Atualidade   Curiosidades  

Os momentos mais memoráveis dos Golden Globes

04 Jan 2019
By Rui Matos

A poucos dias da 76ª edição do evento, recordamos os melhores momentos da entrega de prémios anual.

O que acontece nos Golden Globe Awards não fica no Hotel Beverly Hilton, onde decorre a cerimónia desde 1961. A poucos dias da 76ª edição do evento, recordamos os melhores momentos da entrega de prémios anual.

© Getty Images
© Getty Images

É o arranque oficial da award season, que acontece todos os anos na primeira semana de janeiro e enquanto as formalidades ficam para os Óscares, nos Golden Globe Awards reina a descontração - apostamos que o bar aberto da cerimónia seja o grande culpado pela diversão e informalidade do certame. A dois dias da gala, que em 2019 vai ser apresentada por Sandra Oh e Andy Samberg, recordamos os momentos mais memoráveis de sempre dos Golden Globe Awards.

Christine Lahti, 1998No final dos anos 90, a série Chicago Hope era uma das mais populares da estação norte-americana CBS. Lathi fazia parte do elenco do drama televisivo e, na edição de 1998, ganhou o Golden Globe de Melhor Atriz pela sua atuação na série e quando a vencedora foi anunciada, a atriz estava na casa de banho e, assim que soube, teve que ir a correr para o palco fazer o discurso.

 

Elizabeth Taylor, 2001Como já é habitual, o cariz descontraído - e uma dose de álcool q.b. - parece dominar a cerimónia. A atriz norte-americana Elizabeth Taylor, que na edição de 2001 apresentou o vencedor na categoria de Melhor Filme, subiu ao palco um pouco desorientada. Este foi, e é até hoje, um dos momentos mais insólitos da gala.

 

Jodie Foster, 2013Um dos prémios mais importantes da noite é o Cecil B. DeMille Award, que celebra a carreira de um ator e, em 2013, a galardoada foi Jodie Foster que durante a discurso surpreendeu todos ao admitir a sua homossexualidade nas entrelinhas das suas palavras.

Tina Fey, 2009A norte-americana Tina Fey, que ganhou a estatueta dourada pela sua atuação em 30 Rock, em 2009,  fez um discurso com uma mensagem especial para os utilizadores das redes sociais. Numa altura em que a Internet ainda era um universo pouco explorado, já havia pessoas a destilar ódio pelas redes socais do momento. "And the haters gone hate, hate, hate"

Ricky GervaisO ator britânico apresentou a cerimónia durante três anos consecutivos e, em todas as edições, as piadas feitas por Gervais foram alvo de críticas. “Ele disse mesmo isso?” foi a frase mais ouvida durante as galas onde foi anfitrião.

O decote de Jennifer LopezJeremy Renner e J.Lo foram a dupla responsável por entregar o prémio na categoria de Melhor Minissérie, em 2015. Lopez perguntou ao co-apresentador quem deveria anunciar o vencedor dizendo: “Queres que seja eu? Eu tenho unhas grandes”. Ao responder à cantora, o norte-americano olha para o decote da cantora e responde: “também tens os Golden Globes.”. A audiência parece não ter gostado do que ouviu, mas Jennifer Lopez alinhou na brincadeira.

 

O protesto de 2018A 75ª edição deste certame ficou marcada pelo protesto silencioso na red carpet do evento. Para marcar uma posição quanto aos abusos sexuais e outros tipos de agressões contra as mulheres, os convidados vestiram-se de preto como forma de apoio aos movimentos #MeToo e Time's  Up. Um momento único na passadeira vermelha dos Golden Globes que tão cedo não será esquecido.

© Getty Images

Rui Matos By Rui Matos

Relacionados


Casamentos  

O casamento alentejano de Isabela Valadeiro e Carlos Ferra

23 Jul 2024

Moda  

Open Call | Unapologetic

23 Jul 2024

Palavra da Vogue  

O que lhe reservam os astros para a semana de 23 a 29 de julho

23 Jul 2024

Notícias  

Peter Hawkings deixa a Tom Ford

22 Jul 2024