Atualidade   Notícias  

Nunca é tarde para fazer a diferença

19 May 2020
By Mathilde Misciagna

Michael Kors doa, em nome de várias celebridades, o valor de 365 refeições escolares ao World Food Program, para ajudar a manter saudáveis as crianças em situações vulneráveis pela subnutrição e consequente fraca imunidade contra o novo coronavírus, quer estejam na escola ou em casa.

Michael Kors doa, em nome de várias celebridades, o valor de 365 refeições escolares ao World Food Program, para ajudar a manter saudáveis as crianças em situações vulneráveis pela subnutrição e consequente fraca imunidade contra o novo coronavírus, quer estejam na escola ou em casa.

A pandemia do Coronavírus (COVID-19) está a mudar o mundo como o conhecíamos, com um enorme impacto sobre a vida humana e atividades económicas. A sua rápida disseminação global ameaça afetar milhões de pessoas já vulneráveis pela insegurança alimentar, subnutrição e pelos efeitos nefastos de conflitos e outros desastres. Prevê-se que esta doença possa duplicar o número de pessoas que enfrentam carências alimentares em todo o mundo. Os novos números do World Food Program indicam 130 milhões de vidas adicionais em risco de passar fome, até ao final de 2020. Totalizando 265 milhões de pessoas provenientes de 55 países de baixos e médios rendimentos sob uma ameaça real e devastadora, a menos que sejam tomadas medidas rápidas para combater a pandemia. 

Neste sentido, e para minimizar o impacto da epidemia nas 100 milhões de pessoas que pretende servir este ano, o World Food Program está a adaptar o seu planeamento para garantir que as pessoas e sobretudo crianças em situações mais frágeis continuem a receber a assistência de que precisam. Michael Kors, reconhecido designer internacional e Embaixador Global Contra a Fome do World Food Program das Nações Unidas, uniu esforços para mais uma vez ajudar a combater este flagelo, porque nunca é tarde para fazer a diferença.

World Food Programme
World Food Programme

Apesar das exigências que se prendem com a gestão de uma casa de Moda global Michael Kors, à data de 28 de Novembro de 2019, tinha ajudado a entregar 19 milhões de refeições a crianças provenientes de áreas afetadas pela fome em todo o mundo – através da sua ação humanitária #WatchHungerStop, lançada em 2013. No pico do contágio do novo coronavírus, já tinha anunciado no Instagram uma doação pessoal no valor de 1 milhão de dólares para ajudar a combater a pandemia. Mas não se ficou por aí. Várias celebridades como a modelo portuguesa Sara Sampaio, a modelo americana Gigi Hadid e a apresentadora australiana Jessica Kahawaty anunciaram nos seus Instagrams nas últimas horas que a Michael Kors tinha doado em seu nome o valor de 365 refeições ao WFP para ajudar a manter saudáveis as crianças em situações por si só já de extrema carência alimentar, independentemente de estarem na escola ou em casa. 

É importante que cada um de nós assuma causas filantrópicas e reconheça que temos um papel a desempenhar na formação do mundo em que vivemos e isso nunca fez tanto sentido. Figuras públicas e celebridades no mundo do entretenimento disfrutam de uma posição privilegiada para influenciar grandes grupos de pessoas a reconhecer esse poder dentro de si e instituir mudanças, mas a responsabilidade para com a humanidade deve ser partilhada por todos. Juntos somos mais fortes e o tempo de #WatchHungerStop é agora. Bravo Michael Kors.

Mathilde Misciagna By Mathilde Misciagna

Relacionados


Entrevistas  

Conheça Adrian Appiolaza, o novo diretor criativo da Moschino

21 Feb 2024

Moda   Coleções  

LFW outono/inverno 2024 | O 40º aniversário da Semana de Moda de Londres

21 Feb 2024

Atualidade   Notícias  

Rolex Awards for Enterprise: os cinco laureados de 2023

20 Feb 2024

Palavra da Vogue  

O que lhe reservam os astros para a semana de 20 a 26 de fevereiro

20 Feb 2024