Atualidade   Notícias  

Peter Lindbergh morreu ontem, aos 74 anos

04 Sep 2019
By Mónica Bozinoski

Conhecido pelas suas imagens poderosas e cinematográficas, o lendário fotógrafo faleceu ontem, dia 3 de setembro, aos 74 anos. A notícia foi avançada hoje, dia 4 de setembro, pela família.

Conhecido pelas suas imagens poderosas e cinematográficas, o lendário fotógrafo faleceu ontem, dia 3 de setembro, aos 74 anos. A notícia foi avançada hoje, dia 4 de setembro, pela família.

Peter Lindbergh ©Instagram | @therealpeterlindbergh
Peter Lindbergh ©Instagram | @therealpeterlindbergh

Nascido em 1944 na cidade de Leszno (situada na Polónia e ocupada pela Alemanha até 1945), o lendário fotógrafo Peter Lindbergh faleceu ontem, dia 3 de setembro, aos 74 anos de idade. A notícia foi avançada aos meios de comunicação internacionais hoje, dia 4 de setembro, pela família do próprio, que fez também um comunicado através do Instagram.

Com uma carreira que se estendeu por mais de quatro décadas, Lindbergh fotografou alguns dos maiores nomes da indústria da Moda e do Cinema, das mais influentes supermodelos dos anos 90 a atrizes como Uma Thurman, Julianne Moore, Emma Watson e Lupita Nyong'o, bem como Meghan Markle, Duquesa de Sussex.

As suas fotografias cinematográficas e os seus retratos íntimos a preto e branco ajudaram não só a questionar, mas também a redefinir, o ideal de beleza: enquanto a indústria da Moda recorria a retoques, Photoshop ou filtros, Peter Lindbergh captava as suas modelos ao natural, realçando a autenticidade, a verdade e a realidade de cada uma delas. "Esta devia ser a responsabilidade de todos os fotógrafos, hoje: libertar as mulheres, e em última instância todos nós, do terror da juventude e da perfeição", escreveu o fotógrafo no seu livro de 2015, Images of Women II

Em 1988, Peter Lindbergh foi convidado por Anna Wintour para fotografar a primeira edição desta como diretora ao leme da Vogue norte-americana, em novembro do mesmo ano. O fotógrafo captou imagens igualmente emblemáticas de nomes como Linda Evangelista, Cindy Crawford e Naomi Campbell, e emprestou o seu génio criativo ao Calendário Pirelli em 2017, naquele que foi um marco histório e um ponto de viragem para o projeto. 

A modelo Eva Herzigova, que foi fotografada por Lindbergh em diversas ocasiões ao longo da sua carreira, disse à Vogue sobre o fotógrafo: "O Peter fotografou-me desde os meus 16 anos. Senti-me sempre protegida na sua companhia e adorava aquelas imagens fascinantes a preto e branco, que expressavam a força das mulheres através dos seus olhos. Ele conseguia captar a alma das pessoas [numa imagem]." 

Um dos seus últimos registos fotográficos conhecidos até ao momento foi a edição de setembro deste ano da Vogue britânica, co-editada por Meghan Markle, Duquesa de Sussex. O fotógrafo foi responsável por captar as 15 "forças pela mudança", entre elas Adut Akech, Laverne Cox, Salma Hayek Pinault, Jane Fonda e Jameela Jamil. "Eu odeio retoques. Odeio maquilhagem. Costumo dizer sempre ‘tira a maquilhagem'", referiu o fotógrafo, citado pela edição britânica da Vogue, aquando da realização desta produção. 

A modelo Linda Evangelista foi uma das primeiras personalidades a reagir à morte do fotógrafo: "De coração partido. R.I.P. meu Peet", escreveu na sua conta de Instagram. Nomes como Kate Moss, Naomi Campbell, Cindy Crawford, Rihanna, Victoria e David Beckham, e Meghan Markle, Duquesa de Sussex, prestaram também tributo ao lendário fotógrafo através das redes sociais. 

Mónica Bozinoski By Mónica Bozinoski

Relacionados


Moda   Coleções  

MFW outono/inverno 2024 | Na Semana de Moda de Milão, o jogo de cadeiras não pára

29 Feb 2024

Tendências  

Nailed it

29 Feb 2024

Moda   Eventos  

PFW Backstage | Cecille Bahnsen

29 Feb 2024

Lifestyle  

Hermès: reabertura da icónica loja em Lisboa

28 Feb 2024