Artigo Anterior

Da Roma Antiga à Alta-Costura: a história dos autocolantes na Beleza

Próximo Artigo

#nailinspiration: unhas apaixonantes

Tendências 4. 2. 2022

Como Lily James se transformou em Pamela Anderson para Pam & Tommy

by Lauren Valenti

 

A equipa de Beleza de 'Pam & Tommy' guia-nos pelo processo de design do cabelo, da maquilhagem e da prótese por detrás da metamorfose incrível que transforma James em Anderson em quatro horas.

© Erin Simkin/Courtesy of Hulu

Acreditem no que vos digo, eu, uma editora de Beleza que já fez de tudo para se transformar em Pamela Anderson no Halloween: tornar-se nela é um desafio. E eu só o fiz por uma noite; uma tarefa insignificante em comparação com os cinco meses de gravação de uma adaptação biográfica de proporções épicas. Isto tudo para dizer que devemos uma vénia a Lily James e à equipa de Beleza que a transformou na ativista e estrela de Baywatch para a série da Hulu Pam & Tommy, que saiu dia 2 de janeiro. De certeza que, por esta altura, já puderam ver as fotografias virais de James transformada na mais notável bombshell loira dos anos 90. As semelhanças incríveis da atriz britânica com Anderson, em toda a sua glória de loiro platina e tatuagens de arame farpado, surpreenderam os fãs e o público em geral. E no meio do ressurgimento da estética dos anos 90 e Y2K, serviu como uma ajuda para nos lembrarmos do quão influente e impactante foi (e é) a beleza única de Anderson.

Com a sua figura a ser construída nos parâmetros de uma sex symbol, tal como foram Marilyn Monroe e Brigitte Bardot, Anderson introduziu códigos de Beleza próprios – sobrancelhas muito finas, lábios metalizados e delineados para lá da sua forma, e um cabelo comprido, brilhante e clareado – que definiram a época. “Enquanto alguém que cresceu a idolatrar a Beleza das mulheres e o poder que o cabelo tem em nos demarcar, Pam esteve sempre no topo da minha lista de referências,” explicou o líder da equipa de cabelos de Pam & Tommy Barry Lee Moe. “Tudo no seu aspeto parecia caótico, mas sem esforço. Ela vivia e respirava beleza e glamour e será sempre uma referência aos meus olhos.” O maquilhador de efeitos especiais Jason Collins está de acordo: “O cabelo loiro, as sobrancelhas e a sua silhueta são um marco de como a Beleza norte-americana idolatrada era naquele tempo e [porque ela] esteve presente no zeitgeist da cultura popular,” explica Collins. “Ela capturou um momento no tempo e definiu tendências de Beleza que muitos queriam replicar. É por isso que tantas pessoas têm interesse nela.”

Aqui, a equipa de Beleza de Pam & Tommy guia-nos pelo processo de design do cabelo, da maquilhagem e da prostética por detrás da metamorfose incrível que transforma James em Anderson em quatro horas. 

O cabelo loiro bombshell 

© Erin Simkin/Courtesy of Hulu

“Quer estivesse ela a proteger-se com a sua juba de caracóis volumosos que demonstravam força e confiança, ou a revelar o seu lado mais doce com um apanhado relaxado nos seus momentos mais íntimos com Tommy em casa, Pam fazia uso do seu cabelo sempre que possível e fazia com que parecesse natural,” explica Moe relativamente ao escudo loiro de Anderson. Para criar os looks de cabelo de Anderson na série, Moe trabalhou com o criador de perucas de Beverly Hills, Rob Pickens, para fazer nascer um quarteto de perucas a serem usadas por James.

“Pam era conhecida pelo seu cabelo loiro platinado, muito brilhante e com reflexos,” afirmou Moe. “Era muito importante conseguir a cor certa.” Ao longo da sua pesquisa, Moe encontrou entrevistas nas quais Pam revelou que pintava o seu próprio cabelo há anos, usando colorações de supermercado, que acabou por resultar na utilização de diferentes tons de loiro para pintar as perucas de James, quase como se tivesse um efeito de DIY. E claro que um tom mais escuro, para criar a sombra da raiz, conseguido através da ajuda da gama de cores Topchic da Goldwell, foi uma parte essencial da equação cromática.

© Erin Simkin/Courtesy of Hulu

Para o styling, o estilo primordial de Anderson baseava-se em altura e extensas ondas penteadas em efeito cascata. “Pam tinha sempre o corte de cabelo perfeito, com muita textura, camadas longas e as curtain bangs de sonho,” disse Moe. “É um corte versátil que pode ser estilizado de diversas maneiras.” As camadas ajudam a suportar o volume, os “caracóis de supermodelo” para o seu look icónico de bombshell, ao mesmo tempo que enfatizam e definem a textura de um penteado de praia em Baywatch. Para criar as ondas Baywatch de Anderson, Moe adicionou textura para humedecer os fios compridos, com um spray texturizante, tal como um protetor de calor e brilho antes de difundir com o secador Supersonic da Dyson. Assim que o cabelo estava completamente seco, as ondas eram definidas e reforçadas com uma prancha e um ferro de encaracolar.

Para a juba que fazia parte da sua imagem de marca, Moe usou as dicas da própria Anderson. “Tal como Pam Anderson fazia, usei os clássicos rolos de velcro para marcar o cabelo,” explicou Moe, que optou por vários tamanhos – uns mais largos na parte superior do cabelo e outros médios nos lados e na parte posterior. A partir daí, a peruca era colocada num secador entre 45 minutos e 1 hora em temperaturas nem muito altas, nem muito baixas, e assim que esta arrefecia, os rolos eram retirados e os fios eram penteados desde a raiz para criar a “base volumosa” perfeita. Depois de alisar o topo e assegurar a altura, os restantes caracóis eram separados para uma maior definição e leveza e os “fios da franja eram seccionados” com recurso a sprays capilares, para conseguir aquele aspeto inesquecível, mas também dar fixação e brilho.

A maquilhagem maximalista dos anos 90

© Erin Simkin/Courtesy of Hulu

“Um pouco de tinta pode tornar-te naquilo que não és,” brinca o chefe de departamento de maquilhagem David Williams quanto ao poder que a maquilhagem teve em levar James por uma viagem visual em Pam & Tommy. Para Williams, a autenticidade era a chave para fazer desta série biográfica de época um sucesso. “As escolhas de maquilhagem precisam de enfatizar o look geral e não distrair o público da história ou o ator do seu trabalho,” explica Williams. “Mantivemo-nos fiéis ao período temporal ao replicar os tons mais naturais da época, como os castanhos, os tons tijolos e as cores de vinho.” 

Para começar, Williams preparou o brilho sul-californiano de Anderson, aquele que vem de dentro para fora. “Pam era o exemplo de uma rapariga norte-americana (do Canadá) genuína, de cara lavada, desde o dia em que chegou a Los Angeles,” diz Williams, que usou uma combinação de base em spray da ERA, maquilhagem artística da European Body Art, e bronzes artificiais no salão Queen Bee, em Culver City, Califórnia, para proporcionar a James um tom de quem havia sido beijada pelo sol. Para além das próteses (mais sobre isso a seguir), Williams usou a paleta de bases HD Professional da Make Up For Ever para aproximar o contorno da cara de James à de Anderson, dominando as técnicas de esculpimento do rosto baseadas em luz e sombra. Um toque do blush em creme da Stila nos tons Peony e Petunia adicionou “um ponto de brilho natural” às bochechas.

© Erin Simkin/Courtesy of Hulu

Muitas vezes os smoky eyes eram adicionados ao look, com as sombras castanhas ricas de Tom Ford e os pretos aveludados da Make Up For Ever esbatidos pelas pálpebras, enquanto as pestanas eram enfatizadas com sobreposições de pestanas falsas da Ardell. E claro que conseguir recriar as power brows arqueadas e muito finas de Anderson era uma das prioridades: Para levar a execução ao próximo nível, William usou o lápis de sobrancelhas da Anastasia Beverly Hills para desenhar suavemente o local onde estariam as sobrancelhas, antes de colar um conjunto de pelos delicados desenhados pela técnica capilar de efeitos especiais Sasha Camacho Van Dyke. O último detalhe? Os lábios aveludados e delineados de Anderson, que foram quase sempre pintados de um “rosa bege natural”, disse Williams, cujos tons favoritos incluem o Pillow Talk de Charlotte Tillbury e o Forbidden Pink de Tom Ford para a base, com lápis de lábios inspirados em meados dos anos 90, como o icónico Spice da MAC, usado “ligeiramente por cima dos lábios e visível o suficiente para representar o estilo da época.” Para um efeito mais metalizado, o Lip Luster da Senna no tom rosa amora Glint foi sobreposto por uma camada do batom cremoso no tom iridescente Moonglow para um brilho superior.

As próteses faciais e corporais 

© Erin Simkin/Courtesy of Hulu

Claro que para transformar James em Anderson, foram necessárias próteses customizadas, tanto para o corpo, como para a cara. “O desafio é sempre assustador, quando te pedem para transformar um ator numa personalidade icónica,” explicou Collins, que trabalhou muito atentamente ao lado de Williams. O duo começou por uma abordagem estilo forense para ficar a conhecer os traços de Anderson, recolhendo materiais de referência da estrela, por volta de meados dos anos 90, no tempo em que levava uma carreira enquanto modelo, mas também nas suas aparições em filmes e na televisão, tal como fotografias de paparazzi genuínas. Fizeram o mesmo com Lily James, usando as tecnologias mais inovadoras para formular um plano. “Comparámos [James e Anderson] e fizemos algum trabalho de Photoshop para criar uma espécie de plano de trabalho,” explicou Collins. “Assim que terminámos a pesquisa, sabíamos que teríamos de construir próteses específicas para ajudar a nivelar algumas parecenças.” Para a estrela, a maior diferença com a qual tiveram de lidar foi a diferença espacial entre as sobrancelha e linha capilar, sendo a de James significativamente mais pequena do que a de Anderson. Para resolver este problema, Collins pediu à sua equipa que esculpisse uma prótese aplicável que fosse igual à testa de Pam. Isto permitiria ao cabeleireiro Moe colocar as perucas em James cerca de 2.5 cm mais para trás do que a sua linha capilar normal. Isto também foi positivo para a execução das sobrancelhas finíssimas. “Ao uniformizar a prótese por cima das pálpebras, fomos capazes de esconder as maravilhosas, mas grossas, sobrancelhas de Lily e colar novas sobrancelhas que replicassem o aspeto exato daquele arco de sobrancelha fino do início dos meados dos anos 90,” explicou Collins. Outro elemento muito importante no rosto foi a recriação do valioso sorriso pérola de Anderson, que fez com que a equipa de Collin tivesse de esculpir uma dentição que pudesse ser colocada por cima dos dentes de James. “Conseguimos criar uns dentes muito parecidos aos de Pam e isto ajudou a alargar tanto os lábios superiores como os inferiores de Lily, assemelhando-se aos lábios cheios e volumosos de Pam,” explicou Collins. 

© Erin Simkin/Courtesy of Hulu

Por último, mas certamente não menos importante, esteve a tarefa de providenciar a James um decote bem abastado. “Ao tirar uma impressão do torso de Lily fomos capazes de esculpir um peito que era mais parecido ao de Pam e criar aplicações feitas de silicone,” explicou Collins, dizendo que James usou aplicações no peito durante a maioria das gravações já que muitos dos seus outfits requeriam ou um decote ou um perfil lateral. No fim de contas, Collins e o resto da equipa de Beleza queriam ter a certeza de que James não estava a ser transformada numa caricatura de Anderson. Nem era preciso: A Pamela Anderson da vida real é um ícone de Beleza por alguma razão. Para cada artista, transformar James foi um desafio único na sua carreira e um verdadeiro projeto de sonho. Como disse Collins, “Poder colaborar com os meus amigos e colegas que são todos perfecionistas e têm uma visão única? Isso é algo que não acontece todos os dias e, quando acontece, é preciso valorizá-lo ao máximo.”

Artigos Relacionados

Tendências 3. 2. 2022

Beyond red lips: quatro maneiras de usar batom vermelho na maquilhagem

É apenas um produto, mas as funcionalidades são quase infinitas.

Ler mais

Tendências 2. 2. 2022

As cinco tendências de Beleza a retirar da Semana de Alta-Costura

Esta primavera, é a maquilhagem que irá florescer.

Ler mais

Tendências 31. 1. 2022

Euphoria: os filmes e séries que inspiraram este sucesso mundial

De clássicos cinematográficos a triunfos da televisão norueguesa, estas são as obras que inspiraram Euphoria e a exploração do lado hedonista da vida adolescente.

Ler mais

Tendências 28. 1. 2022

De 1922 a 2022, a Beleza centenária

Muitas das tendências de Beleza dos loucos anos 20 são ainda adotadas nos dias de hoje.

Ler mais

Notícias 24. 1. 2022

Manfred Thierry Mugler, o visionário que deu à mulher poder

Dominou as passerelles nas décadas de oitenta e noventa, impulsionou o power dressing e deu à mulher poder. Manfred Thierry Mugler será sempre um ícone.

Ler mais