Atualidade   Guestlist  

Paula's Ibiza: quem é e porque é que Ibiza é sua?

15 Jun 2022
By Vogue Portugal em Ibiza

Na verdade, não é (só) sua. Esta Ibiza é também de Jonathan Anderson e do seu génio criativo na Loewe.

Na verdade, não é (só) sua. Esta Ibiza é também de Jonathan Anderson e do seu génio criativo na Loewe.

Paula's Ibiza Eclectic, o Eau de Toilette da Loewe para 2022.

A direção artística do britânico na casa espanhola não tem passado despercebida desde que o designer entrou na marca, em 2013. Bebendo do seu legado centenário, mas respondendo às exigências do mercado de hoje, Anderson tem sabido criar objetos de desejo que têm tanto de culto como de comercial, não fazendo nenhum séquito de fãs hesitar na hora de transitar da passerelle - ou do charriot - para o quotidiano. Mas, ainda assim, roubando todos os olhares dos demais transeuntes pelo design original e toque playful que Jonathan tem sabido imprimir de forma sofisticada. E os perfumes não são exceção, como prova este Paula's Ibiza, agora em versão Eclectic, reinventado para 2022, depois da fragrância se ter estreado em 2020. O perfume integra a coleção cápsula com o mesmo nome, que procura naquele título o mood veraneante e vibrante das Baleares, bem canalizado pelos tempos áureos nos anos 70 e 80 de Paula's Ibiza, esse prolífero espaço da ilha conhecido pelos seus prints ecléticos. Hoje, a loja já não existe, mas a filosofia persiste nesta gama de Jonathan para a Loewe e no aroma que a acompanha.

Nesta expressão olfativa para 2022, lançada em abril, a casa continua o propósito de colocar numa fragrância o ethos deste espírito de festa que é Ibiza, incrementando o seu fator de escapismo: praticar o desapego é o que se pretende neste modo "férias de verão", que é, na verdade, todo o aroma deste Paula's Ibiza Eclectic. Notas de flor de laranjeira e jasmim trazem o toque floral, acompanhadas da frescura da tangerina de Madagáscar e do calor da pimenta preta; o exotismo do incenso no coração do perfume alia-se à sofisticação do coco e baunilha sublinhados pela riqueza do ylang ylang, almíscar e sândalo australiano para completar o aroma estival. 

Eau de Toilette Paula's Ibiza Eclectic, €73, Loewe.
Eau de Toilette Paula's Ibiza Eclectic, €73, Loewe.

O frasco dá continuidade ao repto: o degradé a lembrar os melhores sunset sobre o mar encontram eco nas tonalidades do padrão exótico que finaliza o packaging, num revivalismo de um dos prints de arquivo da Paula's Ibiza original, criado pelos fundadores da loja - Armin Heinemann e Stuart Rudnick. O objetivo é claro: celebrar a liberdade e o espírito ousado que o tempo quente - e Ibiza - parece trazer ao de cima em todos nós. Não é à toa que a cápsula de ready-to-wear preconiza esta mesma sensação, ou melhor, emoção: franca e hedonista, há sensualidade e exuberância tanto quanto descontração e tradição nos materiais e malhas, essa dicotomia que tão bem reflete a quintessência balear. 

Paula's Ibiza, a origem

Quando o arquiteto alemão Armin Heinemann chegou a Ibiza em 1972, estava longe de imaginar que a boutique chamada Paula's - que fundou com o amigo Stuart Rudnick e que lhe fora um pouco impingida (contou numa entrevista que procurava continuar a sua profissão por terras espanholas, mas a loja acabou nas suas mãos) -, se tornaria numa morada icónica para o estilo hippy e psicadélico dos seventies, não perdendo fulgor nas décadas seguintes, com as suas blusas, estampados e padrões vibrantes, como uma meca de Moda para o espírito hedonista do local onde se erguera, Ibiza.

Armin Heinemann & Stuart Rudnick, fundadores de Paula's Ibiza.
Armin Heinemann & Stuart Rudnick, fundadores de Paula's Ibiza.

Um chamariz para todos os apaixonados pela sua vibe boémia (diz que Jean-Paul Gaultier e Freddy Mercury faziam parte do follower count da altura), mesmo com o seu encerramento no final do séc. XX, o seu simbolismo e iconicidade não se perderam - de tal forma que Jonathan Anderson, através da Loewe, revisitou esse mesmo espírito em 2017, lançando a agora recorrente cápsula de womenswear e acessórios sem a qual já não sabemos viver sem. O motivo deste revivalismo prende-se com as memórias do britânico, que passava férias nas Baleares, na sua infância, e Paula's Ibiza era um nome mais do que familiar para o criativo. 

A Ibiza de Loewe, o presente e futuro

O lançamento do novo Paula's Ibiza Eclectic serve de gancho para celebrar e materailizar tudo o que o perfume - e a coleção cápsula - representa: o escape, a festa, o mood estival, a liberdade do verão. Por isso, a marca pôs em prática o que o aroma veicula num fim-de-semana por Ibiza recheado de experiências a propos, como um típico mercadillo, mas com bancas com curadoria Loewe, albergando artesãos locais, artigos da marca escolhidos a dedo e até um corner revivalista com peças vintage de Paula's Ibiza.

Regado a calor, comemoração e descontração, houve espaço para relaxar até ao sol se pôr e dançar até ao sol nascer, em convívios que deixavam adivinhar a etiqueta por detrás daquela celebração. Tudo revestido nos prints mais icónicos da coleção, que cobriram mesas e almofadas e toldos e tendas do mercadillo, tanto quanto um rol de guests (entre amigos da marca, incluindo o emblemático duo de fundadores de Paula's, e imprensa) vestidos a rigor em Loewe. Numa versão low-key, Jonathan Anderson não perdeu um minuto de cada celebração, quiçá revivendo as memórias dos tempos de menino.

Jeanne Cadieu & Jonathan Anderson
Jeanne Cadieu & Jonathan Anderson

Vogue Portugal em Ibiza By Vogue Portugal em Ibiza

Relacionados


Notícias   Guestlist  

YSL Loveshine brilha na capital espanhola

19 Apr 2024

Estilo   Moda   Tendências  

Tendências do guarda-roupa das nossas mães e avós que regressam na primavera/verão de 2024

19 Apr 2024

Atualidade   Eventos   Notícias  

Tudo o que deve saber sobre a Met Gala de 2024: Tema, anfitriões e muito mais

18 Apr 2024

Atualidade   Estilo   Moda  

E o dress code da Met Gala de 2024 é...

18 Apr 2024