Artigo Anterior

Queridos, virámos as casas

Próximo Artigo

Os Açores de Nuria Val

Roteiro 15. 7. 2019

Roteiro Vogue: 10 destinos de lua de mel

by Emily Chan

 

Nada contra as Maldivas, nada contra a Jamaica, mas há mais destinos para celebrar a lua de mel. Reunimos duas mãos cheias de sugestões off the radar para os recém-casados que procuram aliar o romance à aventura.

© Getty Images.

De Paris às Maldivas, alguns lugares parecem ser verdadeiros ímanes para os recém-casados. Encontrar destinos de lua de mel verdadeiramente únicos parece ser, por estes dias, um enorme desafio, mas para aqueles que não querem seguir as tendências, muito menos celebrar a lua de mel num local com tantos outros casais, existem alternativas. Abaixo, reunimos não dois nem cinco, mas sim 10 destinos inusitados para viajar a dois.

1. Ilhas Andamão

Alternativa a: Maldivas
Quando visitar: de novembro a maio

Localizadas entre a Índia e o Myanmar, as ilhas Andamão são a escolha perfeita para os casais que procuram belas praias, longe dos destinos de lua de mel. Instale-se no isolado Jalakara Hotel, na ilha Havelock, um boutique hotel com apenas sete quartos cercado por uma floresta tropical. Mergulho, caminhadas na selva e passeios pelas ilhas são as atividades à disposição dos turistas. A ilha Neil, a uma hora de barco da ilha Havelock, também vale bem a pena uma visita.

2. Bequia

Alternativa a: Barbados
Quando visitar: de janeiro a maio

Bequia, a segunda maior ilha do arquipélago caribenho São Vicente e Granadinas, ainda é um local relativamente desconhecido, em comparação com a Jamaica e os Barbados. Tem inúmeras praias de areia branca que não precisam de nenhum filtro de Instagram — vá para oeste para visitar duas das melhores praias da ilha, a praia da Princesa Margaret (onde a irmã mais nova da Rainha Isabel II terá nadado) e a Lower Bay. Os verdadeiros tesouros de Bequia, no entanto, estão escondidos no lado nordeste da ilha, em concreto no santuário de tartarugas Old Hegg Turtle Sanctuary.

Bequia © iStock.

3. Palau

Alternativa a: Bora Bora
Quando visitar: de dezembro a maio

Composto por mais de 200 ilhas, Palau é um paraíso para os fãs do documentário Planeta Terra e é um destino perfeito para quem quer que a sua lua de mel seja uma lição em história natural. O mergulho é a principal atração deste arquipélago do Pacífico, graças aos seus recifes impressionantes e a vestígios subaquáticos da Segunda Guerra Mundial. De volta à terra firma, pode caminhar pelas selvas do Palau, com cascatas e monumentos históricos; de seguida, faça um passeio de helicóptero e sobrevoe as impressionantes Rock Islands (ilhas Chelbacheb), património Mundial da UNESCO.

4. Ilhas Galápagos

Alternativa a: Bornéu
Quando visitar: de janeiro a maio

Quer uma lua de mel selvagem? Com os seus animais exóticos — pense em leões marinhos, pinguins, iguanas e flamingos, por exemplo —, as ilhas Galápagos são o destino a ter em vista (os seus arredores inspiraram Charles Darwin a desenvolver sua Teoria da Evolução em 1835). O melhor é ficar alojado numa das quatro ilhas habitadas — Santa Cruz, San Cristobal, Isabela e Floreana — e, de lá, partir de barco à descoberta de outros locais do arquipélago. Para os amantes da praia, a Tortuga Bay, em Santa Cruz e a Gardner Bay, em Española, são imperdíveis.

5. Parque Nacional da Gorongosa, Moçambique

Alternativa a: Reserva Nacional Masai Mara, Quénia
Quando visitar: de abril a novembro

Para uma viagem (esperançosamente) única na vida, um safari é uma escolha óbvia. Se procura fazer um safári onde todos os seus amigos casados ainda não estiveram, experimente o do Parque Nacional da Gorongosa, em Moçambique. A reserva de caça sofreu uma enorme transformação nos últimos 15 anos, depois de ter sido destruída pela guerra civil do país (que terminou em 1992), e agora abriga mais de 100.000 animais, incluindo leões, elefantes, hipopótamos e crocodilos. Fique hospedado numa das luxuosas moradias do Montebelo Gorongosa Lodge & Safari, dentro do parque.

6. Butão

Alternativa a: Cambodja
Quando visitar: março a maio

Situado no extremo leste dos Himalaias, o Butão, com a sua paisagem exuberante e os seus remotos mosteiros — incluindo o Taktsang, em Paro Valley — promete ser um santuário sagrado. A trilha Druk Path Trek, que se estende de Paro, no oeste, até à capital, Thimphu, é o sonho dos que querem conhecer o território a pé, oferecendo vistas privilegiadas para as montanhas, as florestas de pinheiros e os lagos. Todavia, esta é uma lua de mel que exige alguma cautela no planeamento, uma vez que os vistos para turistas só são aprovados em caso de reservas com operadores turísticos.

Butão © Getty Images.

7. Areias de Wahiba, Omã

Alternativa a: deserto do Saara, Marrocos
Quando visitar: de outubro a março

O deserto é, talvez, o melhor destino para se afastar de tudo. Entram em cena as areias de Wahiba, no Omã. O camping de luxo torna a tradição beduína numa experiência digna de lua de mel: escolha exatamente o lugar onde quer acampar nas dunas, deixe que um Chef de cozinha particular cuide do jantar e mantenha-se acordado para observar as estrelas. A solidão romântica do deserto fica a apenas a quatro horas de carro da capital do país, Muscat, pelo que reservar alguns dias da viagem para conhecer este destino também é uma boa ideia.

8. Antártida

Alternativa a: Lapónia
Quando visitar: de novembro a março

O deserto gelado e imprevisível da Antártica permanece, felizmente, distante, estando apenas acessível entre novembro e março, por via de um dos cruzeiros de expedição, que fazem um ou dois desembarques por dia. Depois de um turbilhão de planeamentos para o casamento, este é o lugar ideal para se reconectar e ganhar uma perspectiva real.

9. Kotor, Montenegro

Alternativa a: Costa amalfitana, Itália
Quando visitar: de abril a setembro

O charme mediterrâneo de Kotor, em Montenegro, é o cenário perfeito para os recém casados se apaixonarem ainda mais. A Cidade Velha foi fundada antes da época de Homero, combinando monumentos históricos como a igreja de Nossa Senhora da Saúde, com tradicionais telhados vermelhos, ruas sinuosas e detalhes medievais. Suba a Fortaleza de São João para ter vistas deslumbrantes sobre a cidade.

Montenegro © Getty Images.

10. Sevilha, Espanha

Alternativa a: Paris, França
Quando visitar: de março a junho

Paris? Há muita pressão associada à 'cidade do amor'. Veneza? Possivelmente, foi onde aconteceu o pedido de casamento. Barcelona? Foi o local das despedidas de solteiro. Mas Sevilha, até então, tem estar longe do radar romântico. Com a sua bela arquitetura mourisca e praças banhadas pelo sol, esta cidade é a melhor versão do sul da Espanha. Gaste os dias a passear pelos jardins do palácio Alcázar, vá até à Praça de Espanha pelo canal da cidade — parando pelo menos a cada meia hora para comer umas tapas e beber sangria.

 

Artigos Relacionados

Roteiro 26. 6. 2019

Queridos, virámos as casas

Nestas nove casas, os telhados estão colados ao alcatrão — e estão muito bem assim. Mudemos de perspetiva e entremos.

Ler mais

Roteiro 8. 5. 2019

Roteiro Vogue: 24 horas no centro de Lisboa

De Alcântara à Graça, traçamos um roteiro não linear pelo centro da cidade com sugestões de locais onde saciar os #sugarcravings, fazer uma pausa a meio da tarde e ter um sono reparador.

Ler mais

Roteiro 25. 6. 2018

Vou ali e já volto: um getaway 100% nacional

Seja para um fim de semana ou para uma estadia mais prolongada, reunimos os locais - de norte a sul de Portugal - que não deve deixar de visitar nesta estação quente.

Ler mais

Roteiro 2. 5. 2018

Roteiro: Dia da Mãe

Com o primeiro domingo de maio quase à porta, reunimos uma lista de alternativas para contornar os típicos presentes do Dia da Mãe.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK