Moda   Notícias  

Paris Fashion Week: as setes marcas com nomes para decorar

07 Oct 2021
By Mariana Silva

São as grandes casas de Moda que dominam as passerelles parisienses, mas há uma nova geração de designers que ainda vai dar muito que falar.

São as grandes casas de Moda que dominam as passerelles parisienses, mas há uma nova geração de designers que ainda vai dar muito que falar. 

A capital francesa representa uma das paragens mais icónicas no roteiro das semanas de Moda internacionais. Por isso, era impossível não marcar a edição de primavera/verão 2022 com uma referência aos nomes que estão a traçar o futuro da fashion week parisiense.  

Patou

Talvez possa parecer estranho incluir uma maison com uma história imensa numa lista sobre novas promessas, mas a verdade é que Patou teve direito ao seu recomeço em 2018. A marca homónima criada em 1914 por Jean Patou, perdeu recentemente o “Jean”, mas ganhou o Guillaume (Guillaume Henry, o novo diretor criativo), num rebranding com assinatura LVMH. Patou estreou a sua primeira coleção na Paris Fashion Week de setembro de 2019, tendo revisitado alguns dos clássicos do seu fundador, que vieram agora abraçar as tendências contemporâneas. As propostas para a estação quente de 2022 retiram inspiração do streetwear, com formas baggy, logos gráficos e até detalhes femininos em tamanhos exagerados. 

 

Kenneth Ize

As passerelles são francesas, mas as inspirações chegam diretamente da vivacidade das ruas nigerianas. Kenneth Ize traz a sua cultura até ao coração da Moda, em coleções que homenageiam técnicas artesanais e materiais de verdadeira qualidade. Porque, para Ize, este é o verdadeiro significado de ser uma marca de luxo. A apresentação de primavera/verão de 2022 misturou com nota máxima uma variada paleta de cores e padrões, trazendo vivacidade e uma estética refrescada aos designs simples e fluídos.  

  

Di Petsa 

Dimitri Petsa pode ter iniciado a sua marca apenas em 2019, mas o seu wet look já deu muito que falar. Inspirado pelo mundo artístico da Grécia Antiga, Di Petsa desenha e constrói as suas peças para abraçarem o corpo de quem as veste, da mesma maneira como as estátuas gregas foram detalhadamente esculpidas na Antiguidade. As suas coleções pretendem desconstruir os estereótipos em redor da sexualidade feminina, fazendo uso recorrente de materiais transparentes e silhuetas reveladoras. Na Semana da Moda de Paris, a marca grega proporcionou uma apresentação digital intitulada “NOSTOS” que veio reafirmar a sua posição inovadora na indústria. 

  

Auralee 

Nem todas as marcas necessitam do fator choque para chamar à atenção entre as grandes maisons nos calendários das semanas de Moda. Há designers que se destacam pela simplicidade, pela qualidade dos materiais e pela coerência das suas peças. E, para nós, Auralee cumpre todos esses requisitos. Para a primavera/verão de 2022, a marca, com direção criativa de Ryota Iwai, apostou nos tons neutros e pastel, nas linhas simples, nas formas oversize e na excelência dos tecidos de origem japonesa. 

 

Ujoh

Mitsuru Nishizaki trabalhou para Yohji Yamamoto durante sete anos, mas, em 2009, seguiu o seu próprio rumo ao criar a marca que hoje conhecemos como Ujoh. O caráter minimalista desta marca japonesa é transversal a todas as suas coleções, procurando deixar brilhar a exatidão das silhuetas e a qualidade dos materiais. Nesta edição da Semana da Moda de Paris, Ujoh apresentou as suas propostas para a estação quente num cenário idílico rodeado de Natureza, onde as peças se destacaram pelos cortes inovadores e padrões abstratos.

 

Weinsanto 

Volume, volume e mais volume. As coleções de Weinsanto, assinadas pela direção criativa de Victor Weinsanto, destacam-se sempre pela sua grandiosidade e tal não foi exceção na presente edição da Paris Fashion Week. Segundo o designer, as suas peças misturam inspirações de cabaret, camp e ideais retro futurísticos, nesta coleção pautadas pelo contraste entre a escuridão do preto e a vivacidade de cor-de-rosa. Mas, na verdade, não há nada como observar os designs de Weinsanto para descobrir a razão pela qual esta é uma marca com um futuro muito promissor. 

 

Ester Manas 

“Size (doesn’t) matter” é a frase com que Ester Manas se apresenta. A designer, criadora da marca com o mesmo nome, centra-se em desenhar peças para todos os tamanhos, trazendo as tendências do contemporâneo para um mercado mais inclusivo. Para a primavera/verão de 2022, Ester Manas focou os cut-outs, as transparências e os detalhes em fio, criando uma coleção que se estreou no calendário físico da Semana da Moda de Paris. “Dress Different” pode ser a primeira, mas de certeza que não será a última apresentação da marca. 

 

Mariana Silva By Mariana Silva

Relacionados


Lifestyle   Tendências  

Onde está o queer nos contos de fadas?

22 Jun 2024

Moda  

Open Call | Hide and Seek

21 Jun 2024

Atualidade   Curiosidades  

Junho, o mês do orgulho

21 Jun 2024

Moda   Compras   Tendências  

Trend Alert | Deep V

20 Jun 2024