Atualidade   Curiosidades  

To Be Continued | O efeito Gorbachev

11 Oct 2022
By Ana Murcho

Ou quando o bater de umas pestanas em Moscovo fez desabar uma Cortina de Ferro. Era 30 de agosto de 2022 quando morreu aquele que foi o último presidente da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, Mikhail Sergueievitch Gorbatchov. Há quem, em vez de Gorbatchov, escreva e pronuncie Gorbachev. A verdade é que essa é só uma das muitas particularidades de um homem muito particular – e que mudou o mundo.

Ou quando o bater de umas pestanas em Moscovo fez desabar uma Cortina de Ferro. Era 30 de agosto de 2022 quando morreu aquele que foi o último presidente da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, Mikhail Sergueievitch Gorbatchov. Há quem, em vez de Gorbatchov, escreva e pronuncie Gorbachev. A verdade é que essa é só uma das muitas particularidades de um homem muito particular – e que mudou o mundo.

Como se diz em russo – first things first: Gorbachev ou Gorbatchov? “Gorbatchov, lê-se Gorbatchof.” Por via das dúvidas, contactámos uma autoridade: Filipe Guerra, tradutor de literatura russa (tem, em colaboração com Nina Guerra, mais de 70 títulos traduzidos),trabalho pelo qual foi premiado mais do que uma vez. Portanto, podemos confiar tranquilamente, é especialista em Russo. Agora, porquê esta dualidade na maneira de pronunciar, em Portugal e não só, o apelido do último líder soviético? “A dúvida vem da transliteração: Горбачев. Aquele ‘4’ cirílico é ‘tch’ e faz com que o ‘e’ cirílico – que aliás é iô, mas que já não leva trema há dois séculos – soe ‘o’ em russo, e também em português, visto que é sílaba tónica.” A explicação é técnica e Filipe Guerra dá outro exemplo semelhante, mostrando que sucede o mesmo em tchernii (“negros”), “que se lê tchórnii. Se a sílaba não for tónica o ‘e’ lê-se ‘e’.” A sílaba tónica no Russo faz muita diferença. “São peculiaridades da fonética russa”, diz o especialista, que já viveu e trabalhou em Moscovo, antes de concluir: “Na televisão russa todos dizem Gorbatchov.” Tirado este obstáculo do caminho, dediquemo-nos a quem foi Mikhail Gorbatchov.

ORDEM PARA REESTRUTURAR

É muito possível que perestroika seja a principal palavra a reter do legado de Gorbatchovdepois dos seus seis anos de liderança da URSS. Perestroika significa “reconstrução”, mas a maneira como foi aplicado por Mikhail Gorbatchov à economia da União Soviética acabou por lhe emprestar o significado de “reestruturação”. Na prática, a perestroika levou à abertura do mercado soviético ao exterior e à liberalização do mercado interno. As consequências, no imediato, foram nefastas, pelo menos no campo económico, o que terá levado, ou pelo menos substancialmente contribuído para a separação da União Soviética e para a queda da Cortina de Ferro, a barreira invisível que apartava os países comunistas signatários do Pacto de Varsóvia dos outros, chamados ocidentais, quase todos pertencentes à NATO ou, no mínimo, alinhados com esses. Esta consequência acabou por desembocar na queda dos sistemas ditatoriais socialistas e comunistas da maior parte dos países alinhados com a União Soviética e, depois da dissolução desta, na independência de várias repúblicas, como a Ucrânia, a Bielorrússia, a Lituânia, a Estónia, a Letónia, a Geórgia, o Azerbaijão ou o Cazaquistão, entre outras.

ORIGEM HUMILDE E ASCENSÃO RÁPIDA

Mikhail Sergueievitch Gorbatchov nasceu numa família de campónios a 2 de março de 1931 na pequena localidade de Privolnoye, na kray (região administrativa principal) de Stavropol, no Sudoeste da Rússia, entre o Mar Negro e o Mar Cáspio. Sendo a agricultura a principalatividade familiar, não espanta que o próprio Gorbatchov tivesse começado muito cedo nessas lides. Quando entrou a para a Komsomol, a juventude do Partido – o Partido é o Partido Comunista –, o futuro líder trabalhava como operador de ceifeira mecânica nos campos de Privolnoye. O seu desempenho na Komsomol, porém, fê-lo dar nas vistas: em 1952, aos 21 anos, foi cursar Direito na Universidade Estatal de Moscovo. Foi nessa altura que passou a integrar o Partido. Quando terminou a licenciatura, em 1955, passou a deter diversos cargos, tanto na Komsomol como no próprio Partido, nas divisões de Stavropol. A sua ascensão foi rápida: em 1970, passou a integrar o Comité Regional do Partido – há que contextualizar: o Partido Comunista da URSS era uma organização conservadora e estanque, que pouco se renovava e quando o fazia demorava o seu tempo. Em 1971, Gorbatchov tornou-se membro do Comité Central do Partido e, em 1978, passou a ocupar o cargo de Secretário da Agricultura. No ano seguinte, tornou-se candidato a membro do Politburo – o órgão máximo dentro do Comité Central –, passando a membro efetivo em 1980. A ascensão continua e rápida – quando se tornou, em 1985, secretário-geral do Partido, Gorbatchov ainda era o mais jovem membro do Politburo – deveu-se, em grande parte, a ser uma espécie de “delfim”, como se usa dizer em política, de Mikhail Suslov, o líder ideológico do Partido. Durante a liderança de Yury Andropov (1982-84), Gorbatchov foi um dos membros mais ativos do Politburo, o que lhe garantiu visibilidade e fez dele um dos prováveis sucessores do secretário-geral que se seguiu, Konstantin Chernenko, de quem Gorbatchov era também próximo. A liderança de Chernenko duraria pouco mais de um ano: o secretário-geral tomou posse em fevereiro de 1984 e morreu em março de 1985. As previsões confirmaram-se então: o Politburo elegeu Mikhail Gorbatchov secretário-geral do Partido Comunista da União Soviética. O resto é história – uma história que chegou ao fim a 30 de agosto de 2022, com a morte de um dos líderes mundiais mais marcantes da segunda metade do século XX: Gorbatchov foi, para o bem e para o mal, o homem que abriu o Leste comunista ao modo de vida do mundo ocidental.

 

Click here for the English version.

Ana Murcho By Ana Murcho

Relacionados


Notícias  

A centenária Loja das Meias reabre em Cascais

23 Apr 2024

Moda   Compras  

As melhores lojas vintage de Madrid neste momento

23 Apr 2024

Palavra da Vogue  

O que lhe reservam os astros para a semana de 23 a 29 de abril

23 Apr 2024

Compras  

Os melhores presentes para oferecer no Dia da Mãe

22 Apr 2024