Atualidade   Entrevistas  

Taron Egerton explica como se transformou em Elton John

21 May 2019
By Radhika Seth

Com a estreia de Rocketman agendada para o próximo dia 30 de maio nas salas de cinema portuguesas, Taron Egerton contou-nos como é que se preparou para interpretar Elton John e ainda qual foi a peça de roupa do filme que pôde guardar.

Com a estreia de Rocketman agendada para o próximo dia 30 de maio nas salas de cinema portuguesas, Taron Egerton contou-nos como é que se preparou para interpretar Elton John e ainda qual foi a peça de roupa do filme que pôde guardar. 

© Charlie Gray 

Taron Egerton está destinado à grandeza. O protagonista de Robin Hood, Eddie the Eagle e The Kingsman, é agora Elton John - o papel de uma vida - em Rocketman, o tão esperado filme musical que retrata a vida da figura emblemática do pop. Depois de, em Cannes, ter pisado a passadeira vermelha ao lado do próprio Elton John, a propósito da estreia do filme no festival de cinema francês, o ator britânico de 29 anos esteve à conversa com a Vogue.

Sobre a maneira como os figurinos de Rocketman o ajudaram a interpretar Elton John

“Quando vi pela primeira vez o guarda-roupa do filme, aquilo que imediatamente pensei foi no quão poderoso tudo aquilo era. Não só as roupas me faziam mais alto e imponente, como eram intensamente expressivas. A paleta de cores, a loucura e a extravagância, tudo isto faz com que te sintas pronto para dominar o mundo. Quando estás a atuar, as roupas assumem a função de armaduras. Fazem-te pavonear de uma forma tão especial que te sentes invencível. Acho que a roupa é, em grande parte, a razão pela qual o Elton desenvolveu este sentido estético tão único."

Sobre os detalhes a ter em atenção

"O Rocketman começa e acaba com o Elton a ir para a reabilitação. Na nossa história, isso acontece quando falha um concerto na Madison Square Garden, em Nova Iorque, ou seja, o Elton dá entrada na reabilitação com um figurino desenhado, especificamente, para a grande entrada em palco. É um coordenado laranja em neopreno coberto com cristais Swarovski, com dois chifres, asas adornadas com penas e umas plataformas muito altas. Foi muito inteligente aquilo que o Julian Day, o designer responsável pelo guarda-roupa, conseguiu fazer porque nos mostra esta dualidade entre o diabólico e o angelical. É uma metáfora para a luta entre a luz e a escuridão, a luta entre o homem com vícios e o homem que se quer encontrar. A cereja no topo do bolo, foi quando o próprio Elton John me deu um brinco de diamantes há um ano, que foi o primeiro que ele comprou para ele próprio no início dos anos 70. Foi um presente para mim e eu perguntei ao Julian se ele se importaria que eu o usasse naquela cena. Ele concordou e está no filme."

Sobre as lições de estilo que aprendeu com Elton John

"Para o Elton, nada é em demasia. É tudo uma questão de autoconfiança e de deixar que a tua personalidade brilhe. O que ele usa é uma celebração de cor, textura e brilho. Quanto mais o tempo passa, menos limitados estamos em relação às ideias tradicionais de masculinidade e feminilidade. O Elton percebeu isso décadas antes que o resto do mundo."

Sobre a peça de roupa que vai guardar

"Há um blusão em ganga que usei na sequência de Tiny Dancer, que aconteceu no início dos anos 70. Está coberto com retalhos, é muito rock'n'roll, muito típico daquela década, mas também resulta muito bem nos dias de hoje, por isso, sinto que o posso usar no dia a dia. Nos últimos meses fiz campanha para conseguir ficar com ele, e recentemente o Julian enviou-me um email a dizer que o vou receber na próxima semana! Juro que antes desta press tour acabar o vou usar."

Radhika Seth By Radhika Seth

Relacionados


Casamentos  

O casamento alentejano de Isabela Valadeiro e Carlos Ferra

23 Jul 2024

Moda  

Open Call | Unapologetic

23 Jul 2024

Palavra da Vogue  

O que lhe reservam os astros para a semana de 23 a 29 de julho

23 Jul 2024

Notícias  

Peter Hawkings deixa a Tom Ford

22 Jul 2024