Artigo Anterior

Quem são as modelos mais bem pagas da indústria?

Próximo Artigo

As modelos de 2017 são…

Curiosidades 30. 11. 2017

As mulheres mais bem pagas da indústria musical são...

by Rui Matos

 

O Top 10 foi revelado pela Forbes que baseou os cálculos entre o dia 1 junho de 2016 e o dia 1 de junho de 2017. A lista conta com nomes como Beyoncé, em primeiro lugar, Adele, Rihanna e Taylor Swift.

Beyoncé acaba o ano de 2017 com mais um item para acrescentar ao seu currículo: depois de anunciar que vai integrar o elenco do remake de O Rei Leão, o icónico filme de animação da Disney, a norte-americana tem agora o título de a mulher mais bem paga da indústria musical.

Este resultado deve-se às receitas do último trabalho discográfico da cantora, Lemonade, que além de lhe ter rendido o sexto número 1 nas tabelas, foi aclamado pela crítica e pelos seguidores. Contas feitas: Beyoncé arrecadou 105 milhões de dólares (aproximadamente 88 milhões de euros).

O segundo lugar pertence à britânica Adele, que arrecadou 69 milhões de dólares (aproximadamente 58 milhões de euros). O pódio fecha com Taylor Swift e os seus 44 milhões de dólares (aproximadamente 37 milhões de euros).

Para saber os restantes lugares é só percorrer a galeria. 

 

Todas as imagens © Getty Images

Artigos Relacionados

Notícias 3. 11. 2017

Beyoncé no filme O Rei Leão

A cantora irá dar voz à personagem Nala.

Ler mais

Notícias 7. 9. 2017

O outono/inverno de Ivy Park

A campanha da linha desportiva de Beyoncé para a próxima estação tem como protagonistas Laverne Cox, Grace Bol, Karen McDonald e Souffrant Ralph. Uma celebração à individualidade de cada um.

Ler mais

Notícias 29. 8. 2017

Kristen Stewart, Beyoncé & Chanel

Uma das musas da maison francesa desde 2013, Kristen Stewart é agora a cara da nova fragrância Gabrielle Chanel.

Ler mais

Tendências 18. 8. 2017

Lemonade, o livro

Para celebrar o sucesso de Lemonade, Beyoncé acaba de lançar o livro "How To Make Lemonade", com mais de 600 páginas.

Ler mais

Palavra da Vogue 26. 6. 2017

Are there?

Sabemos que concordamos com a poesia feminista de Morgan Parker: é de ler de repente, de seguida, urgentemente, de uma ponta à outra. Ainda não sabemos se concordamos com o título.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK