Artigo Anterior

O que é que Raf Simons vai trazer à Prada?

Próximo Artigo

Conheça Peter Do, designer por trás de algumas escolhas de Zendaya e um dos candidatos ao prémio LVMH

Notícias 4. 3. 2020

O novo capítulo da Alta-Costura de Jean Paul Gaultier

by Rui Matos

 

O couturier francês anunciou hoje que a designer japonesa Chitose Abe, fundadora da Sacai, vai desenhar a próxima coleção de Alta-Costura da Jean Paul Gaultier. 

© Instagram

Quando, a 17 de janeiro de 2020, o designer francês anunciou que a coleção de Alta-Costura da primavera/verão 2020 seria a sua última, deixou também claro que a Couture da Jean Paul Gaultier iria “continuar com um novo conceito.” Hoje, 4 de março, Gaultier revelou que Chitose Abe, que fundou em 1999 a Sacai, é a primeira designer convidada para desenhar a próxima coleção de Alta-Costura da marca, a ser apresentada na próxima Semana de Moda de Alta-Costura, em julho de 2020. 

Com este conceito, Jean Paul visa dar oportunidade a novos designers, sendo que a cada nova estação um outro nome é convidado para pôr a sua criatividade em ação. Esta decisão vai revitalizar uma Casa que é, desde 1997, um nome recorrente na Fédération de la Haute Couture. “Estou muito contente que este conceito se torne realidade com Chitose Abe da Sacai a ser a primeira designer convidada,” afirmou Gaultier num comunicado publicado pelo WWD. “Admiro muito o trabalho dela, ao nível criativo temos muitas coisas em comum e uma visão da Moda muito similar. Estou orgulhoso por lhe dar liberdade total.”

Chitose Abe é perita na arte de cortar, emendar e manipular tecidos para lhe dar uma nova energia e uma visão totalmente fresca, algo que tem explorado na Sacai ano após ano. “Tenho uma admiração de longa data pela visão única do Jean Paul, da sua feminilidade subversiva e da originalidade, algo em que me tenho empenhado desde o início,” contou a designer ao WWD. Abe conta já com algumas colaborações de culto no portefólio: Sacai x Nike, para a primavera/verão 2020; Beats x Sacai, em 2019; Sacai x Ugg, em 2018; North Face x Sacai, em 2017. 

Abe tem a habilidade de surpreender mas de uma forma mais discreta, ao contrário de Gaultier que é um verdadeiro mestre de cerimónias. As riscas de marinheiro, a androginia, os soutiens cónicos e os corpetes são alguns dos marcos mais emblemáticos de Jean Paul Gaultier, de que forma é que Chitose Abe vai pegar nestas referências, é uma pergunta que só vai ser respondida no próximo mês de julho.

Artigos Relacionados

Curiosidades 22. 1. 2020

Jean-Paul Gaultier: 14 momentos que marcaram a sua carreira na passerelle

Depois da notícia de que o maior showman da Moda vai apresentar o seu último desfile, a Vogue relembra as criações que deram a Gaultier a reputação de enfant terrible da alta costura, como o emblemático soutien cone de Madonna, as danças celtas e os vários concursos de dança.

Ler mais

Curiosidades 15. 1. 2020

As maiores conquistas da indústria da Moda na última década

A Moda sempre foi mais do que roupa pendurada em manequins. A Moda sempre foi sobre pessoas. Sobre acompanhar os tempos e mudar com o tempo. Sobre conquistas que erguem bandeiras de respeito. Seja ele de que forma for.

Ler mais

Notícias 14. 11. 2018

Jean Paul Gaultier diz não ao uso de pelo

O designer Jean Paul Gaultier anunciou a sua decisão de banir o uso de pelo verdadeiro das suas coleções durante uma entrevista a um programa de televisão francês.

Ler mais

Coleções 5. 7. 2018

Jean Paul Gaultier: Alta-Costura, outono/inverno 2018

As silhuetas andróginas e a provocação habitual do criador francês fizeram o grande plano desta última apresentação.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK