Artigo Anterior

Celebrate Good Times

Próximo Artigo

20/20 Vision

Tendências 7. 12. 2022

Só se vive uma vez?

 

Não, se a pergunta for feita ao guarda-roupa das páginas que se seguem. Uma seleção de peças que, mais do que usar o termo segunda-mão para descrever as suas vidas anteriores, são itens que se cosem a linhas de histórias para contar – e por contar. Aqui, em vez de cada conto acrescentar um ponto, é mais cada ponto acrescenta um conto: contos de primeiros dates, de memórias inesquecíveis que se imprimem em cada bordado, de dias que duraram um minuto no corpo e eternamente no vestuário. Estas peças podem chegar de outras décadas, mas não se extinguiram no seu tempo passado. Persistem, na economia circular que o planeta dos dias de hoje exige, intemporais na qualidade, no estilo e na capacidade de gerar recordações que ficam para sempre.

Fotografia de Hannes Heinzer. Styling de Hanna Rueckert.

Top e colar de pérolas (usado no pulso), ambos CHANEL.

Botas, MIU MIU. Mesa Parable, EERO AARNIO 1993.

Camisola e brincos em metal com cristais, ambos CHANEL. Cadeira Utrecht, GERRIT RIETVELD 1935.

Casaco, top e saia, tudo PRADA. Soutien, da produção. Brincos em metal com pérolas e cristais, CHANEL.

Carteira Art Camera em pele, CHANEL.

 
Top, MIU MIU. Collants, da produção. Sapatos Almond, BOTTEGA VENETA. Cadeira Thron, HANS EICHENBERGER 1979.

Sapatos Almond, BOTTEGA VENETA.

Brincos em metal com pérolas e cristais, CHANEL. Esponja Leo em poliéster, CONNIE HÜSSER para HAY.

Casaco, PRADA. Brincos em metal com pérolas e cristais, CHANEL.

 

Modelo: Jade Eliasek @ Scout Model Agency.
Cabelos e maquilhagem: Tilia Novotny.

Editorial realizado em exclusivo para a Vogue Portugal.