Moda   Notícias  

Quem é Matthieu Blazy, o novo diretor criativo da Bottega Veneta?

15 Nov 2021
By Rui Matos

Há fumo branco a sair dos headquarters da Bottega Veneta: a Kering anunciou hoje, 15 de novembro, o sucessor de Daniel Lee. Matthieu Blazy é o novo diretor criativo.

Há fumo branco a sair dos headquarters da Bottega Veneta: a Kering anunciou hoje, 15 de novembro, o sucessor de Daniel Lee. Matthieu Blazy é o novo diretor criativo.

© Willy Vanderperre
© Willy Vanderperre

A notícia de que Daniel Lee tinha deixado a direção criativa da Bottega Veneta tomou conta das conversas de todos aqueles que acompanham os movimentos da indústria da Moda. Lee trouxe a Bottega Veneta para o centro das atenções, dando uma nova roupagem à marca italiana. Fê-lo com proporções exageradas, carteiras de sucesso, campanhas provocadoras, um shutdown das redes sociais e uma abordagem muito própria, sem nunca esquecer a herança de mais de 50 anos. Depois de uma pequena travessia no deserto (cinco dias para sermos precisos), a Kering anunciou o seu sucessor: Matthieu Blazy.

Quem é Matthieu Blazy?

À esquerda: Maison Martin Margiela Artisinal, outono/inverno 2012. À direita: Maison Martin Margiela Artisinal, outono/inverno 2013. © Getty Images
À esquerda: Maison Martin Margiela Artisinal, outono/inverno 2012. À direita: Maison Martin Margiela Artisinal, outono/inverno 2013. © Getty Images

Apesar de não ser um celebrity designer, nos bastidores o nome de Matthieu Blazy é conhecido e altamente respeitado. O seu percurso profissional iniciou-se com Raf Simons, como designer das linhas masculinas da marca homónima de Simons. Mas foi durante o seu período na Maison Margiela, onde foi head designer da linha Artisanal, que o reconhecimento chegou. Suzy Menkes declarou, à época, que: “Não se pode manter um talento destes em segredo.” De facto o talento não se manteve em segredo, mas a persona pública sim - seguindo as pisadas de Martin Margiela. As suas coleções foram altamente elogiadas, Kanye West adotou as máscaras com cristais encrostados, apresentadas no outono/inverno de 2013, na digressão Yeezus Tour. 

Da Maison Margiela voou até à Céline de Phoebe Philo, - que se diz ter sido a própria a recrutá-lo - onde trabalhou no mesmo período em que Daniel Lee também lá esteve. Quando, em 2016, Raf Simons aceitou o desafio de assumir a direção criativa da Calvin Klein, Blazy acompanhou o criador belga na nova aventura, em Nova Iorque estava também Pieter Mulier (atual diretor criativo da Maison Alaïa), com quem mantém uma relação desde o tempo em que se conheceram nos headquarters da Raf Simons, na Antuérpia. Mais recentemente, em 2020, foi nomeado Design Director da coleção pronto-a-vestir da Bottega Veneta. 

 

Uma sucessão interna indica pequenas mudanças, ao contrário daquilo que aconteceria se um celebrity designer fosse ocupar o lugar. As botas statement e as hit bags que Lee introduziu têm grandes chances de permanecerem, o icónico entrelaçado não saíra, com certeza, de cena, assim como todos os códigos artesanais que têm vindo a caracterizar a Bottega Veneta. "Estou confiante que a riqueza da experiência de Matthieu Blazy e a sua ampla bagagem cultural lhe permitirão dar o seu impulso criativo à tarefa de levar por diante o legado de Bottega Veneta”, afirmou François-Henri Pinault, Presidente & CEO da Kering, em comunicado.

A primeira coleção pensada por Blazy vai ser apresentada em fevereiro de 2022 durante a Semana de Moda de Milão. 

Rui Matos By Rui Matos

Relacionados


Notícias  

A centenária Loja das Meias reabre em Cascais

23 Apr 2024

Moda   Compras  

As melhores lojas vintage de Madrid neste momento

23 Apr 2024

Palavra da Vogue  

O que lhe reservam os astros para a semana de 23 a 29 de abril

23 Apr 2024

Compras  

Os melhores presentes para oferecer no Dia da Mãe

22 Apr 2024