Lifestyle   Tendências  

Divas na cozinha

05 Sep 2018
By Mónica Bozinoski

Uma diva é misteriosa, enigmática e intocável. Uma diva é tudo, menos um livro aberto. Mas isso não a impede de imprimir os seus segredos culinários nas páginas de uma, ou várias, obras literárias.

Uma diva é misteriosa, enigmática e intocável. Uma diva é tudo, menos um livro aberto. Mas isso não a impede de imprimir os seus segredos culinários nas páginas de uma, ou várias, obras literárias. 

"A comida tem o poder de fazer as pessoas sentirem-se felizes", escreveu Sophia Loren no seu livro de memórias Yesterday, Today, Tomorrow: My Life. "Leva-te de volta a casa, e transmite aquilo que tantas palavras não conseguem", continuou a atriz natural de Roma, que nunca escondeu o seu amor pelo sabor genuíno de uma boa pasta italiana. Na verdade, Sophia Loren não só falou abertamente sobre este romance divino, como lhe dedicou dois livros: In The Kitchen With Love, publicado em 1971, e Recipes & Memories, publicado em 1998. 

Em Segredos Culinários de Maria Callas: Histórias, Receitas e Sabores, José Bento dos Santos escreveu, nas páginas do prefácio, que "este acervo de receitas mostra bem o cuidado posto na sua escolha, oriundo de um gosto educado e requintado". Não que esperássemos outra coisa de uma das maiores divas de todos os tempos. Em Audrey At Home, um bestseller do New York Times, Luca Dotti recordava que o prato favoritio da mãe era esparguete com molho de tomate. "Ela podia viver só disso", relembrava o filho mais velho da atriz Audrey Hepburn. "Todas as manhãs, por volta das quatro horas, ela comia uma madalena ao pequeno-almoço, e ao final da tarde comida sempre chocolate, algo que ela acreditava ser capaz de acabar com a tristeza". 

Boy George escreveu Karma Cookbook, Kris Jenner abriu as portas do lar para In The Kitchen With Kris: A Kollection of Kardashian-Jenner Family Favorites, Valentino Garavani seguiu com Valentino: At The Emperor's Table, e a cantora Patti LaBelle tem na manga uma coleção impressionante de livros de culinária, entre eles Desserts LaBelle: Soulful Sweets to Sing About. O título, só por si, abre-nos logo o apetite. 

Parece surpreendente que uma figura tão elegante, glamorosa e refinada reserve tempo precioso para preparar refeições caseiras, e ainda partilhar os seus segredos com os comuns mortais deste mundo? Claro que não. Afinal de contas, uma diva é uma diva em qualquer lugar: mesmo que esse lugar seja a cozinha. 

Mónica Bozinoski By Mónica Bozinoski

Relacionados


Opinião  

Got Milk?

18 May 2024

Moda  

12 small brands que vale (muito) a pena conhecer

17 May 2024

Notícias  

As melhores lojas vintage de Lisboa

17 May 2024

Curiosidades  

Os 6 álbuns de vingança mais famosos da história da música

16 May 2024