Artigo Anterior

Let’s get physical: oito apps para treinar em casa

Próximo Artigo

Como controlar a utilização das redes sociais em tempos de isolamento

Tendências 6. 4. 2020

Villanelle, a personagem com mais estilo da televisão

by Rui Matos

 

Vestidos Molly Goddard, blazers Chloé, camisas Isabel Marant, brincos Christian Lacroix, botas Balenciaga. E isto é só uma ínfima parte do guarda-roupa de Villanelle, a co-protagonista de Killing Eve, interpretada por Jodie Comer. 

Villanelle é uma assassina fria e imprudente, características que disfarça com a sua aparência doce e inocente. Vive sem qualquer conduta moral. Consegue ser adorável, engraçada, assustadora, vulnerável, impenetrável, Villanelle é aquilo que lhe pedem para ser. Mas, o seu lado impulsivo é a grande luta interior que tenta travar. Foi assim que ficamos a conhecer esta personagem, interpretada pela atriz britânica Jodie Comer, em abril de 2018.

Não foram precisos muitos episódios para nos rendermos a esta história e também não foram precisas muitas cenas para percebermos que Villanelle tem o guarda-roupa mais desejado da televisão, na atualidade. Arriscamos a dizer: foi só preciso o vestido cor-de-rosa Molly Goddard aparecer - no segundo episódio da primeira temporada. A Molly Goddard seguiram-se momentos de estilo protagonizados por Alexander McQudeen, J.W. Anderson, Chloé, Burberry, Balenciaga, Christian Lacroix e Dries Van Noten. 

Com a terceira temporada de Killing Eve a estrear no próximo dia 13 de abril (em Portugal a série é transmitida na HBO), reunimos alguns dos momentos de estilo mais marcantes dos dois primeiros capítulos desta história.

A Alta-Costura

© D.R.

Dramatismo. Esta é a melhor maneira de definir Villanelle. Como tal, os coordenados que usa vão ao encontro da energia da sua personagem e da cena em que está inserida. No episódio cinco da segunda temporada, Villanelle usa um longo vestido preto que grita drama por cada costura. E ecoa dramatismo assim que percebemos o que é que vai acontecer. A criação que está a usar é um vestido Alta-Costura da Alexander McQueen de 2012, que pertence às primeiras coleções que Sarah Burton idealizou para a marca britânica. Numa entrevista, Charlotte Mitchell, costume designer na segunda temporada da série, afirmou que este era o seu coordenado preferido e que o encontrou num site de leilões. Mas há mais, debaixo desta raridade estão um par de botas Chanel.

A alfaiataria

Blazer, Chloé. Camisa, Isabel Marant

Há muito que o power suit faz parte do guarda-roupa de qualquer mulher e Villanelle não é exceção. No armário desta assassina cabem tailleurs Dries Van Noten, blazers Chloé e Loewe, camisas Isabel Marant e Saint Laurent e calças de fato Isabel Marant e Peter Pilotto.

Villanelle com um fato Dries Van Noten.

Uma segunda pele

Camisa em pele, JW Anderson.

Se para combinar com os blazers, a seda é a escolha principal, quando se trata de usar uma camisa sem qualquer sobreposição, Villanelle escolhe a pele. Não há nada mais dramático do que uma camisa em pele com os colarinhos bem subidos (J.W. Anderson) ou com uns ombros estruturados (Ellery Breuer). 

Para os dias de folga

Robe em seda, Olivia Von Halle.

Toda a gente precisa de descansar. Há quem opte por fazê-lo com um fato de treino, Villanelle opta por um vestido Miu Miu enquanto come um gelado pelas ruas de Paris. Mas se for para ficar por casa, a história é outra e não envolve um pijama encardido, mas sim um robe em seda Olivia Von Halle. 

Os acessórios

Brincos, Christian Lacroix.

Com um guarda-roupa como este, os acessórios não ficam de parte. Há brincos Christian Lacroix, cintos Gucci e óculos de sol H&M, o cruzamento perfeito entre a high e a fast fashion.

Os casacos

d

Casaco em cetim, Jason Wu. 

Trench-coat Burberry e outro em segunda mão da Prada, um casaco assimétrico Alexander McQueen, um bomber florido 3.1 Phillip Lim e outro em verde khaki Dries Van Noten, um casaco verde em cetim Jason Wu e um casaco de pelo cor-de-rosa Armani. Depois disto não precisamos de dizer muito mais, pois não?

Os sapatos

Vestido, Burberry. Botas, Dr. Martens.

De slippers Altuzarra às emblemáticas botas Dr. Martens, das botas Maje Ranger às Balenciaga, o calçado não destoa do resto dos coordenados. E como todos os seres humanos, Villanelle também erra e esta nossa #stylecrush usou um par de crocs, mas em sua defesa, num momento de vida ou morte, o que vem à rede é peixe. 

Artigos Relacionados

Pessoas 31. 3. 2020

As sete musas do teletrabalho

De Meryl Streep, em She-Devil, a Angelina Jolie, em A Mighty Heart, reunimos as estrelas de cinema e da televisão que trabalham em casa, mas sempre com estilo.

Ler mais

Entrevistas 14. 1. 2020

Tanya Reynolds e Patricia Allison falam sobre a segunda temporada de Sex Education

A Vogue conversou com as atrizes Tanya Reynolds e Patricia Allison sobre a segunda temporada da série, a evolução das suas personagens e os seus momentos favoritos de Sex Education.

Ler mais

Entrevistas 4. 10. 2019

Entrámos no guarda-roupa de The Politician, a nova série de Ryan Murphy

Políticas questionáveis, mortes e desaparecimentos misteriosos e um rol de emoções à flor da pele. É assim The Politician. A Vogue conversou com Claire Parkinson, responsável pelo guarda-roupa, sobre o processo de vestir as personagens e os maiores desafios do mesmo.

Ler mais

Notícias 18. 7. 2019

12 gifs de Gossip Girl que retratam o nosso dia-a-dia

Hey Upper East Siders, Gossip Girl here.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK