Atualidade   Curiosidades  

Virgil Abloh: uma breve história da sua ascensão meteórica

29 Nov 2021
By Steff Yotka

Virgil Abloh morreu a 28 de novembro de 2021, após uma batalha privada com o angiosarcoma cardíaco, uma forma rara de cancro. Tinha 41 anos. O fundador da Off-White e diretor artístico das linhas masculinas da Louis Vuitton foi recentemente visto em Doha, no Qatar, na abertura da sua exposição Figures of Speech.

Virgil Abloh morreu a 28 de novembro de 2021, após uma batalha privada com o angiosarcoma cardíaco, uma forma rara de cancro. Tinha 41 anos. O fundador da Off-White e diretor artístico das linhas masculinas da Louis Vuitton foi recentemente visto em Doha, no Qatar, na abertura da sua exposição Figures of Speech.

© Getty Images
© Getty Images

"Estou a tentar fazer com que esta nova geração de designers se torne na novas estrelas rock”, escreveu Virgil Abloh no blogue The Brilliance em 2007. Fast-forward: uma década depois Virgil Abloh foi isso mesmo. O designer norte-americano passou de ser um miúdo de Chicago obcecado com Moda, arte, design e cultura para ser diretor artístico das linhas masculinas da Louis Vuitton.

Do estágio na Fendi à colaboração com Kanye West, passando pela fundação da Off-White, em jeito de homenagem recordamos a trajetória de Virgil Abloh, o homem que transformou a maneira como os homens, hoje em dia, se vestem.

1980

Virgil Abloh nasceu a 30 de setembro perto de Chicago. Abloh e a sua irmã foram criados em Rockford, por pais imigrantes, originários do Gana. Frequentou o Boylan Catholic High School e formou-se em 1998. A mãe era costureira e ensinou-lhe os truques do seu ofício.

2002

Abloh conclui a sua licenciatura em engenharia civil na Universidade de Wisconsin-Madison. (Em 2015, voltaria a desenhar t-shirts comemorativas para a universidade). Há rumores de que no dia da sua formatura, ele não compareceu à sua crítica final para se reunir com o então manager de Kanye West, John Monopoly. West e Abloh começam oficialmente a trabalhar juntos pouco depois.

2006

Abloh completa o seu mestrado em arquitetura no Instituto de Tecnologia de Illinois. Durante o seu tempo no IIT, é concluído um edifício Rem Koolhaas, que Abloh diz ter "despertado o meu interesse e abriu a minha porta para a Moda".

2009

Abloh e West tornam-se estagiários na Fendi, em Roma. O CEO da Louis Vuitton Michael Burke disse ao The New York Times: "Fiquei realmente impressionado com a forma como [Abloh e West] trouxeram uma nova vibração ao estúdio, foi perturbador da melhor maneira. Virgil pôde criar uma metáfora e um novo vocabulário para descrever algo tão antiquado como a Fendi. Tenho vindo a seguir a sua carreira desde então”.

2009

Abloh e West, juntamente com uma equipa de amigos famosos, tomam conta da cidade de Paris durante a Semana de Moda. São fotografados por Tommy Ton para o Style.com fora do desfile da Comme des Garçons, no que se torna uma foto icónica. Abloh disse à revista W: "Éramos uma geração que se interessava por Moda e não era suposto estarmos lá. Vimos isto como a nossa oportunidade de participar e de fazer cultura. De muitas maneiras, parecia que estávamos a trazer mais excitação do que a indústria”.

2010

Abloh assume oficialmente o papel de diretor criativo na Donda, a agência criativa de Kanye West.

2011

Abloh é o responsável pela arte do álbum Watch the Throne, de Jay-Z e West, um feito que lhe rendeu uma nomeação para os Grammys. A capa do álbum foi concebida por Riccardo Tisci, então diretor criativo da Givenchy, um papel para o qual se ruminava que Abloh estaria pronto após a partida de Tisci em 2017.

2012

Abloh lança a sua primeira marca, Pyrex Vision, em Nova Iorque. Comprou camisas de flanela da Ralph Lauren por 40 dólares cada, e imprimiu-as com a palavra Pyrex e o número 23, uma homenagem ao seu herói de infância, Michael Jordan. Venderam-se por 550 dólares cada uma.

2013

Abloh fecha a Pyrex e funda a Off-White, um esforço criativo multiplataforma baseado em Milão. O seu principal meio é Moda. Na Off-White, combina ideias de streetwear, luxo, arte, música e viagens, definindo a marca simplesmente como, "a zona cinzenta entre o preto e o branco como a cor Off-White". As aspas que pairam sobre a marca tornaram-se a assinatura de Abloh.

2014

Abloh lança roupa feminina para a Off-White e começa a mostrar as suas colecções de homem e mulher durante a Semana da Moda de Paris.

2015

A linha feminina de Abloh ganha grande projeção quando a Beyoncé vestiu uma camisola com a palavra Nebraska, uma homenagem à coleção Virginia Creepers, de Raf Simons, outono/inverno 2002, no vídeo de Feeling Myself, com Nicki Minaj. Nesse mesmo ano, a Off-White é nomeada como finalista para o Prémio LVMH. Perde o grande prémio para o Marques’Almeida e Jacquemus, respetivamente. 

2016

Abloh abre a sua primeira loja conceptual na área de Aoyama, em Tóquio. A loja dispõe de um bebedouro com copos da marca Off-White que os visitantes levam de graça e revendem no mercado secundário.

Abloh inaugura a sua coleção de mobiliário na Grey Area em Milão, o seu primeiro empreendimento de mobiliário sob a marca Off-White. Apresenta cadeiras, bancos e mesas com almofadas em pele e tampos em mármore. 

2017

Mesmo com o anúncio de uma exposição colaborativa com a abertura de Takashi Murakami em Gagosian; o lançamento da sua primeira música; a abertura da sua loja em Nova Iorque; o British Fashion Award para Urban Luxe Brand; e colaborações com Warby Parker, Jacob the Jeweler, e Jimmy Choo, a maior notícia para a Abloh em 2017 é The Ten, a sua parceria de ténis com a Nike. A Abloh recria 10 das silhuetas icónicas da Nike num estilo de trabalho em progresso, cada uma adornada com uma etiqueta de segurança à volta dos atacadores. O lançamento limitado deixa o mercado de ténis faminto por mais, e a Abloh fala em talks e workshops com a Nike e lançamentos adicionais ao longo do ano.

2018

Abloh é nomeado diretor artístico das coleções de roupa masculina da Louis Vuitton, entrando no papel deixado vago pelo seu amigo e mentor Kim Jones. "É uma honra para mim aceitar este cargo. Considero a herança e a integridade criativa da casa como inspirações-chave e procurarei referi-las a ambas, enquanto traço paralelos aos tempos modernos", disse numa declaração.

Neste verão, atou como DJ no Lollapalooza.

2019

As obras de Virgil Alboh são objeto de uma exposição no Museum of Contemporary Art em Chicago, e a sua colaboração com a Ikea foi divulgada através das lojas internacionais da marca.

 Steff Yotka By Steff Yotka

Relacionados


Atualidade  

Morreu Claude Montana, icónico designer dos anos 80

23 Feb 2024

Curiosidades   Atualidade  

Cisnes entre patos

23 Feb 2024

Moda   Street Style  

LFW | Models Off-Duty

23 Feb 2024

Beleza  

LFW outono/inverno 2024 | A beleza nos backstages

22 Feb 2024