Artigo Anterior

Trago o mar no cabelo

Próximo Artigo

Bite-free summer

Compras 28. 7. 2020

Block that shine

by Ana Catarina Machado

 

Como ter pele oleosa pode ser um verdadeiro desafio, a Vogue selecionou os produtos que nos vão ajudar a combater qualquer onda de calor neste verão.

© hoskelsa

Lidar com o brilho indesejado no nosso rosto durante o dia pode tornar-se numa das tarefas mais desafiantes. Encontrar os produtos certos para ajudar a nossa pele a combatê-lo idem idem aspas aspas. De forma a manter-se hidratada, saudável e macia, a nossa pele produz óleos naturais que acabam por resultar, muitas vezes, num brilho indesejado. Enquanto que por um lado, ter pele oleosa pode apresentar alguns benefícios, como um rosto naturalmente nutrido, por outro, não deixa de ser uma porta aberta ao aparecimento de poros e acne. Felizmente, existem inúmeros produtos no mercado que prometem dar a todas as peles oleosas o equílibrio e despreocupação que tanto desejam para esta estação.

Inicie a rotina de cuidados de pele com um tónico

Os tónicos são desenvolvidos para remover qualquer excesso na pele e preparar a mesma para receber outros produtos. Para além de serem um ótimo produto de limpeza e, ao mesmo tempo, um hidratante suave, os tónicos podem ser realmente úteis no combate à pele oleosa. Quando utilizados, os vestígios de maquilhagem, o excesso de óleo e o tamanho dos poros são reduzidos, dando um equilíbrio necessário à pele. Aplicados na pele limpa e seca, usando os dedos ou pedaços de algodão, um bom toner garante lidar com a oleosidade com a devida responsabilidade.

Utilize um esfoliante (com moderação)

Com o uso destes produtos, a pele consegue alcançar uma textura mais macia e radiante. Ao esfoliar a pele do rosto em movimentos circulares e delicados – uma vez que não queremos irritar a pele -, as células mortas são eliminadas e é criada a renovação de uma camada nova da pele. Tenha sempre em mente que estes produtos não devem ser usados regularmente, mas apenas duas a três vezes por semana (ou como indicado em cada embalagem), e que a pele necessita de ser hidratada logo após a sua utilização.

Hidrate a pele

 

Os hidratantes permitem equilibrar o sebo produzido na pele, por isso, o facto de ter a pele oleosa não significa que os produtos hidratantes devam ser postos de lado. Antes pelo contrário, estes são fundamentais em qualquer rotina de beleza, para manterem equilibrados os níveis de humidade na pele. Contudo, há que ter em atenção às suas fórmulas, evitando cremes super cremosos e com texturas pesadas.

Para retoques on the go

Os bottling paper não só bloqueiam o brilho em excesso, como podem andar na sua carteira sempre que o brilho indesejado na pele insistir em aparecer. Relativamente à sua utilização, é importante que não esfregue os papéis no rosto, uma vez que pode causar irritação na pele e, em consequência, espalhar a oleosidade. De outro modo, devem ser pressionados suavemente na pele, durante alguns segundos, para que o óleo seja absorvido sem grandes pressões e porque, verdade seja dita, não queremos estragar a makeup.

Artigos Relacionados

Compras 16. 7. 2020

It’s all about the eyes

As máscaras sociais cobrem parte do nosso rosto, deixando assim todo o protagonismo para os nossos olhos. Selecionamos 12 paletas de sombras de olhos que vão pintar as pálpebras durante esta estação.

Ler mais

Compras 24. 6. 2020

Hello summer, hello sunscreen

A Vogue selecionou 14 protetores solares para manter a sua pele protegida contra todos os raios solares.

Ler mais

Compras 25. 5. 2020

Sun-kissed: os 17 autobronzeadores a ter debaixo de olho

No beach? No problem. Se só de pensar em todas as regras que terá de cumprir naquele que é suposto ser o sítio ideal para relaxar tem vontade de fugir a sete pés, a Vogue encontrou a solução para atingir os mesmos resultados.

Ler mais

Tendências 12. 9. 2019

Qual é, afinal, a diferença entre pele seca e pele desidratada?

Pode ser um exercício meticuloso, mas é sempre o mais eficaz. Na procura de compreender melhor a pele, mergulhámos em águas turvas, mas voltámos à superfície com a resposta para o debate pele seca versus pele desidratada.

Ler mais