Artigo Anterior

Rocket Man: os melhores looks vintage de Elton John

Próximo Artigo

Blushing Bride

Pessoas 26. 12. 2018

Family affair

by Rui Matos

 

Ver a dobrar? Não propriamente, twin-fluencer é mesmo um fenómeno na indústria da Moda e, claro, do Instagram. De Mary-Kate e Ashley Olsen a Aya e Ami Suzuki, a quantidade de pares multiplica-se e a Vogue quis saber mais sobre este tema.  

Ashley e Mary-Kate Olsen © Getty Images

Habituamo-nos a tratar a profissão de influencer por tu. Fazem parte do nosso quotidiano e não resistimos a um double tap. Sabemos distinguir as publicações pagas, dos momentos orgânicos e prestamos atenção às suas opiniões. Ainda assim, esta nova profissão continua a ser questionada. Mas afinal, o que é ser-se influencer? “Resumidamente, os influencers são pessoas que exercem algum tipo de influência, mas influenciar pressupõe um destinatário e do outro lado da moeda estou eu, o leitor, o seu feed do Instagram ou o dos seus filhos,” escreveu Patrícia Domingues, chefe de redação da Vogue Portugal, em março de 2018 quando entrevistou Chiara Ferragni - o epítome da avalanche de pessoas que foram surgindo depois dela. 

Double trouble. Provavelmente, a melhor maneira de apresentar - e ao mesmo tempo um dos maiores clichés - este novo termo: twin-fluencers. Que nada mais é do que a força de duas irmãs gémeas no universo digital. Esta questão matemática é bastante simples, neste caso 1+1 resulta no dobro de pessoas alcançadas por duas potências digitais - os números podem chegar às centenas. 

O expoente máximo deste fenómeno é já conhecido do grande público. Mesmo não tendo uma presença digital, as irmãs Olsen têm influenciado centenas de mulheres, isto tudo graças à marca que fundaram em 2006, The Row. Mary-Kate e Ashley Olsen fazem parte da lista das Mulheres mais poderosas de Hollywood e são consideradas as gémeas mais ricas do mundo. Esta dupla surgiu na sitcom norte-americana Full House, onde interpretavam a mesma personagem, Michelle Tanner. Esta foi a rampa de lançamento perfeita para uma carreira no mundo cinematográfico que viria a terminar em 2004 quando decidiram ingressar na Universidade de Nova Iorque. Agora, aos 32 anos, são reconhecidas pelo seu trabalho enquanto designers de Moda, arrecadando um CFDA Fashion Award em junho de 2012 na categoria de Melhor Designer de Moda, mas o estilo pessoal das irmãs é um denominador comum entre todos aqueles que as seguem atentamente. Óculos de sol oversized, botas, blusas soltas e saias fluidas são peças obrigatórias no guarda-roupa das Olsen. Quantas vezes já não vimos as nossas amigas, colegas de trabalho ou conhecidas assim vestidas?

Molly e Reese Blutstein, Simi e Haze Khadra e Cailli e Sam Beckerman são três dos muitos pares de gémeas que nos últimos tempos ganharam espaço e força na indústria digital. O que nos leva a questionar: o que torna estas duplas tão desejadas, tanto para as marcas, como para o público em geral? Para Gabriela Fernández, talent manager na agência Socialyte: “É uma coisa de família. As pessoas gostam de famílias e de sentirem que estão a ver publicações orgânicas e genuínas, em detrimento de um indivíduo que publica como um influencer, ou então aquele casal de namorados muito conhecido - quem sabe se não vão acabar no próximo ano?”, contou em entrevista ao WWD. 

Ami e Aya Suzuki © ImaxTree

Este family affair não capta exclusivamente a atenção dos internautas, as marcas também não ficam imunes ao poder digital destes pares e um bom exemplo disso são as japonesas Aya e Ami Suzuki, que além de serem diretoras criativas da Jóuetie, também são conhecidas pelos seus sets musicais (já atuaram no Coachella), pela presença na front row de desfiles como Gucci, Valentino, Chanel, Dior e Moschino e pela quantidade de vezes que já foram fotografadas nas ruas de Milão, Londres e Paris. Recentemente, participaram na campanha publicitária da designer collaboration da gigante sueca H&M com a Moschino, protagonizando também o lookbook oficial ao lado de Jeremy Scott, responsável pela direção criativa da Casa italiana. 

Apesar das estatísticas não mostrarem que há um maior número de engagement, é visivelmente notório que quando existe uma relação próxima entre dois indivíduos o número de publicações vai aumentando, o que acaba por se traduzir em conteúdo extra para o contratante. “Quando contratas duas influencers que, na vida real, são melhores amigas, o número de conteúdos vai aumentar,” conta Kamiu Lee, executive officer da agência Activate, ao WWD. “Quando vais a um evento com o teu amigo, tu tiras fotografas, ou fazes vídeos, para depois partilhares nas redes sociais. Tens duas personalidades a criar conteúdo,” concluiu.

Números à parte, a verdade é que estas duplas nos levam por caminhos que outrora não tínhamos oportunidade de navegar, como por exemplo os backstages das Semanas de Moda, ou as festas exclusivas para as quais são convidadas. Isto tudo aliada à boa relação que têm vai prendendo - afinal, numa era tão virtual nunca quisemos tanto ter algo que seja real - nem que seja através de um ecrã de smartphone. 

Tendo este fenómeno digital em vista, reunimos 5 contas de Instagram que deve ter debaixo de olho, seja para se inspirar ou para acompanhar a vida destas twin-fluencers.  

Simi & Haze

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por ⚡️Simi & Haze⚡️ (@simihaze) a

Ashley & Kat

 

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por ashley + kat (@thehesstwins) a

TK & Cipriana

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Cipriana Quann (@ciprianaquann) a

The Kaplan Twins

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por The Kaplan Twins (@the_kaplan_twins) a

Molly & Reese Blutstein

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Reese Blutstein (@double3xposure) a

Artigos Relacionados

Tendências 19. 12. 2018

Que grande cenário

Qual é a coisa, qual é ela que é idílica, estrondosa e megalómana e não é uma coleção da Commes de Garçons? São os cenários que se erguem nas passerelles de nomes como Chanel, Louis Vuitton e Calvin Klein.

Ler mais

Notícias 21. 11. 2018

As mulheres mais influentes de 2018 na Moda são...

Existem influenciadoras e micro-influenciadoras, e depois existem aquelas que, segundo a plataforma Lyst, se qualificam como ultra-influenciadoras. De Kylie Jenner a Meghan Markle, estas são as dez mulheres mais influentes de 2018 no mundo da Moda.

Ler mais

Inspiring Women 15. 11. 2018

À espera de um milagre

49 centímetros, 3,350 kg, cabelo loiro e olhos azuis, pelas 15 horas e 40 minutos do dia 21 de julho de 2017 nascia Manuel, o elemento que faltava ao retrato “marido, casa e cão” perfeito da influencer Margarida Marques Almeida*. Este é o final feliz, mas todas as fotografias de Instagram têm uma história por trás.

Ler mais

Pessoas 7. 11. 2018

Following Now: Raquel Strada

Raquel Strada é it girl, apresentadora, atriz, blogger, autora de um livro. Raquel Strada é também um must follow no Instagram (what else is new?) e, por isso, não havia banco de imagens melhor que a conta da influencer portuguesa para uma seleção dos seus melhores momentos de estilo.

Ler mais

Entrevistas 29. 10. 2018

Jeanne Damas, uma parisiense em Edimburgo

Não é uma estranha no que diz respeito às redes sociais, nem na indústria da Moda. A influencer francesa é protagonista do mais recente episódio da série digital Mango Journeys, também conhecida como a oportunidade perfeita para falar com Jeanne Damas sobre viagens e estilo.

Ler mais

Tendências 24. 9. 2018

7 cores para o outono/inverno de 2018

Ainda que as temperaturas baixas pareçam não estar prontas para chegar ao hemisfério norte, a vontade pelas lãs, malhas e caxemiras já começa a crescer.

Ler mais

Eventos 2. 9. 2018

The Ferragnez: o álbum de casamento

Chiara Ferragni e Fedez casaram ontem, em Noto, Sicília, e este é um olhar privilegiado sobre a cerimónia e o copo-de-água.

Ler mais

Pessoas 30. 8. 2018

Chiara Ferragni | Profissão: influencer

“A roupa não significa nada até alguém a vestir”, disse Marc Jacobs – e Chiara Ferragni bem podia fazer copy+paste para a sua bio nas redes sociais. Empresária, eterna it girl, designer por conta própria e para a Intimissimi, falámos com a mulher que fez dos likes um full-time job.

Ler mais

Tendências 9. 8. 2018

Fama Show

Porque adoramos celebridades? E como é que Kim Kardashian West se tornou um fenómeno maior do que as suas próprias curvas? Será que, secretamente, vivemos todos para rebentar com a Internet? Pegámos em todas as dúvidas anónimas e fomos falar com experts (mais ou menos famosos) na matéria. Like, realizing stuff.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK