Artigo Anterior

Waiting for Oliver | Jessica Athayde on the record

Próximo Artigo

Making of: Guerra e Paz

Vídeos 4. 10. 2019

Alba Baptista, o prodígio da representação em português

by Rui Matos

 

Como se prepara Alba Baptista para uma passadeira vermelha? Spoiler alert: com muita diversão. 


Alba Baptista é a belle du jour da representação portuguesa. Começou o seu percurso em Miami (2014), de Simão Cayatte, uma curta-metragem que conta a história da obsessão que uma adolescente tem em se tornar famosa. Este foi, para Alba, o “projeto que me abriu a porta a uma paixão que desconhecia ter pela representação.” Do cinema à televisão, a atriz luso-brasileira coleciona algumas séries televisivas, das quais destaca Filha da Lei (2017): “Criei amizades que ficarão para a vida e tive a sorte de carregar uma personagem que abordou vários tabus dentro da nossa sociedade.”

No dia 3 de outubro chegou às salas de cinema Caminhos Magnétykos, um drama de Edgar Pêra que o próprio descreve como um filme pós-apocalíptico numa Lisboa em Guerra Civil. Nesta longa, Alba interpreta Catarina, a filha de Raymond, o personagem principal. Hoje, Alba é já um dos nomes a ter debaixo de olho na sétima arte portuguesa, mas foi com o filme Leviano (2018), de Justin Amorim, que a atriz de 22 anos se revelou um diamante em bruto. “Trabalhar com o Justin é muito recompensador. Ele adapta-se bem ao processo de cada ator sabendo sempre liderar o barco com imensa sensibilidade e eficiência. Não tenho dúvidas de que o seu nome venha a ser uma grande referência no nosso país”, conta-nos Alba.

Até conquistar a Netflix não foram precisos muitos passos. No início de 2019, foi anunciado que Alba iria protagonizar Warrior Nun, uma produção original da plataforma de streaming, com estreia agendada para 2020. “O projeto é inspirado numa manga de Ben Dunn. Esta história é centrada numa organização secreta de jovens mulheres que abdicaram da sua vida para combater um mal maior sendo devotas a Deus. À minha personagem será imposto o papel de líder desta organização secreta que se chamará Warrior Nun”, começa por nos explicar. “É uma série que engloba não só o mundo sobrenatural, mas tem como objetivo passar a mensagem de irmandade, woman power e igualdade. Tenho muita sorte.”

Como foi receber esta notícia? “Dei um berro, que é totalmente fora do meu carácter. Em primeiro lugar vem sempre a família e assim que partilhei a notícia, cada familiar teve uma reação diferente, mas igualmente emotiva. É um momento que guardarei para sempre. Pouco depois liguei aos meus amigos mais próximos, já com as lágrimas a escorrem pela cara.” 

Entre gravações de série e filmes, no domingo passado Alba rumou à passadeira vermelha dos Globos de Ouro. O realizador e amigo Justin Amorim acompanhou Alba nos preparativos e registou tudo no vídeo, em cima. “O Justin é o melhor acompanhante de sempre,” conta-nos a atriz. Perguntamos-lhe o que é que realmente se passa num getting ready. “Muito caos. Agentes, colegas, maquilhadores, cabeleireiros, fotógrafos, stylists a andarem de um lado para o outro, a certificarem-se de que está tudo perfeito. Mas há sempre boa música e muita comida.”

O vestido que usou é uma criação de David Ferreira. “Nunca tinha trabalhado com o David, mas naturalmente era conhecedora do trabalho dele e com muita admiração. Bastou conhecer-me numa reunião e instantaneamente apanhou o feeling daquilo que eu estava à procura, que era uma vestido leve e sonhador.”

Resta agora saber que projetos Alba Baptista tem no forno. “Assim que terminei de gravar Warrior Nun, nem uma semana depois, comecei a filmar o novo filme de Gonçalo Galvão Teles chamado Nunca Nada Aconteceu, que é uma história lindíssima. Vai estrear em 2020, juntamente com o filme de Gonçalo Waddington, Patrick, que acabou de se estrear no festival de San Sebastián. Esta é uma história pesada da qual me sinto muito grata por ter feito parte.”

Artigos Relacionados

Notícias 19. 3. 2019

Alba Baptista vai protagonizar uma nova série da Netflix

A atriz portuguesa será a protagonista de Warrior Nun, uma nova aposta da Netflix que contará ainda com a participação de Joaquim de Almeida.

Ler mais

Entrevistas 28. 12. 2018

Best of 2018 | As escolhas de Joana Ribeiro, Victoria Guerra e outras figuras portuguesas

Da música à sétima arte, da literatura ao pequeno ecrã, pedimos a algumas figuras portuguesas para nos contarem o seu best of do ano.

Ler mais

Entrevistas 22. 12. 2018

Natal hoje, Natal sempre

Qual é o doce típico de Natal favorito de Raquel Strada? Qual é a música natalícia que Catarina Mira mais gosta de ouvir? Qual é o filme que Isabela Valadeiro e Joana Ribeiro não perdem durante as festividades? A Vogue foi descobrir.

Ler mais

Entrevistas 2. 7. 2018

O que aconteceu nos bastidores de Leviano…

Não ficou só nos bastidores. Está também aqui.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK