Moda   Tendências   Casamentos  

Oito marcas com vestidos de noiva sustentáveis

05 Jun 2019
By Emily Chan

Está a planear um casamento sustentável mas que usar um vestido novo no grande dia? De Lost in Paris a Reformation, reunimos uma série de marcas com vestidos de casamento ecológicos que precisa de conhecer.

Está a planear um casamento sustentável mas que usar um vestido novo no grande dia? De Lost in Paris a Reformation, reunimos uma série de marcas com vestidos de casamento ecológicos que precisa de conhecer.

Mother of Pearl ©D.R.
Mother of Pearl ©D.R.

Quando chega a hora de escolher o vestido de casamento para o grande dia, são muitos os fatores a ter em conta. Um vestido branco com volume ou um coordenado mais justo? Sem alças ou com mangas? Com ou sem véu? A juntar a todas estas dúvidas, as noivas eco-conscientes têm ainda mais a ter em conta para escolher o vestido perfeito. 

As peças vintage ou em segunda mão são opções óbvias, mas o que acontece quando se quer um vestido que nunca tenha sido usado antes? Depois de ter sentido dificuldades em encontrar um vestido de noiva eco-friendly para o seu próprio casamento, Amy Powney, diretora criativa da Mother of Pearl, decidiu lançar a primeira linha bridal da marca em abril do ano passado.

"Um vestido de casamento, frequentemente de uso único, é por definição uma das peças menos sustentáveis que alguém pode comprar", explicou Powney à Vogue. "Queria oferecer às noivas peças bonitas, feitas à mão no nosso estúdio de Londres e fáceis de usar, vezes e vezes sem conta, bem como rastreabilidade e confiança no que toca aos tecidos usados." 

Felizmente, existe agora um número crescente de designers a trazerem as questões ambientais e éticas para o universo bridal, com iniciativas que passam por reciclar tecidos vintage, utilizar tintas naturais e apoiar artesãos locais. Reunimos oito marcas com vestidos de casamento sustentáveis para adicionar à sua lista de opções. 

Mother of Pearl 

Mother of Pearl ©D.R.
Mother of Pearl ©D.R.

A marca britânica Mother of Pearl estabeleceu-se rapidamente como um go-to no que toca a Moda sustentável, oferecendo transparência total sobre a sua cadeia de produção a todos os consumidores. Os vestidos descontraídos - criados com materiais naturais e orgânicos - são perfeitos para a noiva moderna, com a opção de uma camisa e um par de calças em tons de marfim para aquelas que procuram um visual mais fashion-forward

Lost in Paris 

Lost in Paris ©D.R.
Lost in Paris ©D.R.

Criando uma ligação entre vintage e novo, a Lost in Paris é uma marca, com sede em Sydney, que utiliza rendas compradas em mercados de antiguidades em Paris, assegurando que nenhum material é desperdiçado. Os vestidos elegantes da Lost in Paris são depois feitos à medida por costureiras experientes no atelier australiano da marca.

Celia Grace

Celia Grace ©D.R.
Celia Grace ©D.R.

Com cada compra realizada, a marca com sede em Chicago faz uma contribuição para a Tailored for Education, uma ONG que assegura uniformes escolares a crianças em todo o mundo. As coleções bridal, com certificado de comércio justo da Celia Grace, são pensadas para serem usadas não só no grande dia - tudo graças às silhuetas descontraídas que podem ser tingidas e repensadas para criar uma peça que durará uma vida inteira. 

Anita Dongre 

Anita Dongre ©D.R.
Anita Dongre ©D.R.

Uma das designers mais proeminentes da Índia, Anita Dongre é há muito uma escolha popular entre as noivas eco-conscientes do seu país. A marca, que tem também uma linha de pronto-a-vestir, colocou a questão da sustentabilidade no centro da sua filosofia, apoiando costureiras em toda a Índia e estabelecendo uma sede "verde" em Mumbai. Em outubro do ano passado, na Bridal Fashion Week de Nova Iorque, Dongre apresentou a sua primeira coleção bridal ocidental, lado a lado com lehengas e sarees tradicionais. 

Leila Hafzi 

Leila Hafzi ©D.R.
Leila Hafzi ©D.R.

A designer norueguesa Leila Hafzi lançou a sua marca homónima em 1997, com a missão de empoderar artesãs no Nepal, apoiando os seus direitos laborais e assegurando que lhes é dado um salário mínimo. As suas criações românticas são perfeitas para as noivas boémias: pense em folhos, detalhes florais e muitas caudas fluídas. Para além destas criações, Hafzi oferece ainda um serviço à medida. 

Reformation 

Reformation ©D.R.
Reformation ©D.R.

A marca de Los Angeles pode ser conhecida pelos seus vestidos midi de culto, mas não é por isso que não leva as suas credenciais ecológicas a sério: a Reformation assegurou a neutralidade carbónica em 2015 e publica atualizações trimestrais sobre os seus objetivos de sustentabilidade. As noivas que procuram um vestido descomplicado vão estar no seu elemento, com opções que incluem vestidos slip em seda, vestidos off-the-shoulder em renda (feitos a partir de tecidos de excedentes de stocks) e vestidos wrap descontraídos com decotes plissados. 

Larimeloom 

Larimeloom ©D.R.
Larimeloom ©D.R.

Esta marca independente natural da região Régio da Emília, no norte de Florença, utiliza tecidos naturais e tintas com base vegetal para criar os seus designs boémios. Os vestidos com corpetes em renda e os vestidos fluídos em chiffon da Larimeloom são feitos à mão no estúdio da designer Maria Lucia Squillari. 

Indiebride London 

Indiebride London ©D.R.
Indiebride London ©D.R.

A marca britânica Indiebride London orgulha-se da sua abordagem zero desperdício. Os tecidos são encomendados precisamente quando alguém compra um vestido e, deste modo, não existem sobras. A marca é encabeçada pela designer Miina Laitsaari e oferece uma seleção ampla de opções bridal alternativas, desde baínhas curtas a estilos vintage e peças individuais. 

Emily Chan By Emily Chan

Relacionados


Moda   Compras  

As melhores lojas vintage de Madrid neste momento

23 Apr 2024

Palavra da Vogue  

O que lhe reservam os astros para a semana de 23 a 29 de abril

23 Apr 2024

Compras  

Os melhores presentes para oferecer no Dia da Mãe

22 Apr 2024

Opinião  

A máquina do tempo

22 Apr 2024