Artigo Anterior

Electric feel

Próximo Artigo

O curioso caso dos tratamentos de rosto

Tendências 29. 11. 2018

Going once, going twice, gone

by Mónica Bozinoski

 

Alguma vez olhou para a sua coleção de produtos de Beleza e questionou se aquele batom esquecido desde a primeira e única vez que o usou ainda está no auge da sua validade? Se a resposta foi sim, talvez esteja na altura de fazer uma limpeza ao arsenal de cosméticos. 

©Getty Images

Num mundo perfeito, os nossos acarinhados produtos de Beleza seriam como aquele sobretudo que herdamos do guarda-roupa da nossa mãe: um clássico que nunca passa de moda e que resiste a todos os testes do tempo. Num mundo real, contudo, os nossos acarinhados produtos de Beleza são mais parecidos com a meia dúzia de ovos que compramos no supermercado: mais tarde ou mais cedo, façamos o que fizermos, a sua validade irá chegar ao fim. 

"Os consumidores não foram educados a pensar nos produtos cosméticos como algo que tem um prazo de validade", explicou Jasmi Bonnen, beauty expert e fundadora da marca de cuidados de rosto Nuori, em entrevista à Teen Vogue. "Isto é, obviamente, uma grande falácia, considerando que os cosméticos são criados com ingredientes e métodos muito parecidos aqueles dos medicamentos e dos alimentos", concluiu. 

Apesar das parecenças, ao contrário dos medicamentos e dos alimentos, os produtos cosméticos não apresentam uma data com base no momento da compra, mas antes no momento em que são abertos pela primeira vez, na forma como são conservados, e no tipo de embalagem em que se encontram: uma equação materializada no símbolo Period After Opening (PAO), um pequeno boião aberto que indica a validade de determinado produto depois da sua primeira utilização. O símbolo incluiu a letra 'M' (de meses), e um número antes da mesma que indica o número de meses durante os quais o produto pode ser utilizado - por exemplo, um produto com '6M' terá a validade de seis meses depois de aberto. 

Se vasculhou todos os seus cosméticos e se deparou com um ou dois casos que não incluem o símbolo Period After Opening, existem outras formas de estimar a validade média dos seus produtos depois de abertos, sejam cuidados de rosto, perfumes ou maquilhagem. A Vogue juntou alguns pontos básicos para perceber quando chegou a altura de dizer adeus aquela máscara de pestanas que existe há demasiado tempo, ou aquele creme hidratante cuja textura parece estar longe da original. 

©Getty Images

Água micelar: 6 meses 

Se perguntar a qualquer pessoa o que sente em relação à água micelar, é provável que ouça adjetivos como "milagroso" ou "revolucionário", ou frases como "o melhor produto de limpeza" ou "o mais prático de todos". O único senão da água micelar? A sua lista de ingredientes, particularmente a água - um componente que, facilmente e rapidamente, leva ao crescimento de bactérias, à contaminação bacterial e à degradação da fórmula quando exposta ao ar. Estes factores levam a que a água micelar, depois de aberta, tenha o prazo de validade de seis meses, no máximo. 

Cleanser: 6 a 12 meses  

Os produtos de limpeza de rosto chegam nas mais diversas formas, fórmulas, texturas, aromas e propósitos, o que significa que o seu tempo de vida na prateleira é muito variável - por exemplo, um óleo desmaquilhante ou um leite desmaquilhante podem ter a duração média de seis meses, enquanto uma mousse de limpeza de rosto pode viver durante doze meses. O melhor método para perceber se o seu produto de limpeza ultrapassou a validade é estar atenta à sua textura, particularmente à formação de grumos ou à mudança de cor do produto, bem como à possível deformação da embalagem. 

Tónico: 6 a 12 meses 

Tal como a água micelar, o tónico é outro produto à base de água, cuja duração média varia entre os seis e os doze meses. A validade superior deste produto cosmético prende-se com o facto da sua fórmula conter, muito frequentemente, ingredientes que podem ajudar a expandir o tempo de vida na prateleira. Quando chega a hora de perceber se o seu fiel tónico passou o tempo de validade recomendado, os seus melhores aliados são a visão e o olfato - se o produto começar a mudar de cor, aroma ou consistência, apresentando uma textura mais espessa, é sinal de adeus iminente. 

Creme hidratante: 6 a 12 meses 

À semelhança do que acontece com um produto de limpeza de rosto ou um tónico facial, a durabilidade de um creme hidratante está escondida na sua fórmula, e pode variar consoante a mesma. Ao final de seis meses, é possível que o seu creme hidratante comece a ficar mais duro ou ressequido - se isso acontecer, está na altura de apostar num novo cuidado de rosto. No caso de preferir um creme hidratante que utilize ingredientes naturais para preservar a sua fórmula, redobre os cuidados na hora de utilização, visto que as alternativas mais naturais não conseguem proteger o produto da contaminação bacterial de uma forma tão eficaz quanto as alternativas sintéticas. 

©Getty Images

Base: 6 a 24 meses

Tal como acontece com muitos outros cosméticos, o tempo de vida da base depende, em grande parte, da sua textura. Bases líquidas ou em creme podem ter uma validade de seis a doze meses, visto que as suas fórmulas contêm mais água, óleos e agentes hidratantes, três ingredientes que podem aumentar o risco de contaminação bacterial e, consequentemente, diminuir o tempo de prateleira do produto. Já as bases em pó, com uma textura mais seca, que não permite que as bactérias cresçam com tanta facilidade, podem ter uma validade de até dois anos. Para além da fórmula e textura deste produto de maquilhagem, é importante ter em conta a forma como o mesmo é utilizado - manter os seus pincéis de maquilhagem limpos e lavar as mãos antes de aplicar o produto no rosto são duas formas de "estender" a vida da sua base, seja ela líquida, em creme ou em pó. 

Corretor: 12 meses 

À semelhança das bases líquidas ou em creme, a fórmula dos nossos corretores contém óleos e agentes hidratantes, que ajudam a garantir a textura sedosa e suave do mesmo. Como determinar que um corretor viveu tudo o que tinha para viver quando não existe qualquer símbolo de Period After Opening na sua embalagem? Se o produto de maquilhagem começar a secar, apresentar um aroma estranho ou uma textura diferentes da original, é sinal que chegou a hora de dizer o difícil adeus. Aquelas imperfeições teimosas que tenta disfarçar a todo o custo vão agradecer - se o prazo de validade do seu corretor tiver passado, é muito provável que a sua fórmula esteja a fazer pior do que melhor. 

Pó e blush18 a 24 meses

Sejam fixantes, bronzeadores ou blush, os produtos de maquilhagem em pó seguem a mesma lógica das bases com textura similar, e podem ter uma duração média de até dois anos, dependendo sempre da forma como são utilizados. Lavar os pincéis de maquilhagem com frequência, limpar a camada superior dos produtos uma vez por semana, e fechar sempre as tampas destes cosméticos depois da sua utilização são três regras de ouro para garantir que este tipo de produtos vive uma vida plena e feliz. Se começar a sentir dureza na textura, dificuldade na aplicação ou alterações no pigmento, está na altura de procurar um novo amigo empoeirado. 

Sombra de olhos: 6 a 12 meses

Se olhar para o seu arsenal de produtos de maquilhagem, é possível que tenha tantos tipos de sombras de olhos como tons de sombras de olhos - a solo ou em paletas, com efeito mate ou com efeito brilhante, líquidas ou em stick, em creme ou em pó. A textura das suas sombras de olhos - surpresa, surpresa -, vai ditar a validade das mesmas. Se as suas fórmulas de eleição forem líquidas ou em creme, a sua duração média será de seis meses, enquanto as sombras com textura em pó podem durar até dois anos. Como em qualquer produto de maquilhagem que não tenha indicação do Period After Opening, é necessário ter atenção a possíveis alterações na cor do pigmento, na fórmula ou no aroma. 

Eyeliner: 4 a 12 meses

Não se lembra da última vez que usou um eyeliner preto para conseguir o cat eye perfeito? Se a resposta foi não, talvez esteja na altura de fazer um detox à sua coleção de lápis de contorno de olhos. Para facilitar a triagem, tenha em conta que os eyeliners líquidos têm uma duração média de quatro a seis meses, tendo em conta que são um produto mais suscetível à contaminação bacterial. Se começar a sentir que o seu eyeliner líquido está mais seco, ou apresenta alterações na cor, no aroma e na textura, não volte a aproximá-lo dos seus olhos - a menos, claro, que queira ter uma infeção. Do outro lado da moeda, os eyeliners em lápis podem ter uma validade média de até um ano, mas é importante que sejam afiados frequentemente e que a tampa esteja sempre bem colocada. 

Máscara de pestanas: 3 a 6 meses

Aqui está um cenário com que todas nós nos conseguimos relacionar. Comprou uma máscara de pestanas fora deste mundo, daquelas que dão volume, separação, curvatura e comprimento como nunca antes visto. Recomendou-a a todas as suas amigas, colegas de trabalho, tias e primas, seguidoras no Instagram, e desconhecidas na rua. Passado uns meses, a máscara de pestanas começa a secar. A cor e o aroma parecem estar diferentes. Aquela separação original transforma-se no pior pesadelo de uma mulher com pressa de sair de casa, e as pestanas aglomeram-se numa só unidade de terror. Antes de pensar que "afinal não é assim tão boa como pensava", ou que este foi mais um "investimento perdido", lembre-se daquilo que nenhuma de nós quer admitir - uma máscara de pestanas, por mais maravilhosa que seja, não vive mais do que seis meses. 

Batom, lip liner, lip gloss e bálsamo labial: 12 a 24 meses 

O segredo da validade (mais uma vez) está na fórmula destes diferentes produtos de lábios. Apesar de conter água e diversos agentes hidratantes, o batom é o cosmético deste grupo com mais vida na prateleira, e pode ter uma duração de até dois anos quando bem cuidado e utilizado - sabemos que é impensável para muitas de nós mas, sempre que possível, é aconselhado que utilize um pincel de lábios ao invés de aplicar o batom diretamente nos lábios. Já o lip liner, o lip gloss e o bálsamo labial, depois de abertos pela primeira vez, podem viver consigo durante um ano. A regra de ouro é estar atenta a alterações na textura, na cor e no aroma destes cosméticos, fechá-los sempre muito bem para evitar contacto com o ambientes exterior, e não os deixar em espaços com mudanças de temperatura significativas. 

©Getty Images

Verniz: 8 a 24 meses

Depois de aberto pela primeira vez, um verniz pode durar até dois anos. O segredo para que tal aconteça? Manter o produto num local fresco, longe do calor e do sol, tendo em conta que estes factores podem estragar o cosmético em questão, causando alterações na sua cor, textura e consistência. Se sentir que algum dos seus vernizes está mais seco ou mais espesso, e que a fórmula parece "separada", procure uma nova cor para dar vida às suas mãos. As unhas, e a saúde das mesmas, vão agradecer. 

Fragrâncias: 8 a 10 anos

Quando guardado num local fresco e com pouca luminosidade, o seu perfume de eleição pode durar anos a fio. O segredo é manter a fragrância afastada do sol e de ambientes que estejam sujeitos a temperaturas altas, tendo em conta que estes factores podem alterar o seu aroma e a sua cor. Se tem os perfumes expostos na casa de banho, talvez esteja na altura de procurar um novo espaço de arrumação - algumas marcas de fragrâncias, como é o caso da Le Labo, até sugerem guardar as suas fragrâncias no frigorífico. 

Há mais vida para além do rótulo? 

Apesar da duração média recomendada destes produtos, é sempre possível "estender" a sua validade com alguns cuidados básicos. "Os símbolos que vemos nas embalagens não têm em consideração a forma como guardamos os produtos quando os trazemos para casa", explica a Drª. Stefanie Williams, fundadora e Diretora Médica na clínica Eudelo, em entrevista à Glamour. "As condições de arrumação são uma grande influência na duração dos nossos cuidados de rosto", diz. Espaços onde a humidade e as mudanças de temperatura são constantes são um grande não para guardar cuidados de rosto e outros produtos de Beleza, visto que estes fatores, a par com a exposição solar, podem causar danos nas fórmulas. 

Outros truques para controlar a duração dos seus produtos e evitar possíveis reações alérgicas, infeções ou irritações na pele, como explica a Drª. Stefanie Williams citada pela Glamour, incluem "colocar um rótulo na embalagem, com a data em que usou o produto pela primeira vez", visto que "o tempo passa muito mais rápido do que aquilo que pensamos". Quando chega o momento de ditar quais os produtos que ficam e quais os produtos que vão, é importante ter em atenção a textura, a cor, o aroma e a consistência dos seus cosméticos.

A forma como utilizamos os nossos produtos, sejam eles cuidados de rosto ou maquilhagem, é também determinante na validade dos mesmos. Se o seu creme hidratante vier num boião, use uma espátula ou um cotonete para tirar a quantidade pretendida, ao invés de colocar a ponta dos seus dedos diretamente no creme. A técnica pode ser replicada com uma base que não seja, por exemplo, em conta gotas - basta colocar a quantidade pretendida nas costas da mão, e aplicar o produto com um pincel, uma esponja ou com a ponta dos dedos, sempre limpos, para evitar a formação de bactérias. 

Artigos Relacionados

Compras 4. 10. 2018

Beautification

Ter uma pele bonita e saudável não requer um caldeirão ou varinha mágica. Basta saber como combinar os melhores produtos entre si.

Ler mais

Compras 5. 9. 2018

Segredos de Beleza

Por trás de uma grande diva, estão os melhores cuidados de Beleza.

Ler mais

Tendências 6. 8. 2018

Do it yourself

Por cada truque de Beleza caseiro que não funciona, há outro que promete maravilhar-nos com os seus efeitos mágicos. E se vier com o selo de aprovação de Kate Moss, Kendall Jenner ou Priyanka Chopra, melhor ainda.

Ler mais

Tendências 11. 7. 2018

Não tente isto em casa

Entre o óleo de coco ou as máscaras de abacate e iogurte, nenhuma de nós consegue negar a magia de um truque de Beleza caseiro. Contudo, e seguindo a máxima do velho ditado, nem tudo o que está no frigorífico ou no armário da casa de banho é bom para a pele.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK