Lifestyle   Tendências  

The name is Gosling, Ryan Gosling

12 Nov 2018
By Mónica Bozinoski

Do romance à ação, é difícil imaginar um papel que Ryan Gosling não consiga assumir. Se dúvidas restassem, reunimos os vinte filmes que provam o porquê do heartthrob de Hollywood ser um dos atores mais multifacetados da sua geração.

Do romance à ação, é difícil imaginar um papel que Ryan Gosling não consiga assumir. Se dúvidas restassem, reunimos os vinte filmes que provam o porquê do heartthrob de Hollywood ser um dos atores mais multifacetados da sua geração.

©D.R.

Facto: a carreira de Ryan Gosling é quase tão impressionante como os seus abdominais – que o diga Stone e a sua famosa reação “A sério? Parece que foste photoshopped!”. Sabemos que a frase foi retirada da comédia romântica Crazy, Stupid, Love, e que foi proferida em relação à personagem Jacob, mas a sua veracidade não tem uma única ponta de ficção. 

O charme que não deixa ninguém indiferente, o encanto natural e o humor desmedido podem ser as características que fazem de Ryan Gosling um hearththrob de Hollywood em nome próprio mas, ao longo dos seus 25 anos de carreira – o ator deu os primeiros passos no mundo da representação em 1993, ao lado de Justin Timberlake, Britney Spears e Christina Aguilera no famoso Mickey Mouse Clube -, foi o espírito camaleónico e a versatilidade no grande ecrã que fizeram de Gosling um dos atores mais relevantes da sua geração.

Fez-nos sentir emoções que nos eram desconhecidas até então com o seu papel em The Notebook. Repetiu a perícia e multiplicou-nos as lágrimas com Blue Valentine. Quando achávamos que já tínhamos sentido tudo o que havia para sentir, La La Land chega às salas de cinema. Da voz que sussurra City of Stars ao som das teclas do piano nos momentos finais da longa-metragem, os nossos olhos ainda não tinham secado e Ryan Gosling já nos dava outra prestação emotiva na pele de Neil Armstrong em First Man. 

Romances à parte, foi com The Believer que Ryan Gosling – no papel de um homem judeu que adota uma perigosa filosofia antissemítica -, começou a mostrar ao mundo as suas mil e uma facetas. As aclamações não demoraram a chegar, e o ator continuou a brilhar pelos caminhos do drama, do mistério e da ação. Em 2007, a Academia distinguiu Gosling com a sua primeira indicação ao Óscar de Melhor Ator pelo seu papel em Half Nelson, um drama que segue um professor de História desiludido com a realidade.

De Lars and the Real Girl a The Ides of March, sem esquecer as obras cinematográficas Drive, The Big Short, The Nice Guys ou Blade Runner 2049, que viu Ryan Gosling contracenar com Harrison Ford na sequência do clássico de ficção científica de 1982, não existe nenhum papel que o ator multifacetado não consiga assumir. Entre as lágrimas desmedidas e os momentos de suspense, estes são os vinte filmes de Ryan Gosling que merecem um check na sua lista cinematográfica. 

Mónica Bozinoski By Mónica Bozinoski

Relacionados


Inspiring Women   Lifestyle  

Dia da mulher | 5 séries sobre mulheres, para todos

01 Mar 2024

Moda   Coleções  

MFW outono/inverno 2024 | Na Semana de Moda de Milão, o jogo de cadeiras não pára

29 Feb 2024

Tendências  

Nailed it

29 Feb 2024

Moda   Eventos  

PFW Backstage | Cecille Bahnsen

29 Feb 2024