livres e pode ajudar a aliviar condições problemáticas como a acne.

Chia

De um punhado de sementes de chia fizemos gelatinas e pudins, bebidas, barras energéticas, bolos. Comemos e bebemos tudo, ficámos saciados. Depois? Depois cansámo-nos. O boom da chia pode ter ficado em 2013, mas as propriedades destas sementes sobrevivem ao tempo. Um estudo publicado em 2010 no portal científico Annals of Dermatology concluiu que a aplicação tópica do óleo proveniente das sementes da salvia hispanica melhora a permeabilidade da barreira epidérmica, o que contribui na manutenção da hidratação da pele. Felizmente, graças a marcas como a The Ordinary, o óleo puro já se encontra facilmente.

Artigos Relacionados

Compras 21. 3. 2019

11 cuidados de rosto para proteger a pele contra os efeitos da luz azul

Não queremos instalar o pânico, mas aquele tempo todo que passa a scrollar o Instagram pode estar a prejudicar a saúde da sua pele. Não tema, a solução está aqui.

Ler mais

Compras 15. 3. 2019

17 máscara de noite para o melhor sono da sua vida

Das texturas sensoriais às propriedades hidratantes, reunimos 17 máscaras de noite que levam o conceito de sono de beleza (mesmo) a sério.

Ler mais

Compras 2. 4. 2018

Bela sem senão: cruelty-free beauty

Nota: nenhum animal foi prejudicado durante a realização deste artigo.

Ler mais

Compras 23. 3. 2018

Missão possível

Dos cuidados de limpeza aos tratamentos localizados, reunimos os nossos heróis favoritos na batalha contra a acne.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK