Artigo Anterior

Rosa é a cor mais quente

Próximo Artigo

Exclusivo: Campanha de outono/inverno 2017 da Mango

À procura da perfeição

Guestlist 6. 6. 2017

by Carlota Morais Pires

 

Será que a tecnologia nos tornou escravos da Beleza? Até onde queremos ir para contrariar os sinais do tempo? Qual é a cirurgia estética mais procurada? A Vogue sentou-se no consultório de Ibérico Nogueira e perguntou tudo o que sempre quis saber.

Qual o procedimento estético mais procurado aos 20, 30 e 40 anos?

Relativamente às diferentes faixas etárias diria que a prioridade comum é o aspeto, a qualidade e a hidratação da pele. Assim, as pacientes, de forma geral, procuram prevenir e retardar o aparecimento das primeiras rugas e rídulas, ou seja, os primeiros sinais de envelhecimento

Para estes casos existem diferentes tratamentos de rejuvenescimento facial, como o ácido hialurónico e a infiltração de toxina botulínica, o LaserLeap e os chamados skinboosters. Na generalidade, grande parte destas intervenções estéticas podem ser realizados apenas com anestesia local num processo minimamente invasivo com um período de recuperação de 3 a 5 dias.

Principalmente a partir dos 30 anos, a firmeza dos glúteos e a eliminação da gordura localizada e celulite são a principal preocupação. É também nesta altura que aumenta a procura de cirurgias pós-gravidez que solucionam problemas como, por exemplo, a flacidez mamária e abdominal. No primeiro caso, poderá ser necessária lipoescultura com lipoenxertia nos glúteos, radiofrequência, drenagem linfática manual ou mecânica (ex: LPG). Para solucionar a flacidez mamária a abdominal a cirurgia é a melhor opção: ou o aumento ou lift mamário (mastopexia) e para a região abdominal a mini-abdominoplastia ou abdominoplastia.  

partir dos 40 mantém-se a preocupação com a gordura, principalmente na região do abdómen, flancos e culote.

E quais são os tratamentos mais procurados pelos homens?

Nos últimos anos, os homens têm vindo a procurar cada vez mais os tratamentos cirúrgicos estéticos, principalmente a lipoaspiração abdominal e a rinoplastia, além de procedimentos não cirúrgicos, como o botox, as vitaminas e o preenchimento com ácido hialurónico.

Depois dos 40 anos, a maior preocupação dos homens é a eliminação da gordura na zona da "papada", o abdómen e o peitoral são os maiores problemas.

Qual a cirurgia mais recorrente?

Dediquei-me particularmente à cirurgia da face e é precisamente nesta área da cirurgia estética que sou mais procurado. O rejuvenescimento facial em procedimentos como blefaroplastia, o face-lift e o mini-lift e a rinoplastia são as cirurgias que realizo praticamente todas as semanas, isto ao longo dos últimos 30 anos.

Se a paciente for muito nova, em que situações é que o médico a deverá dissuadir de avançar?

O médico deverá verificar alguns pontos de análise para tomar a sua decisão, nomeadamente o perfil psicológico, a relação entre custo e o benefício, além do desenvolvimento físico e morfológico. É importante saber se a cirurgia é uma solução definitiva ou temporária e se esta trará bem-estar físico e psicológico ao paciente.

Há que diagnosticar se o motivo da consulta é meramente um capricho de criança ou adolescente ou se, efectivamente, é motivo que interfira com a qualidade de vida e estado emocional do paciente. Nos últimos anos ouvimos falar muito em bullying entre crianças e adolescentes. Estas situações sempre existiram, mas penso que hoje estamos todos mais atentos e despertos para estes casos. É importante referir que a cirurgia estética não é a solução para este problema, mas em alguns casos, pode ajudar no normal desenvolvimento psicológico de um adolescente; aí sim, o médico poderá propor uma intervenção cirúrgica. Caso contrário, deverá explicar ao paciente e aos seus pais os motivos que o levam a não realizar a intervenção. 

Quais são as últimas novidades em cirúrgia estética que podemos encontrar na clínica?

Nos últimos anos tenho-me dedicado particularmente ao desenvolvimento de técnicas minimamente invasivas de rejuvenescimento facial. O soft-lift e laser leap são os dois procedimentos estéticos mais recentes na Clínica IN. Os dois tratamentos podem ser realizados individualmente ou ser complementares, sendo o primeiro um tratamento cirúrgico e o segundo não cirúrgico.

soft lift consiste no tratamento minimamente invasivo da flacidez instalada na face e região cervical através do uso da radiofrequência sub-cutânea, efectuada sob anestesia local e sem internamento. Este procedimento evita cirurgias radicais com recuperação demorada, pois a paciente em 3 a 5 dias regressa à vida normal. Respondendo aos mais elevados padrões de qualidade, a eficácia deste tratamento está ancorada na personalização e adaptação da melhor técnica a cada caso. 

A nova tecnologia, designada LaserLeap, permite efetuar diversos tratamentos dermocosméticos sem qualquer tipo de dor ou desconforto, tal como se fosse uma seringa electrónica sem agulha. Este novo Laser veio finalmente permitir a penetração através da barreira cutânea de diversas formulações, entre as quais o ácido hialurónico, o que até agora só era possível através das clássicas injeções com seringas e agulhas.

O melhor conselho de beleza para uma mulher em qualquer idade?

Saber envelhecer, física e psicologicamente. Por isso, uma alimentação saudável e exercício físico regular devem ser uma prioridade.  Relativamente aos tratamentos e cirurgias estéticas aconselho a que haja prudência - estar informado e pesquisar "o que", "onde" e "como" fazer é essencial. 

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK