Artigo Anterior

#CNILux Dia 1: Maria Grazia Chiuri fala sobre o empowerment feminino na Dior

Próximo Artigo

#CNILux Dia 1: Federico Marchetti nas possibilidades ilimitadas do Online

Notícias 19. 4. 2018

#CNILux Dia 1: Uma visão disruptiva do luxo

by Alice Newbold

 

Suzy Menkes conversou com dois inovadores portugueses sobre a forma como a nova geração de consumidores olha para ideias mais personalizadas de exclusividade.

Partilhando o palco com Suzy Menkes, Alfredo Orobio, fundador da AWAYTOMARS, conversa com o público da CNI Luxury Conference em Lisboa ©Indigital

O futuro do luxo depende da compreensão acerca do que o conceito de luxo significa para a próxima geração. Para perceber melhor como abordar este mercado em evolução, Suzy Menkes convidou dois inovadores portugueses para conversarem sobre a importância do espírito disruptivo, e questionar os consumidores de luxo na Condé Nast International Luxury Conference

Paula Amorim, detentora e presidente do Amorim Luxury Group, um dos mais poderosos grupos no mercado de luxo português, tem moldado "um novo luxo" desde a criação da empresa, em 1990. O objetivo do grupo é criar uma oferta de um estilo de vida que penetra todas as dimensões da vida dos consumidores, ao direcionar-se para uma nova geração e uma nova geografia. "Moda, gastronomia, hotéis, resorts, um mundo de  je ne sais quoi", disse Amorim. "Num lugar genérico onde tudo já foi feito, damos um tom sensual, uma atitude surpreendente.".

Paula Amorim no palco da CNI Luxury Conference, com Suzy Menkes ©Indigital

Uma "insatisfação saudável" com o seu negócio é o que faz com que Amorim esteja na linha da frente, e o seu conhecimento dos consumidores internacionais é inestimável: "Sei que os meus consumidores são raros, diversos e complexos; estão bem conectados e têm poder", explicou. "O que podemos oferecer àqueles que têm tudo? Àqueles que exigem o inesperado? Eles não querem produtos, querem experiências únicas, sentir algo que seja um reflexo dos seus valores. Quanto mais virtuais as nossas vidas se tornam, mais apetite temos por autenticidade, serviços humanos, um respeito pela privacidade, pelo anonimato, pela personalização, por produtos feitos à medida, por conteúdo e por relações.". 

Para Amorim, compreender que os consumidores têm nas suas mãos o poder de decisão de conectar ou desconectar a qualquer momento é uma ideia crucial para o sucesso. 

Em contraste, Alfredo Orobio, fundador da AWAYTOMARS, tem criado uma ligação com a nova geração ao repensar o campo tradicional da Moda. Criada em 2015, a AWAYTOMARS convida criadores a partilharem as suas ideias num forúm digital de co-criação. As ideias mais inteligentes são notadas, discutidas e desenvolvidas, e todas as pessoas que têm um papel no processo criativo são recompensadas. AWAYTOMARS não é detentora de um único produto - a comunidade de 10.000 criadores de mais de 90 países é que é. 

O que é que o sucesso deste novo modelo significa para a restante indústria do luxo e da Moda? "Nenhum de nós é tão poderoso quanto todos nós", explicou Orobio. "Quando não existem egos envolvidos, conseguimos levar as ideias mais longe.". Um exemplo claro é a primeira colaboração da marca com a brasileira de culto Melissa, que é, neste momento, a maior colaboração do mundo. 

A quarta edição da conferência anual Condé Nast International Luxury Conference em Lisboa acontece nos dias 18 e 19 de abril. Para mais informações, visite www.cniluxury.com/2018

Artigos Relacionados

Notícias 18. 4. 2018

#CNILux Dia 1: Sophie Hackford: Luxo e Inteligência Artificial

A futurista explica como, em breve, as marcas irão contar com bots nas suas equipas.

Ler mais

Notícias 18. 4. 2018

#CNILux Dia 1: Como acompanhar uma nova geração sempre em movimento

Alexandre Arnault, o Co-CEO de 25 anos da Rimowa, defende que as redes sociais redefiniram o desejo por novos produtos.

Ler mais

Suzy Menkes 18. 4. 2018

#CNILux: Maria Grazia Chiuri fala sobre o processo de criação para a mulher da geração digital

A primeira diretora criativa da Dior confessa a Suzy Menkes que a Moda deve ser playful.

Ler mais

Suzy Menkes 18. 4. 2018

#CNILux: Alexandre Arnault fala sobre o desejo global dos millennials por malas de viagem

O Co-CEO da Rimowa fala sobre a colaboração da marca com a Supreme.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK