Artigo Anterior

Blushing Bride

Próximo Artigo

Disco divas: os melhores looks de festa vintage das celebridades

Pessoas 4. 12. 2018

A Nova Iorque de Joana de Verona

by Ana Carvas

 

A atriz viajou até à Big Apple onde decorreram os International Emmy Awards, o evento que celebra o melhor do pequeno ecrã a nível internacional. E entre a passadeira vermelha do certame e as ruas de Nova Iorque, Joana partilha agora com a Vogue alguns dos seus mais bem guardados segredos sobre a cidade que nunca dorme. 

Joana de Verona em Guess

Para Portugal trouxe uma lista repleta de lugares, lojas e restaurantes que fazem agora parte do seu coração, e ainda imagens exclusivas do getting ready para o evento internacional que decorreu no dia 19 de novembro, na big apple. Isso e um Emmy (o terceiro para Portugal), na categoria Telenovela, por Ouro Verde, a novela onde foi protagonista ao lado de Diogo Morgado. 

Esta é uma viagem virtual pelas agitadas ruas de Nova Iorque, pela lente (e palavras) de Joana de Verona. 

 

O que mais te surpreendeu na cidade? A constante agitação e atividade. Lojas abertas até de madrugada, onde há sempre algo a acontecer. Todos os lugares são percecionados pelo corpo de forma diferente a cada nova visita, e vão-se adensando memórias do local em nós. 

Um lugar especial em NY? Eu senti grande proximidade com East Village, tem um ambiente mais de bairro: ruas menores, prédios a uma escala mais europeia, os cafés, cada um gerido por uma pessoa de uma nacionalidade diferente, a street art - com obras do artista brasileiro Kobra no local one Jean-Michel Basquiat pintou em tempos - os mercados de rua, tudo. Fez-me lembrar bastante a temporada que passei em Berlim há uns anos.

East Village

East Village

A melhor vista de Nova Iorque? Fiquei com muita pena de não ter conseguido ir ao Standart Hotel, foi uma viagem rápida e não deu para fazer tudo, dizem que ali a vista é incrível. Porém gostei muito da vista e do ambiente do Garden Roof Top, em Manhattan.

Rua preferida para compras? No Soho, encontrei algumas lojas interessantes, fiquei também com a sensação que Dumbo, em Brooklyn, é um ótimo lugar a nível de galerias e livrarias. É preciso tempo para explorar mais profundamente, portanto, terei que voltar com mais calma em breve  

Lojas preferidas? Todas as lojas vintage no Soho.

Central Park Central Park

E um restaurante? Sweetwater, um bistro muito simpático e acolhedor em Williamsburg, Brooklyn. 

Museu imperdível? O MoMA, em particular o trabalho de dança/performance sobre Trisha Brown e Yvonne Rainer, e as instalações em vídeo. Também recomendo a Nancy Hoffman Gallery, em Chelsea. 

Um bar para sair à noite? Perderes-te pelas ruas de Williamsburg, em Brooklyn. 

Uma experiência na cidade que recomendes? Ver o espectáculo Sleep No More. É incrível.

Como foram os International Emmy Awards? Foi uma ótima experiência, surpreendente e positiva. Correu muitíssimo bem, não apenas pela vitória, mas todo o contexto antes e depois. Gostei especialmente de passar pelo staff do evento nos corredores da cozinha do Hilton, após vencermos o Emmy.

Vestido Tommy Hilfiger, sapatos Luis Onofre e joias Atelier Swarovski

Vestido Tommy Hilfiger, sapatos Luis Onofre e joias Atelier Swarovski

Quem gostavas de ter visto e não viste? Não sei bem. Estava lá a equipa da série espanhola Casa de Papel, mas não estava o ator que interpreta o Berlin (risos), gosto bastante do trabalho dele. 

Ponte Brooklyn

O que ficou por fazer? Tudo. Especialmente o Whitney Museum of American Art, o Guggenheim Museum de NYC, do arquiteto Frank Lloyd Wright, a High Line, e visitar a Roosevelt Island. É uma cidade avassaladora, que te engole, e indo pouco tempo é inevitável sentires-te ansioso por haver tantas opções. Há sempre tanta coisa para fazer mas, infelizmente, não se consegue estar em todos os lugares e conhecer tudo como gostarias. Por isso, é de facto necessário tempo para se explorar Nova Iorque como a cidade merece, sem pressa, com muita tranquilidade, ir descobrindo-a aos poucos. 

Joana de Verona em Gonçalo Peixoto

Artigos Relacionados

Roteiro 3. 12. 2018

Diário de Prata: Bolívia

O tempo tem passado a voar, estou a um mês de voltar para casa. Num exercício rápido de memória brinco com o tempo, pareceu pouco mas vivi tanto, já fiz tanta coisa, já fui a tanto lugar. Esta vai ser uma viagem especial.

Ler mais

Entrevistas 2. 11. 2018

O coração de Maria Imaginário é de todos

No dia 01 de novembro de 2018, em pleno coração da cidade de Lisboa, mais especificamente no Jardim Constantino, ergueu-se uma pinhata gigante em forma de coração. A culpada foi Maria Imaginário, a artista responsável pela intervenção que afirma através de um manifesto que este “é um grande (bocado do meu) coração, acessível para todos.”.

Ler mais

Entrevistas 22. 10. 2018

Armário, uma epopeia à Moda nacional

Estreou na televisão portuguesa uma nova série conduzida por Joana Barrios que homenageia o melhor da Moda portuguesa. Resumindo é isto, mas no fundo, é muito mais complexo.

Ler mais

Pessoas 9. 3. 2018

A Los Angeles de Raquel Strada

Já de regresso à capital, Raquel Strada chega da passadeira dos Óscares e da cidade dos anjos com histórias para contar - e dicas para partilhar.

Ler mais

Entrevistas 26. 4. 2017

Enfants Terribles

Inspirados na amizade de Joana de Verona e Miguel Nunes, imaginámos uma história onde livremente desafiam as leis do sono. Um dia e uma noite a fotografar os enfants terribles do cinema português.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK