Moda   Coleções  

Dior | Cruise'24

22 May 2023
By Vogue Portugal

A Cidade do México serviu de palco para a apresentação das propostas para o Cruise'24 da Dior.

"Uma constelação de lugares que espoletam emoções", descreve Maria Grazia Chiuri, diretora criativa da marca, sobre o destino escolhido para o desfile da marca francesa, que aconteceu este fim de semana. Uma sintética frase, que por si só, poderia já justificar a opção sobre a venue, mas que Chiuri prefere elaborar: é "um lugar da alma", como foi para artistas nativos, sendo Frida Khalo a sua mais emblemática figura e da qual a cultura local é indissociável. O seu nome também está embrenhado nas linhas a que se cosem esta coleção resort: a sua força, protesto, afirmação, representação, a capacidade de ir além das fronteiras de género, não se fechando no papel de mulher, mas antes indo beber ao guarda-roupa masculino de igual modo que ao feminino, transgredindo a sua feminilidade para reclamar a sua independência - intelectual, acima de tudo.

"Uma constelação de lugares que espoletam emoções", descreve Maria Grazia Chiuri, diretora criativa da marca, sobre o destino escolhido para o desfile da marca francesa, que aconteceu este fim de semana. Uma sintética frase, que por si só, poderia já justificar a opção sobre a venue, mas que Chiuri prefere elaborar: é "um lugar da alma", como foi para artistas nativos, sendo Frida Khalo a sua mais emblemática figura e da qual a cultura local é indissociável. O seu nome também está embrenhado nas linhas a que se cosem esta coleção resort: a sua força, protesto, afirmação, representação, a capacidade de ir além das fronteiras de género, não se fechando no papel de mulher, mas antes indo beber ao guarda-roupa masculino de igual modo que ao feminino, transgredindo a sua feminilidade para reclamar a sua independência - intelectual, acima de tudo.

Mas voltando, ainda, a Khalo, que é incontornável nestas propostas que unem a casa francesa aos ateliers mexicamnos: Frida manifesta-se um pouco por todos os looks, como no vestido rosa que lembra um que usa num dos seus autorretratos; na diversidade de cores em saias de linha A; nas borboletas que povoam o toile de Jouy com ilustrações de fauna e flora mexicanas, como papagaios e estrelícias, também eles elementos dos quadros da icónica artista. Todos em casa no Antiguo Colegio de San Ildefonso, onde Khalo estudou, onde conheceu Diego Rivera (o seu mentor e amor de uma vida) e onde agora desfilou este Cruise da Dior, com direito a performance especial da artista feminista mexicana Elina Chauvet. Na primavera de 2023 na Cidade do México, Elina Chauvet e um grupo de 16 mulheres bordadeiras elaboraram uma nova iteração deste projeto intitulado A Corazón Abierto, “coração aberto” em espanhol. Trabalhando em vinte toiles brancos, vestidos de musselina de algodão retirados dos arquivos da Dior e confeccionados nos ateliês parisienses, as suas palavras e símbolos costurados em fios de algodão vermelho compõem o próximo capítulo da obra. Esta performance é revelada no contexto da mostra e viverá em espaços futuros, fiel à natureza contínua do trabalho centrado na comunidade imaginado pelo artista.

Vogue Portugal By Vogue Portugal

Relacionados


Atualidade  

Morreu Claude Montana, icónico designer dos anos 80

23 Feb 2024

Curiosidades   Atualidade  

Cisnes entre patos

23 Feb 2024

Moda   Street Style  

LFW | Models Off-Duty

23 Feb 2024

Beleza  

LFW outono/inverno 2024 | A beleza nos backstages

22 Feb 2024