Artigo Anterior

A primavera chega com #MangoNewVoices

Próximo Artigo

Luxury Brand Management no ISEG está de volta

Guestlist 15. 3. 2019

Pureness: os novos sapatos da DOL Portugal nascem da ilha, do mar e das memórias

by Vogue Portugal em colaboração com DOL Portugal

 

Fundada por Sofia Drummond e Sara Lopes, a DOL Portugal acaba de apresentar Pureness, o mais recente modelo da marca de calçado portuguesa. 

Pureness é o mais recente modelo da DOL Portugal 

Foi em 2018 que, unidas pela mesma paixão, partilha e amizade de longa data, Sofia Drummond e Sara Lopes levaram as ideias do papel para a fábrica e deram forma à DOL Portugal, uma marca de calçado inspirada no cenário idílico da Madeira. Do relevo ao movimento ondulante das encostas, das montanhas ao mar, estes mesmos elementos naturais que dão vida à DOL Portugal deram também fôlego a Emotions, a coleção de estreia da marca de calçado.

Depois de DOL Flat, DOL Mid Heel e DOL Flat Sandal, os três modelos da coleção Emotions, pensados e criados para “mulheres autênticas, ativas e apaixonadas pela vida”, a marca assinalou o Dia da Mulher (celebrado no passado dia 8 de março) com o lançamento de Pureness, uma nova proposta da família DOL Mid Heel num tom de azul brilhante – uma cor considerada por muitos como sagrada, e associada a estados meditativos, tranquilidade e equilíbrio.  

Sara Lopes e Sofia Drummond, fundadoras da DOL Portugal

Falem-nos um pouco sobre a história da DOL, e como é que a paixão pelo calçado surgiu nas vossas vidas.

Penso que a paixão pelo calçado é transversal a qualquer mulher. Marca a diferença num look e é dos acessórios de Moda que mais apaixona. Nós, como mulheres que somos, não fugimos à regra e os sapatos são, desde tenra idade, uma paixão comum. Passados anos unimo-nos neste sonho e fizemo-lo acontecer, à custa da persistência, aliada a uma boa dose de paciência e dedicação. Isoladas na ilha, apanhámos um avião, rumo ao norte, para encontrar desconhecidos com mãos gastas pelo tempo e pela experiência de uma arte que desconhecíamos até então. Abrimos a nossa mala, com sonhos e alguns esboços, passando para o continente um pouco da alma da nossa ilha. O resto apareceu pelas mãos desta gente maravilhosa. 

A Sara e a Sofia cresceram juntas, e são amigas de longa data. Sentem que essa ligação foi fundamental para a marca e para o seu crescimento? De que forma?

O nosso crescimento na companhia uma da outra foi fundamental para esta parceria. Costumo dizer em tom de brincadeira, mas com a seriedade que o assunto assim o exige, que não seria capaz de escolher outra pessoa para sócia. Crescemos juntas, vivemos juntas nos tempos de faculdade, regressámos à ilha e ainda estreitámos mais os laços quando tivemos filhos. A vida juntou-nos em mais outros tantos episódios e quando entrámos neste “casamento” sabíamos que as palavras “...na alegria e na tristeza...” eram para perdurar. Tem sido uma aprendizagem única, em que não só a marca beneficia, como nós próprias; as conquistas, as cedências, os entusiasmos e as partilhas estão presentes na energia que a DOL emana e isso tem sido referido pelas várias pessoas que calçam os nossos sapatos. Gosto muito de publicitá-los como “sapatos com alma”: nada surge ao acaso, nada nasce sem uma estrutura sentida e pensada ao pormenor; sempre foi assim e sempre o será. 

Depois de Emotions, a vossa primeira coleção, apresentam agora Pureness, um novo modelo DOL Mid Heel. Qual foi a inspiração para este sapato, e de que forma se distingue dos anteriores?

Os Pureness são ainda um reflexo da nossa colecção Emotions, com um cheiro a primavera e com o brilho único das noites de verão. Os nossos Pureness nascem das memórias da ilha pequena – o Porto Santo – em que os tons do mar são únicos e a lua brilha com uma luz diferente. Uma vez mais, é um lugar comum a ambas: a nossa ilha pequena, que na infância, reunia famílias em longas temporadas veraneantes, hoje não é diferente. Ainda sentimos o cheiro único da terra e o sabor a mar e regressamos sempre a casa com um sentimento de pureza, pois a Ilha pequena assim o inspira. Os Pureness são uma justa homenagem a isso.  

Pureness foi lançado a propósito do Dia da Mulher. O que é que ser mulher, hoje, significa para vocês?

O lançamento dos Pureness no Dia da Mulher foi uma forma de comemorarmos mais um momento desta caminhada conjunta. Confesso que este dia não é alvo de grandes celebrações pela nossa parte; talvez seja um dia para nos lembrarmos mais vezes de agradecer à vida. Ser mulher nos dias de hoje, é continuar a ser um ser marcado por uma sensibilidade diferente, por uma força de vontade surreal e por uma sensualidade única. Ser mulher nos dias de hoje é saber que temos o nosso papel numa vida que é nossa, que conduzimos por percursos mais ou menos sinuosos e que a nossa felicidade depende de nós e de quem escolhemos para fazer esta caminhada connosco. Acho que a grande diferença para a mulher de outros tempos é exatamente essa: o comando que conseguimos assumir das nossas vidas.

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK