Artigo Anterior

Portugal Fashion: outono/inverno 2022 | Os desfiles do terceiro dia

Coleções 21. 3. 2022

Portugal Fashion: outono/inverno 2022 | Os desfiles do quarto dia

by Vogue Portugal

 

Alexandra Moura, Diogo Miranda, Luís Onofre e todos os nomes que fecharam mais uma edição do Portugal Fashion. 

© Portugal Fashion

Diogo Miranda

Para comemorar o 15º aniversário da sua marca homónima, Diogo Miranda transportou-nos até ao Ateneu Comercial do Porto e aí apresentou a sua coleção de outono/inverno 2022. A inspiração para os seus coordenados pode ser encontrada no romantismo dos anos 70, cujas cores vibrantes foram apresentadas em harmonia com silhuetas sofisticadas, numa homenagem à mulher moderna multifacetada. Com estas peças, Diogo Miranda pretendia encorajar a confiança, e fê-lo criando tanto vestidos esvoaçantes como fatos poderosos que representam os valores da sua marca.

Os destaques: anos 70, feminilidade, paleta de cores variada, vestidos longos, fatos, luvas. 

Nuno Miguel Ramos

As propostas de Nuno Miguel Ramos para a estação fria de 2022 foram inspiradas por um dos nomes mais sonantes do panorama da Moda presente. Julia Fox é a musa desta coleção, intitulada JF, em que a sensualidade é uma das características mais presentes. Vestidos pretos, repletos de brilhantes, são complementados pelos mais variados acessórios em pelo - desde as luvas ao casacos, passando por sandálias e, até, por um par de óculos - revelando silhuetas esguias e formas arrojadas. Desta forma, só fazia sentido que fossem adotadas tendências como as transparências e os cut-outs, que combinaram na perfeição com a temática escolhida.

Os destaques: preto, sensualidade, pelo, transparências, cut-outs, silhuetas reveladoras.

Hugo Costa

Azul, vermelho e preto. Com estas três cores se pintou uma grande parte da coleção de Hugo Costa para o outono/inverno 2022, uma coleção que apresentou propostas de menswear e womenswear. As formas combinaram elementos de streetwear com linhas minimalistas, apostando numa desconstrução de peças e sobreposição de camadas, para dar origem a conjuntos, à primeira vista, simples, mas com uma grande complexidade subentendida. Na sua maioria sóbria, a paleta de cores foi ainda acompanhada por peças em denim e um padrão axadrezado subtil.

Os destaques: streetwear, azul, vermelho, preto, denim, fatos desconstruídos. 

Alexandra Moura

O conceito de lar pode ter um significado diferente para todos nós, mas, para Alexandra Moura, esse significado está exposto na sua coleção para a estação fria de 2022. Lar Doce Lar é uma ode à segurança e ao conforto, com elementos que fazem referência aos vários têxteis que se encontram presentes numa casa. Cortinados, mantas ou tapetes veem os seus padrões transparecer em malas, calças, camisolas, e tantas outras peças que se conjugam de forma extravagante. Os logos foram também um dos outros pontos de destaque da coleção, principalmente em camisolas e casacos de malha.

Os destaques: conforto, streetwear, malhas, padrões diversificados, logos, fatos subvertidos. 

Luís Onofre

As botas são o calçado de destaque da coleção de Luís Onofre para o outono/inverno 2022. Com Kafe, o designer português apostou em formas diversificadas que permitem acompanhar o seu utilizador ao longo das várias fases da sua vida. Botas de cano alto com padrões extravagantes desfilaram ao lado de sandálias elegantes de salto fino, deixando ainda espaço para pops de cor entre rosas, azuis e verdes. Luís Onofre terminou a sua apresentação exibindo umas sandálias com uma pomba branca, numa alusão à necessidade de paz na Europa.

Os destaques: botas de cano alto, saltos finos, botas cowboy, pontas bicudas, botas com atacadores. 

Alves & Gonçalves

Foi com a extravagância de Alves & Gonçalves que se fechou esta edição de outono/inverno 2022 do Portugal Fashion. Uma extravagância que se viu exposta em coordenados aparentemente clássicos, mas com pormenores de padrões, cores e texturas que os transformaram em peças avant-garde. Ainda que o preto tenha dominado uma grande parte do desfile, este foi complementado por tons vivos de rosas, vermelhos e amarelos, ora em tons sólidos, ora em padrões abstratos e geométricos. As proporções exageradas de peças desconstruídas marcaram os coordenados finais.

Os destaques: extravagância, sportswear, proporções exageradas, preto, pelo falso, padrões. 

Todas as fotos são da autoria do Portugal Fashion.

Artigos Relacionados

Coleções 21. 3. 2022

Portugal Fashion: outono/inverno 2022 | Os desfiles do terceiro dia

Miguel Vieira, Pé de Chumbo, o regresso de Pedro Pedro e muito mais.

Ler mais

Coleções 21. 3. 2022

Portugal Fashion: outono/inverno 2022 | Os desfiles do primeiro e segundo dia

Katty Xiomara, David Catalán e os novos talentos desta plataforma de Moda portuguesa.

Ler mais

Notícias 17. 3. 2022

Tudo o que precisa de saber sobre a Semana de Moda de Madrid

A Vogue Portugal foi à capital espanhola conhecer as novidades para o outono/inverno 2022.

Ler mais

Notícias 16. 3. 2022

Inês Manuel Baptista e Maria Carlos Baptista: A nova promessa da Moda portuguesa

Inês venceu o Sangue Novo, Maria venceu o Bloom. E agora unem forças numa coleção conjunta.

Ler mais

Coleções 15. 3. 2022

ModaLisboa: outono/inverno 2022 | Todos os desfiles do quarto dia

Constança Entrudo, Gonçalo Peixoto, Dino Alves, e todos os talentos que fecharam a Semana de Moda de Lisboa.

Ler mais

Coleções 14. 3. 2022

ModaLisboa: outono/inverno 2022 | Todos os desfiles do terceiro dia

Luís Buchinho, Buzina, Hibu e muito mais do melhor que a Moda portuguesa tem para oferecer.

Ler mais