Moda   Tendências  

Pyo, o nome do futuro

14 Dec 2017
By Ana Carvas

As silhuetas femininas mais avant garde do momento têm um nome, Rejina Pyo.

As silhuetas femininas mais avant garde do momento têm um nome, Rejina Pyo.

A designer de origem coreana entrou no universo da Moda para exaltar a figura da mulher e fá-lo com elegância e sem o menor esforço. Ou, pelo menos, é o que aparenta.

Foi na aclamada escola de Moda londrina, Central Saint Martins, que começou o seu percurso na indústria. A partir daí, seguiram-se várias experiências na área - de assistente de Roksanda Ilincic a uma colaboração com a gigante sueca H&M. Em entrevista ao Business of Fashion, Pyo descreveu a sua ideologia na arte do design: “Eu acho que é bom quando a coleção não é muito exuberante. Eu uso esta marca mas, se deixar mais alguém feliz por usá-la também, isso é incrível. Eu gosto da ideia de dar às pessoas algum espaço de manobra”.

Durante as apresentações das propostas para a primavera/verão 2018, na semana de Moda de Londres, os olhos estavam postos em Rejina, a marca que, embora exista há cerca de três anos, desfilou pela primeira vez nos circuitos das semanas de Moda.

O seu talento revela-se nas silhuetas oversized mas femininas, no design único e estética gráfica inspirada na arte abstrata. E, em tão pouco tempo, caiu nas graças de it girls como a francesa Camille Charrière, Pandora Sykes ou Leandra Medine. Nomeada na categoria “talento emergente britânico, womenswear”, na edição deste ano dos Fashion Awards, perdeu para Michael Halpern. Ainda assim, saiu a ganhar porque a designer que conta com mais de 93 mil seguidores no Instagram tem nas mãos o futuro da Moda.

Ana Carvas By Ana Carvas

Relacionados


Coleções  

Étoile des Vents, a nova viagem da Dior

17 Jul 2024

Moda  

Open Call | Mystic Echo

16 Jul 2024

Palavra da Vogue  

O que lhe reservam os astros para a semana de 16 a 22 de julho

16 Jul 2024

Opinião   Editorial  

Editorial | "Winners Never Quit", julho-agosto 2024

16 Jul 2024