Atualidade   Guestlist  

Em Cannes, um Magnum nunca vem só

30 May 2019
By Vogue Portugal em colaboração com Magnum

Vem sempre acompanhado de um trio épico de embaixadores: Lili Caneças, Rui Maria Pêgo e Carolina Loureiro. Estivemos com eles, sob o sol da Riviera.

Vem sempre acompanhado de um trio épico de embaixadores: Lili Caneças, Rui Maria Pêgo e Carolina Loureiro. Estivemos com eles, sob o sol da Riviera.

Ir a Cannes, em maio, é habitualmente sinónimo de cinema e passadeira vermelha, mas também pode ser sinónimo de andar feliz de Magnum na mão, sob o sol da Riviera francesa. Foi o que nos aconteceu.

Primeiro porque, anualmente, a marca tem organizado uma das festas mais doces e cobiçadas do circuito extra-festival; segundo porque esses eventos têm arcas cheias de Magnuns que, magicamente, parecem nunca acabar; terceiro porque a grande novidade deste ano, o Magnum White Chocolate & Cookies (sim, é tudo isso), podia ser a imagem do padrão polka-dot; quarto porque a incrível Iris Apfel foi anunciada como rosto internacional da marca, numa campanha que, sob o mote #NeverStopPlaying, nos incita a viver de acordo com as nossas regras; e quinto porque este ano tivemos a companhia do trio mais épico e improvável de embaixadores nacionais: Lili Caneças, Rui Maria Pêgo e Carolina Loureiro.

Obviamente quisemos falar com eles sobre gelados, mas também sobre o que significa sermos fiéis a nós próprios.

Lili Caneças

Que gelado seria e porquê? Seria o novo Magnum White Chocolate & Cookies, por ser o mais luxuoso, delicioso, e porque foi o que fomos lançar. Foi por isso que me escolheram para lançar este específico!

Se o seu gelado fosse uma tendência, que tendência seria e porquê? Seria uma tendência vintage, devido à minha longa vida. Iria buscar sabores do antigamente, da minha juventude, e que tenho mais relacionado com vintage: o caramelo, o chocolate preto e o praliné. Aliás, eu fiz este gelado (em Cannes) e chamei-lhe Lili!

Qual seria o seu slogan, aka pregão, para vender este gelado?  ‘Lili. Sim, sou eu!’

Ser fiel a mim própria é… Respeitar-me, porque acho que toda a gente merece respeito, e nunca me atraiçoar nas minhas convicções mais profundas.

Ponho essa definição em prática sempre que… Sou confrontada com tentativas de conflito. Sou uma pessoa apaziguadora.

Rui Maria Pêgo

Que gelado seria e porquê? Seria um gelado de Limoncello porque adoro provar vezes sem conta como há pessoas - e bebidas - que nos deixam alegres só com um copo.

Se o seu gelado fosse uma tendência, que tendência seria e porquê? Ando numa vibe tie-dye. Sei que os Tame Impala estão com menos hype, mas duvido que o psicadélico alguma vez passe à História. Por isso, acho que um Nirvana made in Woodstock cai sempre bem.

Qual seria o seu slogan, aka pregão, para vender este gelado?  Quem Quer Uma Trip quem quer? É um barco? É uma praia? É um avião on fyah (fire, com sotaque jamaicano)? Quem decide é vocêêêê!

Ser fiel a mim próprio é… Deixar os retoques para outros feeds e rir-me a sério com o impensável.

Ponho essa definição em prática sempre que… Saio à rua. A vida é muito Maior quando é levada com atenção. 

Carolina Loureiro

Que gelado seria e porquê? Magnum Double Caramel, porque é em dose dupla!

Se o seu gelado fosse uma tendência, que tendência seria e porquê? Seria a tendência pop of color, como um Solero.

Qual seria o seu slogan, aka pregão, para vender este gelado?  A vida é feita de cores.

Ser fiel a mim própria é… Fazer aquilo que acho certo e não aquilo que os outros acham certo para mim.

Ponho essa definição em prática sempre que… Chega a altura de tomar decisões importantes na minha vida.

Vogue Portugal em colaboração com Magnum By Vogue Portugal em colaboração com Magnum

Relacionados


Moda  

Chiaroscuro

24 May 2024

Opinião  

O problema não és tu, é a tua mãe

24 May 2024

Pessoas  

Taylor Swift atua amanhã em Lisboa e traz consigo novos visuais para a The Eras Tour

23 May 2024

Moda  

Trend Alert | Crochet

23 May 2024