Artigo Anterior

Férias na neve? Levamos a Oysho na mala

Próximo Artigo

Escarlate sobre ouro

Guestlist 30. 11. 2022

L’Oréal Paris faz frente ao assédio em locais públicos

by Vogue Portugal com L'Oréal Paris

 

A marca iniciou uma campanha em que oferece formação online para defesa contra situações de assédio em público. 

© L'Oréal Paris

Está na hora de Stand Up contra o assédio em locais públicos - assim se chama a campanha desenvolvida pela L’Oréal Paris em colaboração com a organização Right To Be. A marca pretende, deste modo, continuar a contribuir para a consciencialização do assédio sexual, que acontece mesmo à frente dos olhos do mundo. Cerca de 80% das mulheres já viveu situações deste género - e vale a pena frisar que aquilo a que chamamos de assédio pode passar por ser alvo de um olhar fixo, assobios, perguntas intrusivas ou comentários sobre o corpo. A L’Oréal Paris, no âmbito da campanha Stand Up, vai mais além da chamada à atenção para o problema, já que a marca está a oferecer formação online gratuita para defesa contra assédio em locais públicos. Só em 2022, L'Oréal Paris acelerou o seu compromisso de combater o assédio nas ruas com o objetivo de formar um milhão e meio de pessoas até ao fim do ano.

© L'Oréal Paris

A ação desenvolvida pela L’Oréal Paris é dada de duas perspetivas complementares: para quem é vítima e para quem é testemunha. A formação Stand Up foi desenhada com base no conceito 5D da instituição Right To Be, que consiste num conjunto de ferramentas essenciais na intervenção de uma situação de assédio em público: distrair, delegar, documentar, direto e dialogar. Esta ação permite-nos reunir o conhecimento para fazer frente a estes cenários de forma segura, de maneira a que ambos o interveniente e a vítima se consigam proteger destes comportamentos inaceitáveis - 97% dos participantes neste programa dizem sentir-se mais habilitados a intervir quando testemunham situações de assédio em público. Para além disso, depois da formação, aqueles que sofrem de assédio na rua tendem a sentir-se menos vulneráveis, assustadas, desconfortáveis e ansiosas do que antes de terem completado a formação

"Acredito que todas as mulheres têm o direito de se sentirem dignas e, no entanto, 80% das mulheres em todo o mundo já estiveram em situações de assédio nas ruas pelo menos uma vez na vida. Está na hora de mudar isso", e quem o diz é Eva Longoria, embaixadora da L'Oréal Paris. A formação Stand Up está acessível a qualquer um e dura apenas 5 minutos. Para além disso, é possível reservar uma sessão de uma hora com profissionais. Até agora, já se contam 1 156 182 pessoas e podemos todos contribuir para aumentar este número, ao completar a formação Stand Up.

Artigos Relacionados

Tendências 24. 6. 2022

Onde está o queer nos contos de fadas?

Entre comunidades ímpares de anões e bruxas que se transformam em dragões, o mundo dos contos de fadas rege-se pela representação do imaginário comum. Mas, mesmo neste mundo, sente-se a ausência estridente de personagens e narrativas LGBTQ+, ainda completamente inexistentes nestas fábulas fantásticas.

Ler mais

Palavra da Vogue 7. 6. 2022

#VogueBookClub: Uma viagem pela literatura LGBTQIA+

Ao longo dos quatro livros sugeridos exploram-se diferentes manifestações da identidade queer na história da humanidade.

Ler mais

Notícias 3. 6. 2022

Rainbow Washing: o pote de ouro no fim do arco-íris

No mês de junho, muitas são as empresas que demonstram o seu apoio pela comunidade LGBTQIA+, mas, com a latente falta de transparência por parte destas, questiona-se: será este apoio apenas uma estratégia de marketing?

Ler mais

Notícias 31. 3. 2022

Os quatro ativistas que revolucionaram o panorama trans

Neste Dia Internacional da Visibilidade Trans, a Vogue Portugal homenageia quatro personalidades históricas que marcaram o movimento LGBTQIA+.

Ler mais