Artigo Anterior

Vanity Fair Itália lança edição especial dedicada à cidade de Milão

Próximo Artigo

Não podemos deixar que o coronavírus dê lugar ao racismo

Notícias 17. 3. 2020

Joel e Sara: "Cancelaram os voos e não conseguimos sair do Peru"

by Sara Andrade

 

Sara Velho e Joel Azevedo são dois portugueses que chegaram ao Peru pré-estado de emergência coronavírus e agora estão em quarentena sem previsões de saída do país nem ajuda da Embaixada. Com a agravante de que Sara é diabética.

O casal sediado na Suíça foi de férias para Cuzco, onde chegou no dia 12. Ainda nada indicava as medidas que viriam a ser implementadas e que os impossibilitaria sequer de se deslocar dentro da cidade sem ser pelo próprio pé. Como em muitas partes do mundo, 48 horas foi o suficiente para tudo mudar drasticamente* -  só que aqui, foi sem aviso. 

Deveriam estar de férias até dia 21, mas ontem foi-lhes comunicado que os turistas teriam de sair. O caminho para o aeroporto foi feito apenas para regressarem para trás, uma vez que os voos já tinham sido cancelados para a Europa e Ásia. No regresso, encontraram também o hotel fechado, os transportes parados, insultos dos locais por serem estrangeiros. Sem sítio para ficar e as reservas de insulina para Sara a esgotar, o cenário não podia adivinhar-se pior. Da Embaixada, pouco ou nada conseguiram - a intransigência do governo local impossibilitava qualquer tipo de solução. Sem transporte para Lima, onde poderiam renovar a esperança junto do aeroporto, foram tentando contactos com outros portugueses na mesma situação.

Falámos com o Sara e Joel em videochamada para saber como tem sido a evolução do caso, que ainda parece longe de ver resolução. Mas este artigo pode ajudar: se tem alguma informação, contacto ou pessoa que possa ajudar o grupo de portugueses em situação similar ao deste casal, por favor contacte Sara Velho e Joel Azevedo.

Quando o Mundo muda, é cada um por si? Queremos acreditar que não. Afinal, estamos todos no mesmo barco que é este Planeta.

*O Peru tem 117 casos confirmados de Covid-19, até à saída deste artigo.

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK