Artigo Anterior

A bath bomb da Lush inspirada em Ariana Grande

Próximo Artigo

Aromas essenciais

Notícias 27. 11. 2018

Nuria Val: "Está nas nossas mãos criar uma Beleza que é benéfica para nós tanto quanto para o meio ambiente e os animais"

by Sara Andrade

 

Nuria Val acaba de se estrear na indústria da Beleza com a sua própria marca orgânica, vegan, eco-friendly, 100% natural. E se conhece minimante @frecklesnur, não será necessário explicar porque esta linha de óleos corporais é a cara da influencer.

Nunca foi aquela instagrammer mainstream. É verdade que partilha fotos suas, é dotada de um estilo que não deixa questionar o estatuto de it-girl e também tem os seus posts com hashtags em parceria com marcas de Moda e Lifestyle, claramente escolhidas a dedo para se coadunar com a sua estética, com o seu vestir, com a sua filosofia. Mas não vai encontrar, no feed de Nuria Val, uma rede social pejada de selfies, recheada de fotos de si própria, a frequentar os últimos spots nas bocas do mundo ou os centros urbanos mais badalados dos guias de viagens. Mas vai encontrar paisagens inóspitas, destinos ermos, imagens com uma estética analógica por demais cool para abrilhantar o mundo digital dos dias que correm, com um elemento que parece ser comum a todos os enquadramentos: a natureza como elo agregador de um estilo de vida que se quer o mais natural e eco possível.

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

Sunday mood ? @rowsebeauty

Uma publicação partilhada por Nuria Val (@frecklesnur) a

É por isso que dizer que a sua nova aposta é uma marca de beleza que tem no core tudo o que é natural não é surpreendente. Mas é surpreendente a dedicação e controlo de qualidade que depositou em Rowse Beauty, atípicos num mundo de fast-tudo-e-mais-alguma-coisa, demorando quase um ano e meio a aprimorar uma filosofia eco-consciente agora materializada num primeiro produto - um óleo corporal para o inverno livre de químicos e cheio de essenciais da natureza. Falando para todos os que se preocupam em diminuir a sua pegada verde e almejando mudar mentalidades dos que ainda não o fazem, Rowse Beauty não é uma marca, é um manifesto para um futuro sustentável. Ou melhor, para um presente sustentável que possibilite um futuro existente.

A Vogue falou com a fundadora sobre a importância desta corrente orgânica na Beleza e o porquê deste passo empreendedor.

Porquê uma marca de beleza e não outra área, como a Moda ou Lifestyle? 

Tinha muita vontade de criar algo próprio, queria criar algo que não estivesse sujeito a tendências e que estivesse em sintonia com os meus valores. Depois de dar muitas voltas, vi que todo o meu trabalho e inspiração se baseava na natureza e, portanto, o que fizesse teria que ser puro, teria que respeitar o meio ambiente e chegar à comunidade através das infinitas possibilidades que os recursos naturais nos oferecem. Rowse é o resultado profissional de tudo o que me inspira a nível pessoal. É também o resultado de uma nova conceção de Beleza, na qual temos a liberdade de nos potenciarmos sem cânones pré-estabelecidos.

Sabia que queria desde o início criar uma marca eco-friendly, orgânica, bio, assumo, uma vez que a filosofia que partilha no seu próprio Instagram o reflete. Como conseguiu garantir que a marca obedece a essa filosofia? Que trabalho implica assegurar que todos os ingredientes se coadunam com esse espírito ecológico?

Estamos muito envolvidos em conseguir disponibilizar um produto o mais puro possível. Para tal, passámos quase um ano e meio a investigar para encontrar fornecedores locais que pudessem oferecer produtos de alta qualidade. Trabalhamos com eles lado a lado para obter os melhores resultados. Desde o início da marca que nos temos baseado nestas quatro premissas, que têm servido de diretrizes para o desenvolvimento da Rowse: minimalista - simplificar a sua rotina de beleza, oferecendo unicamente produtos essenciais, naturais, puros e polivalentes; 100% natural - rejeitar químicos, recorrendo unicamento ao poder da natureza, nada mais, nada menos; rastreabilidade - usar ingredientes locais cuja procedência possa ser controlada e que sejam, além disso, veganos e contra a crueldade e testes em animais; respeito pelo planeta - excluir de todos os produtos aqueles ingredientes e materiais que podem afetar o meio ambiente e os oceanos.

Fale-nos do nome: Rowse Beauty. Como é que surgiu? Tem algum significado por trás?

O nome vem deste conceito da emergência do cru, "the rise of raw". O nome soou-nos perfeito para a marca. 

A primeira aposta é um óleo de corpo, que já pode ser encomendado desde 26 de novembro, certo? A coleção inteira consistirá apenas de óleos corporais ou tem planos para expandir para outros produtos de skincare?

Antes de mais, é isso mesmo, o Winter Body Oil já está disponível para envio desde segunda-feira! É o nosso primeiro produto criado a partir de uma mistura de óleos, tudo começa aqui. Mas a partir de janeiro 2019, os fãs da marca poderão personalizar os seus produtos, criando a sua própria mistura através de uma seleção de óleos, pós e argilas, bem como aceder a receitas e tutoriais de vídeo. Além disso, vamos ter alguns acessórios de beleza que não posso ainda revelar, mas são muito interessantes!

Sentiu que havia uma necessidade no mercado para a Rowse Beauty? O que acha que a sua marca traz para a mesa?

Sim, a verdade é que, através da Rowse, quisemos fazer parte deste movimento tão necessário para mudar o futuro da Beleza. Está nas nossas mãos levar a cabo o desenvolvimento de produtos que são benéficos para nós próprios tanto quanto para o meio ambiente e os animais. Para tal, a solução é usar ingredientes naturais, sem químicos e, claro, investir no desenvolvimento de embalagens sustentáveis para, assim, reduzir a nossa utilização de plástico.

Como tem sido a resposta do público à marca e ao produto? Superou expectativas?

Tem sido espetacular, sinto-me mesmo sortuda e feliz com a bonita recepção que temos tido desde o início. É a minha estreia enquanto fundadora de uma marca e não conseguiria prever o quão bom tem sido ver que as pessoas apoiam o nosso projeto.

Esta filosofia ecológica tem crescido cada vez mais na Beleza. Acha que é uma moda passageira ou o futuro? E porquê?

Como mencionei anteriormente sobre a necessidade de criar Rowse, o futuro é uma mudança de hábitos no que diz respeito aos cuidados pessoais. Já tem havido algumas mudanças noutros aspetos que lhe estão ligados, como por exemplo, a alimentação. Todos sabemos o quão é importante comer bem e consumir cada vez menos alimentos processados. O futuro da Beleza também é este, porquê usar produtos químicos e processados tendo uma fonte de recursos naturais que nos são tão benéficos? A resposta é clara e, por isso, todas as iniciativas em prol desta mudança têm boa resposta por parte da população.

O website da Rowse diz que "a indústria de Beleza está numa encruzilhada, estamos noma missão para transformá-la radicalmente". Que aspetos acredita que precisam de ser radicalmente alterados? E como se propõem a fazê-lo, como podem contribuir para tal? E como podemos todos fazê-lo? 

Temos a responsabilidade de mudar a dinâmica que tem dominado a indústria de Beleza até agora, começando pelos cânones de beleza que nos fizeram crer serem os únicos a seguir. Na Rowse, acreditamos que a Beleza vai mais além do que estabelecem as marcas. A Beleza é pura e não se prende com idade ou proveniência de quem quer que seja. Temos abusado do planeta por demais, também temos que mudar isso, por isso defendemos produtos veganos, sem testes em animais e que não produzem resíduos para os oceanos. Além disso, estamos a investigar o desenvolvimento de pachaging que reduzem ao máximo o recurso ao plástico. 

A abordagem estética para as plataformas da Rowse Beauty está deveras em sintonia com o género de imagens que partilha na sua conta pessoal, @frecklesnur, claro. Como planeou que tipo de imagens queria para a @rowsebeauty e de onde surge a inspiração para as mesmas?

A Rowse é tudo o que tenho cá dentro a nível de inspiração, é toda a experiência de anos de viagens, descobertas e muitas fotos. O nosso produto é feito com materiais que saem da terra e têm uma história incrível para contar, por isso uma das missões de Rowse é traduzi-lo mediante imagens tudo o que distingue os nossos produtos e filosofia de marca.

Como gostaria que a marca crescesse? Acredita que este pode ser o seu futuro profissional? Ou é apenas o primeiro passo numa série de outros projetos que Nuria Val tem em caixa?

Adoraria ver que com a Rowse conseguimos marcar um precedente tanto na Beleza como em ser melhores a gerir os recursos e o meio ambiente. Gostaria que, no futuro, o meu passo com este projeto possa ser algo que todos recordem como algo positivo. Eu mesma estou a aprender, dia após dia, sobre como fazer as coisas da melhor maneira e, ao fim e ao cabo, as ações de cada um são as que marcam o futuro de todos. Por isso, gostaria de ver que a marca refletindo coisas positivas e interessantes para todos. Tenho estado ligada às redes sociais já há muitos anos, sinto-me afortunada por poder trabalhar em algo que gosto mas, por vezes, estar tão exposta não é fácil. Gostava muito que a Rowse viesse a ser a minha principal fonte de rendimentos, já que significaria que este projeto onde posso ser eu e potenciar nele toda a minha criatividade está a dar frutos. A verdade é que tenho muitos sonhos depositados na Rowse.

Além da Beleza, há algo noutras áreas que gostaria de lançar no futuro?

Sim, há um projeto pessoal no qual tenho trabalhado há anos e que adoraria lançar no futuro. Queria publicar um livro com as fotografias de vulcões que tenho tirado nos últimos quatro anos. Sou obcecada com vulcões e tive a oportunidade de visitar vários interessantes para este projeto em aberto. Adoraria continuar a viajar e descobrir lugares o mais que possa. Além disso, gostava de me envolver mais em causas ambientais que sinto que preciso de conhecer melhor e partilhar.

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

Through back to the wildest destination of the year ❤️. ? planning the next volcano adventure for 2019 #100volcanoes

Uma publicação partilhada por Nuria Val (@frecklesnur) a

O Winter Body Oil, o lançamento de estreia da Rowse Beauty, está disponível por €36 em Rowse.co.

Artigos Relacionados

Street Style 13. 7. 2018

Double trouble

Vestidos por cima de t-shirts, de camisas ou até sweats. A Moda está em constante transformação e usar vestidos no verão já não é o que era.

Ler mais

Tendências 5. 7. 2018

A penny for your thoughts

A solo ou em várias camadas, este é um dos acessórios favoritos das it girls para a estação quente.

Ler mais

Tendências 15. 6. 2018

Velha infância

Já sabíamos que a Moda é uma adepta assumida do sentimento de nostalgia, mas se dúvidas restassem, percorremos o Instagram e encontrámos o único argumento necessário para comprovar a teoria.

Ler mais

Tendências 4. 5. 2018

It bag: a forma de um balde

Carteiras nunca são de mais e a forma arredondada deste modelo está a ganhar cada vez mais adeptas. Nuria Val, Aimee Song ou Camille Charrière comprovam isso mesmo.

Ler mais

Vídeos 6. 12. 2017

Online Girls #2 com Nuria Val

Aproveitámos a passagem pela capital de algumas das mais conhecidas influencers do momento, e desafiámos quatro delas a responder a uma série de perguntas difíceis. Nuria Val é a estrela do segundo episódio.

Ler mais

Tendências 8. 11. 2017

9 regras de estilo pelas it girls no Instagram

Tome nota.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK