Lifestyle   Notícias  

Óscares: os nomeados (e as apostas da Vogue)

02 Feb 2023
By Ana Murcho

A lista dos candidatos aos Óscares foi anunciada no final de janeiro. No meio de alguma polémica, tanto pelas ausências surpreendentes como pela presença de concorrentes inesperados, público e crítica têm comentado os nomes escolhidos pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. A Vogue não quis ficar de fora deste debate e também já tem os seus preferidos.

A lista dos candidatos aos Óscares foi anunciada no final de janeiro. No meio de alguma polémica, tanto pelas ausências surpreendentes como pela presença de concorrentes inesperados, público e crítica têm comentado os nomes escolhidos pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. A Vogue não quis ficar de fora deste debate e também já tem os seus preferidos. 

Primeiro que tudo, os factos: não há mulheres numa das categorias mais relevantes, a de Best Director, um hábito antigo que, de vez em quando, é quebrado com uma ou outra nomeação que, muito de vez em quando, lá resulta num Óscar com perfume feminino – nem de propósito, aconteceu o ano passado, quando Jane Campion ganhou por The Power of the Dog, e no ano anterior, quando Chloé Zhao venceu com Nomadland. Este ano, nada. Nem mesmo Sarah Polley, realizadora de Women Talking (na corrida por Melhor Filme), nem mesmo Charlotte Wells, a mentora de Aftersun (que vê Paul Mescal concorrer a Melhor Ator), nem mesmo Gina Prince-Bythewood (The Woman King) ou Maria Schrader (She Said), dois títulos que geravam alguma expectativa e que foram completamente ignorados pela Academia.

Depois, tudo o resto: onde está Paul Dano, maravilhoso em The Fabelmans (ou, como escrevia um jornalista da Vanity Fair, “previ que isto podia acontecer, mas ainda é uma surpresa tendo em conta a forma como os ventos sopram”), que foi esnobado a favor do seu colega Judd Hirsch, que aparece cinco segundos no filme? O que aconteceu a Babylon, um dos melhores relatos de Hollywood que Hollywood nos trouxe nos últimos anos, e que desapareceu das categorias principais? Porque é que All Quiet on the Western Front tem tantaaaaaaas nomeações? Ninguém viu Decision to Leave, que deu a Park Chan-wook a Palma de Ouro de Melhor Realizador em Cannes? Onde estão Jordan Peele (Nope) e Viola Davis (The Woman King), cujas prestações mereciam, se não o galardão, pelo menos uma nomeação?

As respostas a estas perguntas estão guardadas a sete chaves pelos membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, que todos os anos deixa muitos cinéfilos descontentes com as suas escolhas. É certo que haverá sempre quem fique insatisfeito, mas em 2023 as coisas tomaram proporções dantescas: veja- se o caso de Andrea Riseborough, candidata a Melhor Atriz pelo seu papel em To Leslie. Nos últimos dias decorreu uma campanha para que a sua nomeação fosse revogada – a Academia já anunciou que não o fará – por, aparentemente, esta ter sido conseguida com base em táticas agressivas e antiéticas. As manifestações contra Riseborough tiveram, para já, dois efeitos óbvios: aumentaram a curiosidade relativamente a To Leslie, que tinha, até agora, passado relativamente despercebido nas salas de cinema, e criar uma (mini) onda de solidariedade para com a atriz, que parece estar totalmente alheia a todo este ruído.

Dramas à parte, há motivos para celebrar – na língua de Camões. Pela primeira vez há um filme português na lista da Academia. Trata-se de Ice Merchands, do realizador João Gonzalez, que concorre na categoria de Melhor Curta Metragem de Animação. A curta, de 14 minutos, teve estreia mundial em maio de 2022 na Semana da Crítica, no Festival de Cinema de Cannes, onde recebeu um prémio do júri. A partir de então já esteve em mais de cem festivais de cinema em todo o mundo, onde venceu vários prémios. No nosso país estreia a 16 de fevereiro e, de acordo com uma nota da distribuidora, o preço será “mais acessível” do que o habitual. Que a obra de Gonzalez é uma das escolhas da Vogue nem se discute, já para chegar a consenso sobre as nossas outras apostas foi preciso algumas horas de discussão. Nem podia ser de outra maneira. Tal como a lista dos nomeados, a lista dos “nomeados preferidos” é sempre agridoce…

 

MELHOR FILME

All Quiet on the Western FrontAvatar: The Way of WaterThe Banshees of InisherinElvisEverything Everywhere All at OnceThe FabelmansTÁRTop Gun: MaverickTriangle of SadnessWomen Talking  

MELHOR REALIZADOR

Martin McDonagh, The Banshees of InisherinThe Daniels, Everything Everywhere All at OnceSteven Spielberg, The FabelmansTodd Field, TÁRRuben Östlund, Triangle of Sadness

MELHOR ATOR

Austin Butler, ElvisColin Farrell, The Banshees of InisherinBrendan Fraser, The WhalePaul Mescal, AftersunBill Nighy, Living

MELHOR ATRIZ

Cate Blanchett, TÁRAna de Armas, BlondeAndrea Riseborough, To LeslieMichelle Williams, The FabelmansMichelle Yeoh, Everything Everywhere All at Once

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO

Brendan Gleeson, The Banshees of InisherinBrian Tyree Henry, CausewayJudd Hirsch, The FabelmansBarry Keoghan, The Banshees of InisherinKe Huy Quan, Everything Everywhere All at Once

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA

Angela Bassett, Black Panther: Wakanda ForeverHong Chau, The WhaleKerry Condon, The Banshees of InisherinJamie Lee Curtis, Everything Everywhere All at OnceStephanie Hsu, Everything Everywhere All at Once

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL

The Banshees of InisherinEverything Everywhere All at OnceThe FabelmansTÁRTriangle of Sadness

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO

All Quiet on the Western FrontGlass Onion: A Knives Out MysteryLivingTop Gun: MaverickWomen Talking

MELHOR FOTOGRAFIA

All Quiet on the Western FrontBardo, False Chronicle and a Handful of TruthsElvisEmpire of LightTÁR

MELHORES EFEITOS VISUAIS

All Quiet on the Western FrontAvatar: The Way of WaterThe BatmanBlack Panther: Wakanda ForeverTop Gun: Maverick

MELHOR FILME INTERNACIONAL

All Quiet on the Western FrontArgentina, 1985CloseEoThe Quiet Girl 

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO

Guillermo del Toro's PinocchioMarcel the Shell With Shoes OnPuss In Boots: The Last WishThe Sea BeastTurning Red

MELHOR DOCUMENTÁRIO

All That BreathesAll the Beauty and the BloodshedFire of LoveA House Made of SplintersNavalny

MELHOR CURTA-METRAGEM

An Irish GoodbyeIvaluLe PupilleNight RideThe Red Suitcase 

MELHOR CURTA-METRAGEM DOCUMENTAL

The Elephant WhisperersHauloutHow Do You Measure a Year?The Martha Mitchell EffectStranger at the Gate

MELHOR CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO

The Boy, the Mole, the Fox, and the HorseThe Flying SailorIce MerchantsMy Year of DicksAn Ostrich Told Me the World Is Fake, and I Think I Believe It

MELHOR GUARDA-ROUPA

BabylonBlack Panther: Wakanda ForeverElvisEverything Everywhere All at OnceMrs. Harris Goes to Paris

MELHOR CARATERIZAÇÃO

All Quiet on the Western FrontThe BatmanBlack Panther: Wakanda ForeverElvisThe Whale 

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

ApplauseTell It Like a Woman, de Dianne WarrenHold My HandTop Gun: Maverick, de Lady Gaga e BloodPopLift Me Up, Black Panther: Wakanda Forever, de Tems, Rihanna, Ryan Coogler eLudwig GoranssonNaatu Naatu, RRR, de M.M. Keeravaani e ChandraboseThis Is a Life, Everything Everywhere All at Once, de Ryan Lott, David Byrne, Mitski eRyan Lott

MELHOR BANDA SONORA ORIGINAL

All Quiet on the Western FrontBabylonThe Banshees of InisherinEverything Everywhere All at OnceThe Fabelmans

MELHOR SOM

All Quiet on the Western FrontAvatar: The Way of WaterThe BatmanElvisTop Gun: Maverick

MELHOR CENOGRAFIA

All Quiet on the Western FrontAvatar: The Way of WaterBabylonElvisThe Fabelmans

MELHOR EDIÇÃO DE VÍDEO

The Banshees of InisherinElvisEverything Everywhere All at OnceTÁRTop Gun: Maverick

 

A cerimónia da 95ª edição dos Óscares será apresentada pelo humorista Jimmy Kimmel a 12 de março, no Dolby Theatre, em Hollywood.

Ana Murcho By Ana Murcho

Relacionados


Lifestyle   Tendências  

Onde está o queer nos contos de fadas?

22 Jun 2024

Moda  

Open Call | Hide and Seek

21 Jun 2024

Atualidade   Curiosidades  

Junho, o mês do orgulho

21 Jun 2024

Moda   Compras   Tendências  

Trend Alert | Deep V

20 Jun 2024