Artigo Anterior

Dear Natalie

Próximo Artigo

Sound check: o que se ouve por aí

Tendências 14. 6. 2018

Je suis Louis Garrel

by Ana Carvas

 

Todos os dias são bons para celebrar o menino prodígio do cinema francês.

©Movie stills. D.R.

Filho do reconhecido realizador Philippe Garrel, Louis estreou-se no mundo do cinema como ator, em 1989, mas não tardou a seguir as pisadas do pai pela estrada da realização. Em 2008 apresentou a sua primeira curta-metragen, Mes Copains, e em 2015 o seu primeiro filme, Os Dois Amigos, no qual foi protagonista ao lado de Golshifteh Farahanie Vincent Macaigne. Hoje, amar o cinema francês é amar Louis Garrel.

O seu charme incansável e je ne sais quoi tão tipicamente francês são duas das características que nos fazem acreditar que uma religião em seu nome deveria existir (e acredite, provavelmente moveria milhares). Dos trios amorosos em Os Sonhadores e As Canções de Amor à relação conturbada com a progenitora (Isabelle Huppert) em Minha Mãe, estes são os dez filmes com o ator francês que não deve mesmo deixar de ver.  

Artigos Relacionados

Tendências 8. 6. 2018

Dear Natalie

Elogiamos as performances de Natalie Portman no grande ecrã com 10 das suas personagens mais carismáticas e memoráveis.

Ler mais

Curiosidades 9. 4. 2018

10 Reasons why

Cinco gifs que provam que Kristen Stewart tem a melhor 'resting bitch face'. De sempre. Mas não é só por isso que a adoramos, há mais 5 razões que provavelmente desconhece.

Ler mais

Tendências 30. 8. 2017

7 Filmes obrigatórios do Festival Internacional de Cinema de Veneza 2017

Darren Aronofsky, Jennifer Lawrence, George Clooney, Guillermo del Toro e Abdellatif Kechiche vão estar em destaque na Biennale.

Ler mais

Tendências 7. 6. 2017

Cabelos ao vento

Em homenagem aos looks mais icónicos do cinema, percorremos os filmes onde o cabelo é co-protagonista.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK