Artigo Anterior

Dia da Mãe: sugestões de presentes à distância de um clique

Próximo Artigo

Varandas, (para que) vos quero

Compras 30. 4. 2020

Aqui sou feliz, perdão, livre

by Rui Matos

 

Não vale a pena negar. É na casa de banho que nos sentimos verdadeiramente livres. Longe de tudo e de todos. Estamos sozinhos e de repente aquelas quatro paredes são a nossa bolha. Uma bolha que nos permite fazer aquilo que quisermos sem os olhares de terceiros. A liberdade é sempre boa, e esta ainda mais. Por isso há que a aproveitar. Em bom.

Artigos Relacionados

Compras 17. 1. 2020

Au naturel: 12 objetos de decoração para trazer a Natureza para dentro de casa

É hora de respeitar aquilo que a Natureza nos oferece.

Ler mais

Compras 13. 12. 2019

Eu não existo longe de você

Servimo-nos das palavras de Adriana Calcanhoto para relembrar o que por esta altura já devia ser óbvio: há objetos que não existem (mesmo) longe uns dos outros. Separá-los seria um crime punível pelas leis da decoração, da arte e do design.

Ler mais

Compras 12. 8. 2019

16 peças para uma decoração de interiores extravagante

Ou melhor, uma decoração de interiores com muita personalidade.

Ler mais

Compras 24. 5. 2019

15 almofadas para mudar o ambiente de qualquer espaço

Às vezes não é preciso dar início a uma extreme makeover, basta ter a almofada certa.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK