Artigo Anterior

Blushing Bride

Próximo Artigo

Lição de estilo: Tracee Ellis Ross

Pessoas 29. 10. 2018

Winona Forever: os 90’s no estilo único da estrela de Hollywood

by Ellen Burney

 

É a madrinha do grunge em Hollywood e musa de Marc Jacobs. Em homenagem à estrela de Stranger Things, Winona Ryder, a Vogue reuniu o melhor do seu guarda-roupa dos anos 90, dos slip dresses aos jeans e fan-girl t-shirts.

©GettyImages

Em bandanas e calças cor de biscoito, mules e fatos em tom cacau, a atriz duas vezes nomeada para um Óscar da Academia é indiscutivelmente a madrinha do grunge dos anos 90 - com um allure tão irresistível que a própria Audrey Hepburn enviou à então adolescente roupa em segunda mão, incluindo um par de luvas em seda que Winona mais tarde ofereceu a Tavi Gevinson.

Assim que o auge dos anos 80 chegava ao fim - e a recém-chegada à indústria estava a dar que falar nos filmes Beetlejuice e Heathers, de 1988 - Ryder chegava às red carpets com uns sapatos rasos gastos, jeans azuis e um chapéu de baseball, ou então elevava o visual com um aglomerado de chokers em corda preta, pequenos cardigans, casacos em veludo, vestidos com alças spaghetti e muitas peças pretas em pele. 

Papéis assombrados - do Bram Stoker’s Dracula de 1992 ao The Crucible de Nicholas Hytner, quatro anos mais tarde - encaixavam na perfeição com o look rainha gótica de Winona fora do grande ecrã, que vestia com frequência preto da cabeça aos pés, batom vermelho-vinho e um crucifixo. Também as suas roupas em Reality Bites de 1994 e Girl, Interrupted, de 1999 - slip dresses, casacos oversized, botas desgastadas e biker jackets - combinavam com o seu estilo do dia-a-dia. Fatos não estruturados combinados com meias brancas e sapatos brogues, t-shirts de bandas (The Clash, Leonard Cohen, Tom Waits) e os clássicos Levi’s 501 de cintura subida, tornaram-se parte do seu estilo de culto.

Na passadeira vermelha, juntou o seu repertório de casacos - com pelo no colarinho, em veludo ou em pele - a vestidos com decote redondo por baixo. E se sucumbiu a uma silhueta delicada, fê-lo sempre com sofisticação - por exemplo, o vestido ao estilo dos anos 50 coberto de renda preta que usou num festival de cinema, em 1996.

“Ela tem o glamour que se perdeu hoje em dia, que foi esmagado pelo Instagram e pelo TMZ”, disse o guionista de Heathers ao The New York Times, em 2016. "Ela inspira um certo amor de culto que não vejo outras inspirarem”. 

Como diria a sua personagem Veronica, em Heathers: “How very”.

Artigos Relacionados

Tendências 19. 9. 2018

Pixie Chicks

Existe algo mais cool do que um corte pixie, que segue a velha máxima de short hair, don't care, num manifesto entre rebeldia e elegância? A resposta é sim, e está traduzida em 25 cortes pixie, da eterna Twiggy à it girl Zoë Kravitz.

Ler mais

Tendências 27. 8. 2018

Street fight: calções vs minissaias

Chegaram às ruas para dominar o estilo de verão. Neste duelo de titãs, escolha o que escolher, a única regra que se aplica ao must-have da estação é ser em denim.

Ler mais

Compras 2. 8. 2018

That’s so 90's

Assim que as temperaturas aumentam, a pergunta “o que vestir?” surge com mais frequência. A slip skirt pode ser a solução ideal.

Ler mais

Tendências 31. 7. 2018

No shade

Sejam cat eye, redondos ou quadrados, o único mote que os óculos de sol da estação quente seguem é quanto mais pequeno, melhor.

Ler mais

Notícias 30. 7. 2018

Um regresso à infância

A Hello Kitty voltou a juntar-se à Asos para uma coleção que nos faz mergulhar, uma vez mais, na nostalgia da infância.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK