Artigo Anterior

Ponytail Queen

Próximo Artigo

Seis lojas de roupa que são uma alternativa às moradas do costume

Connected 4. 7. 2019

A entrevista de Sadie Sink à Vogue em cinco frases

by Vogue Portugal

 

Para a edição de julho da Vogue Portugal, inteiramente dedicada è geração Z, sentámo-nos com Sadie Sink, a Max de Stranger Things, para conversar sobre o que é isto de se estar Connected.

FOR THE ENGLISH VERSION CLICK HERE.

Sadie Sink para a Vogue Portugal julho 2019 © Branislav Simoncik

O clã Young Hollywood está cada vez mais jovem. Mas também está cada vez mais ligado — no caso de Sadie Sink, não particularmente à Internet, mas ao mundo, à solidariedade, ao que interessa. Crescer e aparecer é coisa do passado: crescer e ser maior é o mote de uma nova geração e a atriz de Stranger Things é um dos seus exemplos. Temos cinco frases que o comprovam. 

1.

"Podes estar ligada ao mundo e em sintonia com o que te rodeia em vez de colada ao telefone o tempo todo. Diria que sou mais connected ou ligada na medida em que gosto de viver no momento e apreciar o que está à minha volta."

2.

"Se vou usar redes sociais, mais vale fazê-lo em prol do apoio a uma causa que gosto e da divulgação da mensagem."

3.

"A maioria das pessoas conhece-me de Stranger Things, mas eu trabalho neste meio desde os 7 anos. Trabalhei com a Helen Mirren no meu segundo show na Broadway e ela foi incrível."

4.

"Acho que há muita pressão nas celebridades para que tenham uma forte presença nas redes sociais, mas eu sei que há imensos atores que escolhem não ter conta em qualquer plataforma que seja."

5.

"Acho que às vezes a imprensa se esquece que todos os miúdos na série são adolescentes normais em vários sentidos. Ainda estamos na escola e muitos de nós pensam na Universidade. Ainda lidamos com as dificuldades de crescer, mas neste caso, crescemos com o mundo de olhos postos em nós."

 

Este é um excerto da entrevista de Sadie Sink à Vogue Portugal.
A edição de julho já está nas bancas.

Artigos Relacionados

Connected 9. 7. 2019

A entrevista de Kelly Bailey à Vogue em cinco frases

Para a edição de julho da Vogue Portugal, inteiramente dedicada è geração Z, sentámo-nos com Kelly Bailey, para conversar sobre o que é isto de se estar Connected.

Ler mais

Connected 6. 7. 2019

Bubble Game

Vivo numa bolha com antena para o mundo. Aqui, existo eu, o meu melhor eu, o meu pior eu.

Ler mais

Connected 6. 7. 2019

Férias Grandes

O verão começa quando os exames acabam. Quando os testes terminam. Quando o terceiro período encerra. E começam os dias infindáveis de amizades eternas e amores passageiros.

Ler mais

Editorial 6. 7. 2019

Editorial Julho 2019

"E tudo se resume a isso: todas as vidas estão inter-relacionadas. Estamos todos presos numa incontornável rede de mutualidade. O que quer que afete um destino, afeta todos indiretamente."

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK