Beleza   Tendências  

As sete tendências de Beleza para experimentar agora

11 May 2020
By Tish Weinstock

Das franjas despreocupadas aos winged eyes, aqui estão sete tendências de Beleza para experimentar agora.

Já vimos tudo o que havia para ver na Netflix, já fomos a festas no Zoom, mais do que Truman Capote na vida real, e já nos tornamos em experts na cozinha. Tivemos ainda tempo para pôr em prática os ensinamentos de Marie Kondo no nosso guarda-roupa. A única coisa que nos resta fazer é imaginar como é que vai ser a nossa vida quando tudo isto acabar: onde é que vamos, o que é que vamos fazer e o mais importante qual é o look que vamos escolher. 

A precisar de alguma inspiração de Beleza? Ainda se lembra dos desfiles do outono/inverno 2020 (que tiveram lugar em fevereiro passado), em que algumas das maiores tendências eram sobre liberdade, fantasia e diversão - o antídoto perfeito para os tempos que estamos por casa. Das franjas despreocupadas aos winged eyes, sem esquecer os lábios vermelhos, aqui estão sete tendências de Beleza para experimentar quando tudo isto acabar - e até mesmo para continuar em casa.

Blue is the perfect color

Logo após um episódio de Euphoria, da HBO, os tons de azul tomaram conta dos desfiles do outono/inverno. Azul-lápis em Andreas Kronthaler for Vivienne Westwood, cortesia de Isamaya Ffrench; azul elétrico em Tadashi Shoji, e tons de aquamarine em Prabal Gurung, Moncler e Miu Miu. 

A cor do céu e do mar - uma memória distante para todos aqueles que ainda estão presos dentro casa - passou a representar uma sensação de esperança e liberdade. Na Beleza, é o ponto de partida para o admirável mundo novo do não conformidade e ainda de possibilidades infinitas de juventude. A título de exemplo, temos Jules, interpretada por Hunter Schafer, que não dispensa os tons de azul nos olhos.

Big bang theory

Vamos considerar a franja o equivalente a um face lifting: enaltece os olhos, define as maçãs do rosto e dá-nos uma aparência mais jovem. Não interessa a idade, faça uma franja e imediatamente nos colocamos no papel de uma it girl ingénua - Audrey Tautou, Jane Birkin, Françoise Hardy. Vamos voltar ao “normal” com um visual mais despojado do que nunca, com um corte saído dos anos 70, muito Celine by Hedi Slimane. 

Para alternativas mais contundentes, que trazem um ar de sofisticação, vamos olhar para a Saint Laurent, mas para um ar mais atual, temos os olhos postos na Louis Vuitton, onde as choppy fringes e as micro-franjas foram as palavras-chave.

O eterno vermelho

Vamos lá por os pontos nos is - namorar durante o período de isolamento vem com um punhado de obstáculos. O contacto físico (ou a falta dele) é o mais óbvio para os solteiros. Enquanto as opções limitadas de localização - vamos para a sala ou para cozinha - não nos dá aquela sensação de sexta à noite. Para uma ida ao cinema ou um encontro romântico no nosso restaurante favorito, vamos marcar o regresso aos encontros presenciais com um batom vermelho. Mas não é qualquer tipo de vermelho - pense no glamour hollywoodiano da época dourada. Para uma elegância intemporal, go matte, como vimos em Oscar De La Renta, Jil Sander e Givenchy. Ou então, sex it up com muito brilho como na MSGM e na Lanvin. 

Golden hour

Festas. Lembra-se delas? Não, não estamos a falar daquelas que se fazem agora no mundo virtual. Falamos das festas da vida real, onde podemos sentir o calor de outro corpo quando estamos a dançar. Onde podemos pedir uma bebida que não vem do nosso próprio frigorífico. Pode demorar, mas as festas vão voltar. E quando isso acontecer, regresse no seu melhor. 

Vamos olhar para Tom Ford e para um smokey eye dourado. Ou vamos a Preen para as folhas douradas. Para aqueles que procuram algo mais moderno, devem considerar Prada, onde Pat McGrath experimentou tiras gráficas de ouro. Mas para uma longa duração, até às primeiras horas do dia seguinte, vamos pensar em tons champanhe e detalhes em glitter (como vimos em Gabriela Hearst), para uma sensação de alegria e muito otimismo. 

Roll the dye

Dries Van Noten © ImaxTree
Dries Van Noten © ImaxTree

Vamos dar ao nosso cabelo um ar mais despojado com pinceladas de cor. Raízes verdes em Dries Van Noten, pinceladas scarlet em Alexander McQueen, vermelho ardente em Marine Serre. Este é o cabelo du jour da geração de Billie Eilish. É divertido, é fresco, é despreocupado. Se ainda não fez um DIY ao estilo Dua Lipa, agora é o momento. Ou melhor ainda, vamos até ao nosso hairstylist. Ele já sente a nossa falta. 

Winging it

Marc Jacobs © ImaxTree
Marc Jacobs © ImaxTree

É o primeiro dia de regresso ao escritório, não há mais crianças nas Zoom calls. Pela primeira vez, em muito tempo, vamos enfrentar os nossos colegas de trabalho, e tal feito exige um ar profissional. Vamos pensar em linhas lisas e bold wings. Vamos a Marc Jacobs e Moschino para inspiração. Mas se quer ser mais aventuras, opte por um toque de brilho, como vimos na Valentino. Ou smokey eyes com duas tonalidades, cortesia de Altuzarra. 

Dar o nó

A quarentena terminou e os ginásios vão finalmente abrir? Hello darkness, my old friend. Não estamos mais confinados às nossas salas de estar e os nossos treinos voltam ao domínio público. As gym selfies vão voltar em grande e, por isso mesm,o é preciso antecipar o sistema com uma das assinaturas de Beleza dos desfiles de outono/inverno, um apanhado mais desportivo. Olhemos para os cabelos de Sam McKnight para a Fendi, inspirado por Star Wars e cinnamon buns, ou então as opções em Badgley Mischka e Altuzarra. 

Tish Weinstock By Tish Weinstock

Relacionados


Entrevistas  

Hannah Mills, um role model dentro e fora dos oceanos

12 Jun 2024

Moda   Coleções  

Max Mara Resort 2025

12 Jun 2024

Moda  

Open Call | Metropol

11 Jun 2024

Notícias  

Como assistir à transmissão do livestream do Vogue World 2024: Paris, apresentado por Cara Delevingne

11 Jun 2024