Atualidade   Guestlist  

Transforming Spaces: revolução induzida pela luz

12 Oct 2022
By Vogue Portugal em colaboração com VELUX

As nossas casas, locais de repouso e conforto, são alvos de uma verdadeira metamorfose nas mãos de VELUX. Através da luz natural, propõe-se uma revolução na forma como interpretamos os nossos espaços domésticos.

As nossas casas, locais de repouso e conforto, são alvos de uma verdadeira metamorfose nas mãos de VELUX. Através da luz natural, propõe-se uma revolução na forma como interpretamos os nossos espaços domésticos.

 O casulo representa a fase transicional na vida das borboletas, o momento no qual se encontram estagnadas, focadas na meta- morfose necessária para a próxima fase da sua vida. A espécie humana não passa por este processo, mas, de certa forma, criamos crisálidas. As nossas casas, locais onde repousamos para angariar forças para o que se avizinha, são, de certa forma, os nossos casulos. Preocupados na forma como este espaço nos molda, a VELUX interpreta as suas janelas como transformadoras do espaço em que se encontram. Capazes de tornar qualquer espaço numa casa, a marca dinamarquesa en-ende a luz solar como catalisador de qualidade de vida. Através da noção de Transforming Spaces, o conceito de casa é alvo de uma verdadeira revolução.

Fotografia de Ismael Jesus
Fotografia de Ismael Jesus

A filosofia de VELUX ressalta que as nossas casas não são apenas para onde vamos no final do dia, são uma extensão de quem somos. Garantir a sua estética e conforto é basilar para transpormos a nossa qualidade de vida ao seu nível mais elevado. A luz solar, acessível através do design das janelas de telhado da marca dinamar- quesa, é uma das componentes mais importantes para assegurar uma saúde mental saudável. Responsável pela produção de serotonina, a exposição à luz natural tem uma influência direta na nossa disposição. As casas, núcleos da nossa essência, necessitam desta luminosidade para se reivindicarem como espaços de felicidade. O crescimento do interesse do significado de bem-estar na casa veio, como seria calculável, do período de confinamento, quando o espaço doméstico se tornou num verdadeiro casulo.

Fotografia de Ismael Jesus
Fotografia de Ismael Jesus

 Fechados e escuros, os casulos da pandemia vieram criar a ne- cessidade de uma nova tipologia de casa: crisálidas translúcidas, onde a luz se movimenta pelo espaço como se de uma borboleta mitológica se tratasse. Capaz de entrar e sair através de janelas, é a delicadeza da luz solar que fundamenta a analogia, flutuando gentilmente adentro de uma casa. Não é só a estética e bem-estar que a VELUX contempla, mas também a sustentabilidade. A presença de luz solar reduz consideravelmente o recurso a luz artificial e, desta forma, poupa recursos energéticos. O que a marca dinamarquesa propõe não são simples ajustes, mas uma verdadeira metamorfose do espaço doméstico. Através das suas propostas, a VELUX con- ceptualiza o interior da casa como harmonioso com a natureza.

Fotografia de Ismael Jesus
Fotografia de Ismael Jesus

Vogue Portugal em colaboração com VELUX By Vogue Portugal em colaboração com VELUX

Relacionados


Notícias  

Westwing já está em Portugal

27 May 2024

Moda  

Chiaroscuro

24 May 2024

Opinião  

O problema não és tu, é a tua mãe

24 May 2024

Pessoas  

Taylor Swift atua em Lisboa e traz consigo novos visuais para a The Eras Tour

23 May 2024