Artigo Anterior

O diário de um detox digital

Próximo Artigo

Homecoming: um drama viciante e a estreia de Julia Roberts na TV

Tendências 14. 11. 2018

Papéis trocados

by Ana Carvas

 

E se lhe disséssemos que Leonardo DiCaprio podia não ter sido Jack no Titanic? Ou que Bella Swan, da saga Crepúsculo, podia ter sido Jennifer Lawrence e não Kristen Stewart?

©D.R.

Vejam-se alguns exemplos: a icónica personagem de Julia Roberts no filme Pretty Woman, de 1990, até hoje um exemplo de estilo eternizado pela história do cinema - do vestido vermelho que levou à Ópera ao castanho às bolinhas que nos faz sonhar até hoje com um amor de verão à beira-mar - podia ter sido interpretada por Daryl Hannah. Ou, ainda, no filme que explora os dramas de trabalhar numa revista de Moda, O Diabo Veste Prada, de 2006, Miranda Priestly poderia ter sido Kim Basinger em vez de Meryl Streep. 

Numa entrevista de 2015, Harvey Weinstein revelou que Anne Hathaway foi a primeira escolha para o papel de Tiffany, a personagem principal de Silver Linings Playbook, e não Jennifer Lawrence. Contudo, ao lado de Bradley Cooper, a atriz saiu-se tão bem que nesse ano (2013) levou para casa o Óscar de Melhor Atriz Principal. 

Antes de Emma Stone ser considerada para o papel de Mia, em La La Land (que lhe valeu também o Óscar de Melhor Atriz Principal, em 2017), Emma Watson era o nome em cima da mesa. A atriz conhecida pelo clássico Harry Potter acabou por recusar o papel para fazer outro musical, a nova versão do Beauty and the Beast da Walt Disney Pictures. 

Em conversa com Howard Stern, durante uma entrevista em 2015, Gwyneth Paltrow revelou que não só recusou fazer o papel de Rose (que foi então atribuído a Kate Winslet) no filme de James Cameron, Titanic, como recusou o papel de Heather Graham no clássico Boogie Nights. Bem dizem que a vida é feita de escolhas. 

A verdade é que há papéis que valem mais do que mil palavras, que definem uma carreira e, acima de tudo, nos fazem ver os atores com outros olhos. Por isso, em alguns enredos, se os protagonistas fossem outros a história escrever-se-ia de forma muito diferente.  

Artigos Relacionados

Tendências 25. 8. 2017

Tim Burton por uma lupa

A genialidade de Tim Burton reflete-se nas suas criações para Cinema, onde o humor e o terror confluem de forma encantadora. Mas aqui, olhamos para a história do guarda-roupa dos seus filmes.

Ler mais

Curiosidades 18. 8. 2017

7 Coisas que não sabia sobre Edward Norton

Ator. Produtor. Cineasta. Ativista. Ed Norton celebra hoje o seu 48º aniversário e aproveitamos para lhe contar algumas curiosidades sobre o intérprete americano.

Ler mais

Tendências 16. 8. 2017

Regresso aos 80’s em 30 Filmes

A propósito da visita ao passado do novo filme de Richard Linklater aproveitamos para relembrar néons, calças de cintura alta, materialismo consumido, Michael Jackson, Madonna e uma década de cinema simplificado para o grande público.

Ler mais

Tendências 9. 8. 2017

10 Heroínas Modernas que provam que o lugar da Mulher é no centro da Ação

Olhamos para as heroínas que abriram caminho à emancipação cinematográfica da Mulher no género de Ação.

Ler mais

Tendências 28. 7. 2017

Sidekicks for the Win!

Os verdadeiros heróis são maiores do que a vida, mas, ocasionalmente, os seus mais fieis companheiros roubam-lhes as luzes da ribalta.

Ler mais

Tendências 13. 7. 2017

6 Reboots que fizeram história

Reimaginar um universo cinematográfico nem sempre é fácil – como o comprovam centenas de exemplos falhados na história do Cinema... mas há quem o tenha feito (muito) bem!

Ler mais

Curiosidades 23. 6. 2017

Antes de Hollywood? Os anúncios!

Sabia que Brad Pitt já delirou com batatas Pringles? Ou que Charlize Theron foi a femme fatale de Martini? Ou que Cate Blanchett esfregou a lâmpada mágica para ter um stock interminável de bolachas?

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK