Artigo Anterior

Aqui sou feliz, perdão, livre

Compras 26. 5. 2020

Varandas, (para que) vos quero

by Mathilde Misciagna

 

22 sugestões de decoração para transformar o seu espaço exterior na melhor versão de si mesmo.

© iStock 

Chegou oficialmente o bom tempo e com ele coincidiu a saída de um estado de hibernação forçada, perdão, quarentena. A vontade de passar mais tempo no exterior é inevitável, mas por outro lado o perigo ainda é uma realidade.

Durante o confinamento descobrimos a importância fulcral dos espaços exteriores. Quem não tinha varandas, usou as janelas para comunicar com o mundo lá fora, para absorver os raios de sol, para sentir um pouco de liberdade no rosto. E quem tinha varandas, terraços, quintais ou jardins foi assumidamente privilegiado. E esse privilégio mantém-se, especialmente em centros urbanos. Varandas podem facilmente ser o novo “ir jantar fora”, mais tranquilo e resguardado, transformando-se em locais acolhedores e confortáveis com a decoração certa. Por isso, se tem em sua posse tal maravilha e não está a utilizar cada milímetro quadrado desse espaço em seu melhor proveito, deve reconsiderar.

Quer queira usar a sua varanda para relaxar, socializar ou até criar uma horta biológica, a Vogue dá-lhe 22 sugestões de decoração para transformar qualquer espaço exterior na melhor versão de si mesmo. Vamos lá para fora.

Se precisar de inspiração, não deixe de seguir @degournay, @lisacorti_official@nicolocastellinibaldissera@theworldofinteriors no Instagram.

@degournay

@lisacorti_official

@nicolocastellinibaldissera

@theworldofinteriors  

 

Artigos Relacionados

Compras 30. 4. 2020

Aqui sou feliz, perdão, livre

Não vale a pena negar. É na casa de banho que nos sentimos verdadeiramente livres. Longe de tudo e de todos.

Ler mais

Compras 17. 1. 2020

Au naturel: 12 objetos de decoração para trazer a Natureza para dentro de casa

É hora de respeitar aquilo que a Natureza nos oferece.

Ler mais

Compras 13. 12. 2019

Eu não existo longe de você

Servimo-nos das palavras de Adriana Calcanhoto para relembrar o que por esta altura já devia ser óbvio: há objetos que não existem (mesmo) longe uns dos outros. Separá-los seria um crime punível pelas leis da decoração, da arte e do design.

Ler mais

Palavra da Vogue 13. 9. 2019

Há sempre lugar para mais um

Numa casa portuguesa, há sempre lugar para mais um, com certeza. Seja ao almoço ou ao jantar. E se o prato não combinar ainda melhor.

Ler mais