Moda   Notícias  

New York Fashion Week: 9 marcas para manter debaixo de olho

16 Sep 2021
By Mariana Silva

O calendário da Semana de Moda de Nova Iorque esteve repleto de novidades e nomes a não esquecer.

O calendário da Semana de Moda de Nova Iorque esteve repleto de novidades e nomes a não esquecer.

Khaite © Instagram
Khaite © Instagram

Todos os nomes começaram por ser pequenos nomes. E depois cresceram. Transformaram-se em gigantes da indústria que fecham os calendários das Semanas de Moda mais importantes do mundo. Todavia, para isso acontecer, precisaram de uma plataforma. E ninguém pode negar a importância da New York Fashion Week enquanto um meio de lançamento de novos talentos. 

Dessa forma, procurámos entre o calendário oficial alguns dos nomes que podem vir a soar cada vez mais alto nos próximos anos. Estas são as nove marcas para manter debaixo de olho.

Alejandra Alonso Rojas

Nascida em Madrid, Alejandra Alonso Rojas apresentou a sua primeira coleção na temporada de outono/inverno de 2017 e agora desfila no calendário principal da Semana de Moda de Nova Iorque. Para a primavera de 2022, a designer, especialista em knitwear, mostrou-nos o seu lado mais colorido, com um toque de alfaiataria a aprimorar alguns dos seus looks. Todavia, Rojas destacou-se principalmente pelos acessórios que completaram o styling da sua apresentação, nomeadamente os capuchos presentes numa grande parte dos conjuntos. 

 

threeASFOUR 

Adi Gil, Ange Donhauser e Gabi Asfour são os designers por detrás da threeASFOUR, uma marca que, embora não seja recente, é ainda desconhecida por muitos. A verdade é que uma boa fashion week precisará sempre de um toque teatral, experimental, um momento em que a roupa deixa de ser material para ascender a uma forma de arte superior. E é precisamente isso que os três designers norte-americanos procuram trazer com as suas coleções. Nesta edição da Semana de Moda de Nova Iorque, threeASFOUR desfilou em tons arco-íris, com peças que primaram pelo maximalismo e pela irreverência.  

 

Bevza

Do colorido e extravagante passamos para o branco limpo e etéreo que caracteriza as propostas de primavera/verão 2022 de Bevza. A marca de Svetlana Bevza é natural da Ucrânia, onde apresentou as suas primeiras coleções em 2016 e 2017, mas desde então a designer tem vindo a mostrar o seu talento nas passerelles nova-iorquinas. Com uma paleta em tons neutros e peças que marcam pela simplicidade, a marca que já vestiu Gigi Hadid e Emily Ratajkowski, tem todas as características reunidas para revelar um futuro promissor. 

 

Private Policy

Estreou-se com menswear, mas foi a partir da coleção de outono de 2021 que se lançou no mundo da Moda feminina. Private Policy faz agora parte do calendário oficial da New York Fashion Week, onde se revela uma marca atual e urbana, que segue as tendências preferidas pelas gerações mais novas. A sua coleção de primavera/verão 2022 combina peças de streetwear com tecidos, tons e padrões caracterizados pela leveza e feminilidade. 

 

Khaite

Fundada em 2016, Khaite apresentou a sua primeira coleção na temporada de outono/inverno do mesmo ano, com Catherine Holstein enquanto diretora criativa da marca. Desde sempre que esta se revelou uma marca de oposições. Nas suas coleções batalham entre si o masculino e o feminino, a estrutura e a fluidez, o passado e o presente. Mas as propostas para a próxima estação não deixaram de ser uma reflexão dos tempos que agora se vivem, apresentando designs simples para nos fazer voltar ao (re)começo.

 

Theophilio

Se muitas das marcas que compõem esta lista podem não ser uma novidade, o mesmo não se verificará com Theophilio, que se estreou na NYFW este ano. A marca do jamaicano Edvin Thompson trouxe a herança cultural do designer para o centro da passerelle, com looks, cores e padrões que nos remetem para a bandeira do país. Numa mistura entre looks masculinos, femininos e unissexo, destacaram-se as silhuetas justas complementadas por casacos oversize, e ainda os materiais que abrangem desde os aveludados às redes e aos tecidos que primam pela transparência.

 

PH5

A marca de Wei Lin e Zoe Champion estreou-se na Semana de Moda de Nova Iorque em 2017 e desde esse momento que regularmente exibe novas coleções na plataforma de Moda norte-americana. PH5, conhecida pelo seu trabalho com knitwear, apresenta-se como uma marca ousada com um toque feminino, o que pode ser apercebido pelas suas propostas para a primavera/verão 2022. Os tons neon, os padrões irreverentes e os designs arrojados fazem desta marca uma promessa para manter debaixo de olho. 

 

Sandy Liang

Sandy Liang é a designer por detrás da marca homónima que começou em 2014, mas que se apresenta na NYFW desde a temporada de primavera de 2018. Liang é, antes de tudo, uma nova-iorquina e isso reflete-se nos próprios designs da marca, pois estes conseguem conjugar a função utilitária e prática da Moda ao mesmo tempo que revelam caráter e uma forte índole de expressão pessoal. Nesta edição, Sandy Liang apostou numa versão mais muted dos tons e padrões típicos da primavera, dando ainda destaque aos vestidos fluídos. 

 

Staud

Com dois anos no currículo enquanto marca residente no calendário oficial da New York Fashion Week, Staud tem-se revelado uma das maiores inspirações na utilização de cor e, mais propriamente, de técnicas de colorblocking. Todavia, quando Sarah Staudinger e George Augusto criaram a marca em 2015, era o design que estava no centro da sua preocupação. Assim, ao juntar estas duas componentes, Staud apenas se podia revelar um caso de sucesso. Para a primavera/verão de 2022, a marca fez do seu desfile uma verdadeira festa, apostando em combinados que trarão vida à época do pós-pandemia. 

Mariana Silva By Mariana Silva

Relacionados


Agenda  

Lisbon Design Week 2024 | A semana dedicada ao design começa hoje

22 May 2024

Tendências  

Who let the baby bump out?

22 May 2024

Compras   Roteiro  

As melhores lojas vintage da Europa

22 May 2024

Moda  

For life

22 May 2024