Beleza   Tendências  

Glass skin: tudo o que precisa de saber e ainda um guia prático

01 Mar 2021
By Ana Saldanha

É mais uma tendência importada da Coreia do Sul – que por esta altura já devia ter sido reconhecida como fornecedora oficial de todos os skin goals. É que estes skin dreams are made of glass.

É mais uma tendência importada da Coreia do Sul – que por esta altura já devia ter sido reconhecida como fornecedora oficial de todos os skin goals. É que estes skin dreams are made of glass.

Click here for the english version.

Fotografia de Cecy Young.
Fotografia de Cecy Young.

Na Coreia o nome não era glass skin, chamavam-lhe yuri pibu, ou seja, pele transparente, luminosa ou limpa, palavras que utilizamos para descrever vidro. E a tendência não é nova, aliás, pelo Oriente já está na lista de objetivos há imenso tempo. Por cá tem vindo a ganhar popularidade e a tornar-se no derradeiro elogio e no supremo goal: atingir uma pele tão luminosa que parece ser de vidro. Dos criadores da pele chok chok, que se traduz para “pele húmida” e descreve um aspeto glowy que parece molhado, do kkul-gwang, que mais não é que uma pela super glossy (já que kkul significa mel), do método de dupla limpeza e do método 7-skin, que consiste na aplicação de sete camadas de tónico hidratante depois da limpeza e antes da hidratação – o equivalente aos dois litros de água que deveríamos andar a beber por dia, mas para a pele – chega a tendência de uma pele tão perfeita que parece ser feita de porcelana. Especialistas no tema dizem que a pele atinge este estado de luminosidade quando está no seu estado mais saudável possível (e sim, uma alimentação e estilo de vida saudáveis podem ajudar-nos a atingir a pele dos nossos sonhos) e que a regra de ouro é hidratar, hidratar, hidratar. A forma mais eficaz de o fazer é sobrepor produtos com texturas leves e de fácil absorção com propriedades hidratantes e, pelo caminho, corrigir imperfeições e preocupações, com vista a atingir uma pele uniforme e luminosa.

Sobreposição é outro conceito chave, e dos promotores das rotinas de 45 minutos com dez, 12 ou até 14 passos, não poderíamos esperar outra coisa. Mas para garantir que esta combinação de ingredientes não acaba por ser mais prejudicial do que benéfica para a pele, os ingredientes-estrela nas fórmulas coreanas acabam por ser extratos botânicos – muitos com origem na medicina oriental – como chá verde, aloé vera, centella asiática e derivados naturais como veneno de abelha e baba de caracol. A rotina para atingir a pele de vidro passa pela dupla limpeza (shocking, we know), esfoliação duas a três vezes por semana, tónico hidratante para equilibrar o pH da pele, essência hidratante e reparadora, sérum para tratamento, máscara de tecido, creme de olhos para prevenir os sinais de envelhecimento, creme hidratante e óleo hidratante, se for uma rotina de noite, ou protetor solar, se for a rotina da manhã. Atingir uma pele de bebé que aparenta não ter poros ou qualquer imperfeição não é um trabalho que se faça da noite para o dia, e a rotina, ainda que longa, exige consistência. O ciclo de renovação celular da camada mais superficial da pele acontece a cada 28 dias, sendo necessário um período de utilização consistente para obter resultados visíveis.

Enquanto os resultados não aparecem, fake it ‘till you make it, e a maquilhagem pode ser um dos caminhos para a glass skin. Comece com um primer hidratante como o Hydro Grip Primer, da Milk, uma base com acabamento luminoso, como o L'Essentiel, da Guerlain, ou um BB cream, como o Daywear BB, da Estée Lauder, para um acabamento mais natural. As texturas em creme são mais indicadas para quem procura um acabamento luminoso e natural porque se fundem com a textura da pele. O passo mais importante de uma maquilhagem glass skin é um iluminador com acabamento glossy, como o Glow Stick (Marc Jacobs). Por fim, um blush em creme, como o Cheeks Out, da Fenty Beauty, vai conferir cor e aspeto saudável à pele. 

Desmaquilhar

Não surpreende que sejam dois os passos desta rotina que se dedicam a limpar a pele, certo? It 's double cleansing season, guys. A skin culture coreana leva muito a sério a limpeza da pele, sendo este passo a base de qualquer rotina. A primeira limpeza deve ser à base de óleo, para derreter todos os vestígios de maquilhagem, protetor solar, e o próprio óleo produzido pela nossa pele.

Óleo de limpeza à base de sésamo preto e groselha negra, € 26,62, Klairs, em Mifarma.pt.
Óleo de limpeza à base de sésamo preto e groselha negra, € 26,62, Klairs, em Mifarma.pt.

Limpar

Depois da primeira limpeza, à base de óleo, deverá seguir-se uma segunda, à base de água, usando um gel ou espuma. O produto deverá ser adequado a cada tipo de pele, mas privilegiam-se fórmulas suaves que não sequem demasiado a pele e que protejam a barreira hidrolipídica.

Espuma de limpeza Dermaclear, € 17,50, Dr.Jart+, em Sephora.pt
Espuma de limpeza Dermaclear, € 17,50, Dr.Jart+, em Sephora.pt

Esfoliar

Não deve ser um passo para seguir todos os dias, mas recomenda-se que, duas a três vezes por semana, dependendo da tolerância da pele, se faça uma esfoliação para eliminar células mortas, acelerar a renovação celular e melhorar a textura e o grão da pele. A esfoliação química – que utiliza ácidos como o glicólico e láctico – é mais popular, mas há esfoliantes físicos, como os de arroz, que aparecem em muitas rotinas de beleza.

Esfoliante Blackhead Power Liquid, € 36,30, Cosrx, em Mifarma.pt.
Esfoliante Blackhead Power Liquid, € 36,30, Cosrx, em Mifarma.pt.

Equilibrar

Os tónicos equilibram o pH da pele, hidratam e ajudam na absorção dos produtos aplicados depois. Na rotina para atingir uma pele luminosa, produtos que sejam facilmente absorvidos e que tenham ainda algumas propriedades calmantes são aliados indispensáveis para devolver hidratação à pele depois da limpeza.

Tónico de chá verde, € 19,72, Benton, em Mifarma.pt.
Tónico de chá verde, € 19,72, Benton, em Mifarma.pt.

Reparar

A essência é a principal estrela da rotina de pele coreana, sendo um produto que ainda se vê muito pouco no mercado ocidental. É um híbrido entre o tónico e o sérum, que tem como função principal a reparação e renovação das células. É também um produto hidratante e muitas vezes tem ingredientes como baba de caracol e veneno de abelha.

Essência Snail Bee, € 35,09, Benton, em mifarma.pt
Essência Snail Bee, € 35,09, Benton, em mifarma.pt

Tratar

Se até aqui o foco foi hidratar, este é o passo em que é feito o tratamento de algum problema ou preocupação específicos como manchas, vermelhidão, acne, envelhecimento ou cansaço, por exemplo. Se não houver nenhum problema a tratar, pode ser um bom passo para fortalecer a barreira cutânea, com peptídios e ceramidas, ou potenciar a proteção contra agressores externos com antioxidantes.

Sérum Glass Skin, € 32,15, Peach & Lily, em Peachandlily.com.
Sérum Glass Skin, € 32,15, Peach & Lily, em Peachandlily.com.

Cuidar

Tal como a esfoliação, este também não é um passo para fazer todos os dias, mas deverá ser reservado para quando a pele precisa de um boost extra. A máscara, tal como o sérum, pode ser selecionada para tratar algum problema que possa ser melhorado em 20 minutos, que é o tempo de atuação da maioria das máscaras de tecido.

Máscara iluminadora de arroz, € 2, Holika Holika, em Beautybay.com.
Máscara iluminadora de arroz, € 2, Holika Holika, em Beautybay.com.

Corrigir

Para além da limpeza e da hidratação, há ainda outra palavra chave que rege a beleza coreana: a prevenção. Por essa razão, um passo essencial é o creme de olhos, usado religiosamente na rotina da manhã e na de noite para proteger a pele à volta dos olhos, que é uma das zonas mais sensíveis e onde os sinais de envelhecimento aparecem primeiro.

Gel-creme para contorno dos olhos Water Bank, € 35,90, Laneige, em Sephora.
Gel-creme para contorno dos olhos Water Bank, € 35,90, Laneige, em Sephora.

Hidratar

Imprescindível em qualquer rotina, mas especialmente importante se quisermos atingir a pele luminosa que caracteriza a tendência da glass skin. As texturas em gel, tão comuns em produtos de pele asiáticos são as preferidas para o passo final da rotina de noite por serem facilmente absorvidas e capazes de hidratar em profundidade.

Gel-creme The True Cream Aqua Bomb, € 36,90, Belif, em Sephora.pt.
Gel-creme The True Cream Aqua Bomb, € 36,90, Belif, em Sephora.pt.

Proteger

A rotina da noite acaba no passo anterior, mas, durante o dia, a última etapa é a mais importante e a que nunca deve ser ignorada (mesmo no inverno). O protetor solar é o maior aliado contra o envelhecimento e aparecimento de manchas, e saltar este passo acaba por tornar inútil toda a rotina de tratamento e proteção feita até aqui. Na cultura ocidental, o SPF30 é aceitável, mas na beleza coreana apenas o SPF50 (o filtro solar máximo no mercado) é proteção suficiente.

Protetor solar calmante SPF50 PA+++ com Aloé, € 20,45, Cosrx, em Lookfantastic.pt.
Protetor solar calmante SPF50 PA+++ com Aloé, € 20,45, Cosrx, em Lookfantastic.pt.

Ana Saldanha By Ana Saldanha

Relacionados


Pessoas  

Taylor Swift atua amanhã em Lisboa e traz consigo novos visuais para a The Eras Tour

23 May 2024

Moda  

Trend Alert | Crochet

23 May 2024

Agenda  

Lisbon Design Week 2024 | A semana dedicada ao design começa hoje

22 May 2024

Tendências  

Who let the baby bump out?

22 May 2024