Artigo Anterior

Notas positivas

Próximo Artigo

Sun-kissed: os 17 autobronzeadores a ter debaixo de olho

Compras 14. 4. 2020

No gel? No problem.

by Mathilde Misciagna

 

Corria o ano de 2020 e, invadidos pela pandemia e pelas consequências que dela advieram, as redes sociais enchiam-se de mulheres impossibilitadas de sair de casa que divulgavam desesperadas a incapacidade de remover a sua mais-do-que-datada manicure em gel. Este cenário é-lhe familiar? Pois nada tema, curiosamente a solução foi criada nos anos 1920.  

1951 ©Getty Images

Há 100 anos, estávamos por volta do ano de 1920, em pleno crescimento da indústria automóvel e o uso crescente de elementos como a nitrocelulose na pintura dos carros acabou por influenciar o crescimento dos vernizes para unhas (este elemento era o responsável pela aderência do produto na unha). E assim nasceu o primeiro verniz de consistência líquida.

Fast forward para há uns anos atrás, e provavelmente lembrar-se-á da época em que pintar as suas próprias unhas era relaxante e significava um pouco de tempo sozinha com os seus pensamentos. Parece que foi noutra vida, mas não. A manicure em gel tornou-se cómoda e desfizemo-nos de todos os vernizes ditos normais. Caixas com 50 vernizes de todas as cores e acabamentos foram para arrecadações ou, pior, para o lixo. 

Ter o verniz com uma aparência indesejada não é o fim do mundo. Mas é verdade que as suas mãos e o estado das suas unhas pode dizer muito sobre si. Esse problema foi resolvido quando surgiu a manicure em gel, cuja secagem é feita através de luz ultravioleta por profissionais formados em salões de Beleza. Brilho intenso, secagem (ultra) rápida e unhas aparentemente fortes e, sobretudo, esteticamente bonitas durante muito mais tempo.

A manicure demonstra a sua atenção ao detalhe, expressão pessoal e até um pouco de self-care. Um ritual que fazia de 15 em 15 dias na sua esteticista favorita e que não trocava por nada, correto? Pois parece que o momento de trocar, pelo menos durante os próximos tempos, chegou.

A Vogue reuniu 14 vernizes famosos pelo seu desempenho perfeito, aproximando-se ao tão desejado (mas indisponível) gel. Longa duração, brilho, pigmento, consistência, uniformidade e fácil aplicação. Mais um escapismo, uma porta aberta para reavivar memórias antigas e dar asas à sua criatividade. 

        

Artigos Relacionados

Entrevistas 13. 4. 2020

Rute Caldeira: “Meditar: a forma de encontrar paz, no meio do caos!”

Concentração, tranquilidade, combate ao stress e foco no presente. Estes são quatro dos vários benefícios que a meditação nos pode proporcionar.

Ler mais

Notícias 9. 4. 2020

Vogue Global Conversations: o futuro da indústria da Moda

A Vogue lança a primeira série de conversas globais em colaboração com a Vogue Global Network e a Vogue Runway. Stella McCartney, Marc Jacobs, Edward Enninful e Emanuele Farneti, são quatro dos nomes que vão participar nesta iniciativa.

Ler mais

Palavra da Vogue 1. 4. 2020

Horóscopo: as previsões para o mês de abril

Margarida Xavier Marante é a astróloga de serviço para responder a todos os signos, ascendentes e demais elementos estelares. Já sabe o que lhe reserva o mês de abril?

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK