Vogue TV   Entrevistas   Vídeos  

Acompanhámos Josephine Skriver numa passadeira vermelha

11 Jun 2019
By Rui Matos

Qual é o ritual pré-passadeira vermelha de Josephine? Como é que escolhe o coordenado? De quanto tempo precisa para estar totalmente pronta? A modelo dinamarquesa responde a tudo isto e ainda nos revela — em vídeo — o seu getting ready para a passadeira da 72º edição do Festival de Cinema de Cannes.

Qual é o ritual pré-passadeira vermelha de Josephine? Como é que escolhe o coordenado? Quanto tempo precisa para estar totalmente pronta? A modelo dinamarquesa responde a tudo isto e ainda nos revela — em vídeo — o seu getting ready para a passadeira vermelha da 72º edição do Festival de Cinema de Cannes.  

Josephine Skriver até pode ser um Anjo na passerelle da Victoria’s Secret, mas fora dela é um comum mortal — ainda que nos custe a acreditar. Como tal, pisar uma red carpet tão importante e emblemática como a de Cannes tem tanto de estimulante como de assustador. Apesar do nervosismo à flor da pele, a modelo dinamarquesa revela estar à altura de qualquer desafio. 

Aproveitámos a passagem de Josephine pela Riviera Francesa, em maio passado, para lhe perguntarmos tudo sobre o seu processo de getting ready. #TakeNotes

Tem algum ritual de beleza pré-passadeira vermelha?

A minha preparação é essencialmente focada na pele. Normalmente faço uma máscara facial e depois uma massagem facial com os meus séruns e cremes hidratantes preferidos. Quero que a minha pele esteja suave, hidratada e fresca para quando a minha equipa de maquilhagem chegar. E, claro, bebo sempre muita água. 

Como é que escolhe o look para a passadeira vermelha?

É, sobretudo, um trabalho de equipa, na maioria das vezes: desde escolher um vestido com o designer, os acessórios com o stylist, as joias com o criador e depois debater tudo com a equipa de cabelos e maquilhagem para decidir o que é que fica bem. Todo este processo é alucinante, mas ao mesmo tempo muito especial. O trabalho de equipa é o meu favorito, muitas das vezes eles chegam com ideias incríveis que eu nunca iria pensar e as pessoas são tão talentosas e simpáticas que chegas a fazer amigos e crias a tua equipa para a vida. 

 

 

Como é que é o seu processo de preparação para um passadeira vermelha e de quanto tempo é que precisa para estar totalmente preparada?

Idealmente, o fitting é feito no dia anterior. Todo o processo demora entre 30 a 60 minutos: escolher o vestido certo e reunir com as costureiras para ter a certeza de que o look está perfeito no corpo. No dia seguinte, tento tirar uma hora para me preparar (café e um banho são as duas coisas mais importantes), depois a maquilhagem e cabelo pode demorar até duas horas, mas depende muito dos detalhes que escolhemos. 

Como é que descreveria um dia em que tem que pisar uma passadeira vermelha?

Pisar uma passadeira vermelha tão icónica como a de Cannes é o mesmo que estar num filme de Hollywood. Todas as raparigas querem fazer parte de uma coisa especial como esta. Infelizmente, é um momento muito rápido, mas ao mesmo tempo parece que o relógio está parado. Apesar de ter os fotógrafos a gritar e de tudo parecer um caos, tento sempre permanecer na minha bolha assim que piso uma red carpet e durante alguns segundos sou levada para uma realidade paralela repleta de brilho e glamour.

Qual foi a passadeira vermelha mais memorável para a Josephine?

Pisar a red carpet de Once Upon a Time in Hollywood foi muito especial para mim porque sou uma grande fã do Tarantino desde muito nova. O filme tem um elenco incrível e estar ao lado de nomes tão icónicos e emblemáticos do cinema e da Moda é como estar dentro de um sonho. Mal posso esperar para que todos possam ver o filme. 

Rui Matos By Rui Matos

Relacionados


Compras  

UV Ready: A melhor maquilhagem com proteção solar

19 Jul 2024

Guestlist  

Do tradicional ao intemporal, há uma carteira Viral para qualquer ocasião

19 Jul 2024

Moda  

Open Call | The Intimacy Of Being (Mis)Understood

19 Jul 2024

Moda  

Open Call | Never a Comeback

18 Jul 2024