Artigo Anterior

Beckham, Victoria Beckham: uma década de design

Próximo Artigo

Marques’Almeida trocam Londres por Paris

Entrevistas 24. 9. 2018

A mais bela das histórias

by Rui Matos

 

Voámos até Madrid para conhecer DKNY Stories, a nova fragrância da marca norte-americana que tem Gala González como um dos rostos da campanha digital. Aproveitamos a deixa para pôr a conversa em dia com a influencer espanhola.

Nova Iorque é cenário de filmes, séries e músicas. Em 2009, Jay-Z e Alicia Keys lançaram Empire State of Mind a música que rapidamente se transformou num sucesso internacional e num hino para todos aqueles que olham para esta cidade como uma porta para a concretização de todos os sonhos. “There’s nothin’ you can’t do/Now you’re in New York/These streets will make you feel brand new/Big lights will inspire you” (não há nada que não possas fazer/Agora estás em Nova Iorque/Estas ruas vão-te fazer sentir novo/As luzes vão te inspirar), canta a Alicia Keys. 

A etiqueta norte-americana acaba de apresentar DKNY Stories, uma fragrância que se deixou inspirar pelo mood da metrópole. “Senti-me inspirado pelas fotografias de Nova Iorque, do passado e do presente”, afirma Stephen Nilsen, o nome responsável desta criação, em comunicado. Este perfume começa com notas frescas de pimenta rosa e mousse de goiaba rosa, componentes que enaltecem a introdução do coração floral da íris preta. “A mousse de goiaba rosa significa os momentos em que o sol nasce e se põe, nos quais banha a cidade com uma luminosidade cor-de-rosa, enquanto que a íris preta foi utilizada para capturar a sofisticação de Nova Iorque”, concluiu. 

DKNY Stories está disponível para venda a um PVP Recomendado de 99,00€ (100ml), 74,00€ (50ml) e 49,00€ (30ml)

 

#NYMadeMe_, a campanha deste lançamento, foi filmada pelo fotógrafo nova-iorquino Gregory Harris. As imagens fervilhantes captaram Grace Hartzel e o seu grupo de amigas a viver Nova Iorque e tudo aquilo que a cidade tem para oferecer. Margaret Zhang, Courtney Trop, Justine Skye e Gala González compõem esse círculo de amizades. 

A blogger, DJ, influencer e diretora criativa espanhola marcou presença na festa que, durante algumas horas, nos transportou para a ilha de Manhattan, tudo graças à decoração e a todos os pormenores - desde o taxi nova-iorquino à exibição de alguns dos filmes mais icónicos passados na cidade de Nova Iorque, como Breakfast at Tiffany’s e When Harry Met Sally. 

Esta foi a oportunidade perfeita para por a conversa em dia com a it girl que nos diz ser “uma honra fazer parte desta campanha gravada em Nova Iorque, cidade que considero minha”, conta-nos González numa criação de Esteban Cortazar em tons de azul e amarelo.

DKNY Stories é um tributo a Nova Iorque, a cidade que a espanhola escolheu para ser o seu lar - depois de estar 13 anos em Londres. Quando lhe perguntamos sobre os sítios a visitar na cidade, responde-nos: “Adoro o meu bairro, Gramercy Park. Lembra-me dos anos em que estive a morar em Londres. Para fazer compras, o meu lugar preferido fica entre o Lower East Side e o NoLita. Para andar de um lado para o outro, adoro o CityBike (uma aplicação de bicicletas)”. 

Quando tem que escolher um perfume, o que é que tem em mente? E onde é que o aplica?

Estar fresca e é preciso que combine com a minha personalidade. Aplico sempre na parte de trás do meu pescoço e na linha do cabelo assim o cheiro propaga-se para o cabelo e as roupas. 

Este novo perfume captura o mood e a atitude que todas as mulheres têm. Seguindo esse mote, qual é a sua energia? O que é que a move?

A liberdade de expressão. Nova Iorque abriu a minha mente e deu-me um ponto de vista totalmente diferente sobre a vida. 

Quais os cuidados de beleza que não dispensa?

Creme hidratante e protetor solar. Uma pele hidratada é uma pele jovem. Um detox de vez em quando é um must. 

© ImaxTree

Se pudesse descrever o seu estilo com uma só palavra, qual seria e porquê?

Eclético. Adoro cores naturais e linhas simples. 

O Inverno está a achegar, se alguém a vir na rua quais as roupas que a vamos ver usar? 

Camisolas e casacos oversized, casacos em lã e shoulder pads.

Se não estivesse a trabalhar na indústria da Moda, o que estaria a fazer?

Adoro estar no behind the scenes. Imagino-me a trabalhar em alguma coisa relacionada com arte.

A Gala é uma grande estrela do street style, qual é o segredo para esse sucesso?
Manteres-te fiel a ti mesmo e ao teu estilo é o mais importante. Digo sempre que adoro loafers e as linhas masculinas, incorporo-as em muitos dos meus looks, sendo ou não trendy.

Quais foram os projetos mais marcantes em que trabalhou em 2018?

O meu livro #GalaGonfidential, no qual trabalhei durante um ano e um projeto que vou partilhar muito em breve.

© ImaxTree

Artigos Relacionados

Inspiring Women 30. 8. 2018

Iris Apfel: "Acho que um sentido de deslumbramento é absolutamente imperativo"

Se a idade importasse, o estilo tinha prazo de validade. E se há coisa que nos ensinam desde pequenos é que o estilo é eterno.

Ler mais

Vídeos 20. 7. 2018

Bendita, Benedita

Aos oito anos, decidiu que queria ser atriz. Não que a idade seja importante quando se tem a paixão, o entusiasmo e a certeza de Benedita Pereira. Onze anos depois de ter conquistado Nova Iorque, a atriz plantou a bandeira em Paris, e conversou com a Vogue sobre o seu mais recente projeto.

Ler mais

Entrevistas 19. 7. 2018

Tomara que Kaia

As supermodelos já não exist...

Ler mais

Entrevistas 18. 6. 2018

A primeira pessoa de Lily Allen

"No Shame", o mais recente trabalho da britânica de 33 anos, é a narrativa que descreve a essência de Lily Allen.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK