Moda   Tendências  

Method Dressing: a nova tendência nas passadeiras vermelhas

25 Mar 2022
By Pedro Vasconcelos

O fenómeno transpõe a estética cinematográfica para o mundo real da Moda.

O fenómeno transpõe a estética cinematográfica para o mundo real da Moda.

© Getty Images
© Getty Images

Se tem estado a par do estilo das celebridades nas passadeiras vermelhas poderá ter notado uma nova tendência. Artistas como Zendaya, Lady Gaga e Zoë Kravitz utilizam o projeto em que participam como inspiração para os seus vestidos. A estratégia tem nome: method dressing.

As origens do method dressing remontam a uma técnica de representação: method acting. A estratégia teve origem nos palcos de teatro norte-americanos na década de 30 do século passado. Inventado pelo conceituado Constantin Stanislavski, o método concretiza a encarnação literal da personagem, o ator torna-se quem está a representar de forma absoluta. Desde Marlon Brando a Robert De Niro, alguns dos mais bem sucedidos nomes de Hollywood estão associados à técnica.

É neste método de representação que method dressing se inspira, concretizando escolhas estilísticas que transpõem a performance do ator para fora do ecrã. Ao traduzir aspetos estéticos do filme para a vida real, as atrizes avançam prévias concepções limitativas do figurino. Estas referências pode ser feita na atmosfera visual ou até mesmo em elementos narrativos dos seus filmes. Por se capitalizarem do interesse que todos temos pelos seus looks, acabam por os utilizar como uma forma de promover os seus projetos. As inspirações vão de um acessório subtil a verdadeiras homenagens dos pés à cabeça.

Quem de certa forma iniciou esta tendência foi Zendaya. A atriz norte-americana, em conjunto com o seu estilista Law Roach, inspira-se na estética dos seus filmes desde 2017. Claramente visionária, a atriz tornou-se progressivamente mais óbvia nas suas referências, atingido o seu epítome no ano passado. Para as passadeiras vermelhas de Dune por exemplo, Zendaya, através de alguns dos nomes mais importantes na Moda, como Olivier Rousteing, Vivienne Westwood e Rick Owens, encarnou o clima alienígena do filme. O filme, que é o principio de uma trilogia cinematográfica, decorre num planeta onde o deserto é a paisagem principal. A atriz inspirou-se não só neste clima, como no próprio guarda-roupa, criando uma estética que facilmente se associava ao filme.

© Getty Images
© Getty Images

Em Homem-Aranha: Sem Volta a Casa, Zendaya levou method dressing a um novo nível, invocando o tema das aranhas como inspiração. Por vezes de forma mais literal, com o vestido da Valentino que usou para a estreia de Los Angeles, repleto de teias de aranha, outras vezes mais subtilmente, como é o caso do look que escolheu usar para promover o filme em Londres, um blazer e leggings de Alexander McQueen cobertos em cristais que, de forma abstrata, formavam uma espécie de teia de aranha. 

© Getty Images
© Getty Images

Lady Gaga, em toda a teatralidade que está associada ao seu nome, utiliza method dressing, não só para promover os seus filmes, como para alterar a sua personagem pública. Durante a promoção de Assim Nasce uma Estrela, Gaga encarnou elementos de Old Hollywood. Aproveitando o legado que está associado ao filme, que teve versões em 1937, 1954, 1976 e em 2018, a atriz invocou uma estética clássica, afastando-se da imagem popstar extravagante. O seu estilo mudou novamente na press tour de Casa Gucci, o filme onde desempenha Patrizia Reggiani, a ex-mulher de Maurizio Gucci, que mais tarde planeou o assassinato do seu marido. Inspirada no papel dramático, os seus looks adquiriram uma dimensão extravagante inigualável, encarnando a femme fatale através de Versace, Armani e Valentino.

© Getty Images
© Getty Images

A mais recente celebridade a participar na tendência é Zoë Kravitz, mas de uma forma extremamente subtil. Sem se desviar do seu estilo característico, sleek e sexy, a atriz, como parte da promoção do novo filme, Batman, encarnou a sensualidade e mistério da sua personagem, Catwoman. Primeiro num vestido de Saint Laurent que, na zona do peito, tinha recortes que formavam uma espécie de bat signal. E posteriormente, em Nova Iorque, a atriz foi muito mais literal, num vestido direito de Oscar de la Renta, que coloca orelhas de gatos sobre o seu peito.

© Getty Images
© Getty Images

Pedro Vasconcelos By Pedro Vasconcelos

Relacionados


Pessoas  

Taylor Swift atua amanhã em Lisboa e traz consigo novos visuais para a The Eras Tour

23 May 2024

Moda  

Trend Alert | Crochet

23 May 2024

Agenda  

Lisbon Design Week 2024 | A semana dedicada ao design começa hoje

22 May 2024

Tendências  

Who let the baby bump out?

22 May 2024