Atualidade   Curiosidades  

Quando Victoria se tornou Beckham

04 Jul 2019
By Cátia Pereira Matos

A 4 de julho de 1999, na capela do Luttrellstown Castle, em Dublin, Victoria Adams adotava o apelido Beckham. Se há 20 anos existissem hashtags e redes sociais, quantas publicações não teriam sido feitas no Facebook e Instagram identificadas com #couplegoals?

A 4 de julho de 1999, na capela do Luttrellstown Castle, em Dublin, Victoria Adams adotava o apelido Beckham. Se há 20 anos existissem hashtags e redes sociais, quantas publicações não teriam sido feitas no Facebook e Instagram identificadas com #couplegoals?

© Getty Images & Instagram

Victoria Adams marries David Beckham”, lê-se na capa da edição 170 da revista semanal britânica OK!, publicada a 16 de julho de 1999. Doze dias antes, a 4 de julho, acontecera o “casamento da década”: Victoria Caroline Adams, a posh spice daquela que era, na altura, a maior girlband do Reino Unido, Spice Girls; e David Beckham, o futebolista que vestia a camisola número 7 pelo Manchester United, haviam trocado alianças e juras de amor junto ao altar da capela do castelo de Luttrellstown, em Dublin, Irlanda. Ela tinha 25 anos, ele 24. Já namoravam há dois anos, haviam sido pais recentemente e, juntos, eram a definição de #couplegoals. "A minha mulher escolheu-me a partir de uma caderneta de cromos de futebol, e eu escolhi-a da televisão... Foi como se, desde sempre, estivéssemos destinados a ficar juntos", escreveu David Beckham na sua autobiografia, My Side, publicada em 2003. 

A cerimónia de casamento dos Beckham, a que só a revista OK! teve acesso, acontecera com pompa e circustância e fora dispendiosa: com £500,000 (aproximadamente 560 mil euros), o guru em matéria de casamentos Peregrine Armstrong-Jones montou para Posh e Becks uma grande festa inspirada no universo de Robin dos Bosques. Decorações teatrais com elementos da natureza: check. Espadas verdadeiras: check. Tronos majestosos pintados de dourado: check. Tudo fora extravagante. Até Victoria usou uma coroa de ouro de 18 quilates adornada com 300 diamantes, uma criação do designer de joias irlandês Slim Barrett e que chegou a estar em exposição no museu Victoria & Albert, em Londres.

Todavia, os matching outfits do casal foram o que o casamento teve de melhor. Victoria, depois de soltar um "I do!" envergando um vestido branco-pérola desenhado por Vera Wang (avaliado em 70 mil libras), mudou de roupa e David, não querendo ficar atrás da mulher, seguiu-lhe as pisadas. Naqueles tempos, o que um vestia, o outro vestia também: os dois casaram-se de branco, mas para a recepção aos convidados optaram por usar a cor púrpura da cabeça aos pés (olá, Moda dos nineties!).

Sobre esse dia inesquecível para o casal Beckham, Victoria disse à OK!: "Não nos importamos com o que as pessoas dizem, desde que estejamos felizes e façamos as nossas famílias felizes." Não é só isso que importa, afinal?

Cátia Pereira Matos By Cátia Pereira Matos

Relacionados


Agenda  

Lisbon Design Week 2024 | A semana dedicada ao design começa hoje

22 May 2024

Tendências  

Who let the baby bump out?

22 May 2024

Compras   Roteiro  

As melhores lojas vintage da Europa

22 May 2024

Moda  

For life

22 May 2024